collapse

Autor Tópico: Confinamento e Covid  (Lida 3579 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline PedroMrDias

  • Assessor do Pesqueiro
  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 10440
  • Agradecido: 704 vezes
    • Póvoa de Santa Iria
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:11 Quarta, 11 de Novembro de 2015
Re: Confinamento e Covid
« Responder #15 em: 09:04 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Não é só o médico.
Vem mais de cima OMS, DGS, e procedimentos e medidas a tomar decretadas já pelo nosso governo.
Eu até já quase apanhei um peixe!
 

Offline gmarques

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 323
  • Agradecido: 108 vezes
    • Quinta do Conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 09:46 Quarta, 09 de Março de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #16 em: 09:24 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Eu percebo essas questões e concordo, nunca percebi porque isolar alguém que não é testado.
Acho que, e isto é apenas a minha opinião que se está a dar muita atenção a números que na prática pouco significam. O importante será sempre o número de internados e em UCI. Tanto faz se há 10.000 ou 100.000 infetados, no fundo o problema quando surgir (rutura) é devido a quantos desses estão nos hospitais.
"Existem três tipos de homens: os vivos, os mortos e os que andam no mar." Platão
 

Offline PMiranda

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 330
  • Agradecido: 152 vezes
    • Margem Sul - Setubal
  • No Pesqueiro desde:
  • 12:07 Quarta, 30 de Agosto de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #17 em: 09:34 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Eu percebo essas questões e concordo, nunca percebi porque isolar alguém que não é testado.

Suponho que por motivos de capacidade de testar todos os que apresentam sintomas, principalmente nesta época de constipações e gripes em que os sintomas são muito semelhantes ao COVID! Assim o mais simples é em caso de duvida isolar mesmo sem testar!

As recomendações do meu médico foram de fazer o teste apenas se ouver uma combinação de sintomas que devem incluir obrigatóriamente febre, se isso não acontecer é isolar e tratar como uma gripe comum!
 

Offline Ricardo Nunes

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4866
  • Agradecido: 746 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:21 Quarta, 19 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #18 em: 09:35 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Eu percebo essas questões e concordo, nunca percebi porque isolar alguém que não é testado.
Acho que, e isto é apenas a minha opinião que se está a dar muita atenção a números que na prática pouco significam. O importante será sempre o número de internados e em UCI. Tanto faz se há 10.000 ou 100.000 infetados, no fundo o problema quando surgir (rutura) é devido a quantos desses estão nos hospitais.

Mas esses números estão directamente relacionados com o real número de infectados. 1 infectado assintomático facilmente infecta 50 pessoas, que por sua vez cada 1 deles vai infectar mais 20 ou 30 pessoas, até que algures pelo meio uns quantos vão precisar de hospitalização e outros iram cair numa UCI. Os assintomáticos são o grande grupo de risco de transmissão
O sem medida devolvido de hoje é o tarolo de amanhã
 

Offline gmarques

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 323
  • Agradecido: 108 vezes
    • Quinta do Conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 09:46 Quarta, 09 de Março de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #19 em: 10:31 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Eu percebo essas questões e concordo, nunca percebi porque isolar alguém que não é testado.
Acho que, e isto é apenas a minha opinião que se está a dar muita atenção a números que na prática pouco significam. O importante será sempre o número de internados e em UCI. Tanto faz se há 10.000 ou 100.000 infetados, no fundo o problema quando surgir (rutura) é devido a quantos desses estão nos hospitais.

Mas esses números estão directamente relacionados com o real número de infectados. 1 infectado assintomático facilmente infecta 50 pessoas, que por sua vez cada 1 deles vai infectar mais 20 ou 30 pessoas, até que algures pelo meio uns quantos vão precisar de hospitalização e outros iram cair numa UCI. Os assintomáticos são o grande grupo de risco de transmissão

Se fosse assim tão facilmente, ja todo o país estava infectado. Muito tem sido evitado com a implementação de medidas como uso de máscara, embora muitos não se queiram crer. Atenção que o ponto de rutura dos hospitais está um pouco mais à frente do que na primeira vaga, pois existem mais meios disponiveis do que nessa altura. E sim, os assintomáticos são um problema que ainda se torna um problema maior porque seguir orientaçoes, para muitos não é nada com eles. Isto é tudo uma cabala, e a gripe é que é má, o covid não existe, as mascaras nao protegem, bla bla bla. Mas mesmo num país de 10M como o nosso não é facil testar toda a gente em pouco tempo, que tirasse do circuito os assintomáticos. Até porque isso para ser eficaz, os testes tinham que virar rotina e não ha país com capacidade para tal. Nem as pessoas tinham paciencia para andarem a ser testadas com tanta frequência
"Existem três tipos de homens: os vivos, os mortos e os que andam no mar." Platão
 

Online Rider

  • Assessor do Pesqueiro
  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 14298
  • Agradecido: 875 vezes
    • Cartaxo - Baleal
  • No Pesqueiro desde:
  • 23:41 Segunda, 23 de Dezembro de 2013
Re: Confinamento e Covid
« Responder #20 em: 10:40 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Pelo que vamos vendo e ouvindo muito pouco se sabe ainda sobre este novo vírus. Muitas noticias contraditórias, uma uma coisa, amanhã outra. Não é possivel "atender tanto pessoal ao mesmo tempo, e/ou num curto espaço de tempo.

Por isso cabe a cada um tomar as medidas correctas. Se têm sintomas, isola-se, se esteve em contacto com alguem que testou positivo, isola-se. Respeitar as distancias e as regras de higiene.

Não é necessário estar á espera que alguem lhe diga o que fazer, os serviços estão atrasados 2/3 dias, o suficiente para alastrar a mais uns quantos.

Por isso cuidem de vocês e dos outros.
Espera o melhor, prepara-te para o pior e aceita o que vier.

Cumprimentos,
José Matos
 

Offline Mário Leão

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 737
  • Agradecido: 40 vezes
    • Oeiras
  • No Pesqueiro desde:
  • 08:35 Terça, 24 de Dezembro de 2013
Re: Confinamento e Covid
« Responder #21 em: 10:44 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Pelo que vamos vendo e ouvindo muito pouco se sabe ainda sobre este novo vírus. Muitas noticias contraditórias, uma uma coisa, amanhã outra. Não é possivel "atender tanto pessoal ao mesmo tempo, e/ou num curto espaço de tempo.

Por isso cabe a cada um tomar as medidas correctas. Se têm sintomas, isola-se, se esteve em contacto com alguem que testou positivo, isola-se. Respeitar as distancias e as regras de higiene.

Não é necessário estar á espera que alguem lhe diga o que fazer, os serviços estão atrasados 2/3 dias, o suficiente para alastrar a mais uns quantos.

Por isso cuidem de vocês e dos outros.

Chapeau Zé, muito se fala das falhas DGS, MS, OMS, Governo e outras organizações, mas o fundamental é que cada um cuide de si e dos outros.
 

Offline bravo da costa

  • Boga
  • *
  • Mensagens: 31
  • Agradecido: 3 vezes
  • Quando vais para o Mar não o esqueças de o limpar
    • Setúbal-Portugal
  • No Pesqueiro desde:
  • 16:50 Sexta, 14 de Junho de 2019
Re: Confinamento e Covid
« Responder #22 em: 11:33 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
bom dia
como faço muito surf casting gostaria de ajuda da vossa parte 
sendo eu de setúbal posso ir pescar para a zona aberta nova ou carvalhal?
 

Offline ze carlos

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 2413
  • Agradecido: 222 vezes
    • Amadora
  • No Pesqueiro desde:
  • 00:35 Terça, 27 de Setembro de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #23 em: 12:12 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Abraço
 

Offline Ricardo Nunes

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4866
  • Agradecido: 746 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:21 Quarta, 19 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #24 em: 12:55 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Eu percebo essas questões e concordo, nunca percebi porque isolar alguém que não é testado.
Acho que, e isto é apenas a minha opinião que se está a dar muita atenção a números que na prática pouco significam. O importante será sempre o número de internados e em UCI. Tanto faz se há 10.000 ou 100.000 infetados, no fundo o problema quando surgir (rutura) é devido a quantos desses estão nos hospitais.
Mas esses números estão directamente relacionados com o real número de infectados. 1 infectado assintomático facilmente infecta 50 pessoas, que por sua vez cada 1 deles vai infectar mais 20 ou 30 pessoas, até que algures pelo meio uns quantos vão precisar de hospitalização e outros iram cair numa UCI. Os assintomáticos são o grande grupo de risco de transmissão

Se fosse assim tão facilmente, ja todo o país estava infectado. Muito tem sido evitado com a implementação de medidas como uso de máscara, embora muitos não se queiram crer. Atenção que o ponto de rutura dos hospitais está um pouco mais à frente do que na primeira vaga, pois existem mais meios disponiveis do que nessa altura. E sim, os assintomáticos são um problema que ainda se torna um problema maior porque seguir orientaçoes, para muitos não é nada com eles. Isto é tudo uma cabala, e a gripe é que é má, o covid não existe, as mascaras nao protegem, bla bla bla. Mas mesmo num país de 10M como o nosso não é facil testar toda a gente em pouco tempo, que tirasse do circuito os assintomáticos. Até porque isso para ser eficaz, os testes tinham que virar rotina e não ha país com capacidade para tal. Nem as pessoas tinham paciencia para andarem a ser testadas com tanta frequência



Os hospitais estão na ruptura. Houve aumento de meios físicos mas não houve assim tanto humano como se quer fazer passar. Até porque há imensos profissionais em em falta por quarentena. Eu percebo que é caro, que é pedir uma capacidade massiva de testagem mas é impensável mandar positivos irem trabalhar ao fim de 12 dias ainda com sintomas, ou não fazer um teste de remate aos isolamentos profiláticos antes de os mandar retomar a vida normal. Todos temos de cumprir, saber cuidar de nós e ter cuidado com os que nos rodeiam, mas a mentalidade do povo aliada às campanhas de desinformação e teorias da conspiração não ajudam.

Fiz um teste sábado passado pq fiz barulho para a saúde 24, hoje fui fazer outro novamente a mando do corpo de bombeiros onde sou além de voluntário, trabalhador, e já fomos informados que vamos ter despistes semanais. Pessoalmente até agradeço (já o meu nariz não diz o mesmo) que para mim é um descanso. Não se torna mais fácil a cada vez que lá vou, mas antes assim do que só fazer testes a cada 6 meses que era o que andava a suceder.
O sem medida devolvido de hoje é o tarolo de amanhã
 

Offline FilipePC

  • Honrar o passado, viver o presente, preparar o futuro...
  • Gestor do Pesqueiro
  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 8726
  • Agradecido: 781 vezes
    • Almada/Seixal
  • No Pesqueiro desde:
  • 23:46 Sábado, 21 de Dezembro de 2013
Re: Confinamento e Covid
« Responder #25 em: 13:40 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Sem grandes textos, para quem ler, para já, não existe qualquer proibição de se pescar.
Podem pescar a vontade.
Se isso acontecer saem normas como saíram em Março/Abril passado.
Homem Livre, gostaras sempre do mar...
 

Offline gmarques

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 323
  • Agradecido: 108 vezes
    • Quinta do Conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 09:46 Quarta, 09 de Março de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #26 em: 14:06 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Eu percebo essas questões e concordo, nunca percebi porque isolar alguém que não é testado.
Acho que, e isto é apenas a minha opinião que se está a dar muita atenção a números que na prática pouco significam. O importante será sempre o número de internados e em UCI. Tanto faz se há 10.000 ou 100.000 infetados, no fundo o problema quando surgir (rutura) é devido a quantos desses estão nos hospitais.
Mas esses números estão directamente relacionados com o real número de infectados. 1 infectado assintomático facilmente infecta 50 pessoas, que por sua vez cada 1 deles vai infectar mais 20 ou 30 pessoas, até que algures pelo meio uns quantos vão precisar de hospitalização e outros iram cair numa UCI. Os assintomáticos são o grande grupo de risco de transmissão

Se fosse assim tão facilmente, ja todo o país estava infectado. Muito tem sido evitado com a implementação de medidas como uso de máscara, embora muitos não se queiram crer. Atenção que o ponto de rutura dos hospitais está um pouco mais à frente do que na primeira vaga, pois existem mais meios disponiveis do que nessa altura. E sim, os assintomáticos são um problema que ainda se torna um problema maior porque seguir orientaçoes, para muitos não é nada com eles. Isto é tudo uma cabala, e a gripe é que é má, o covid não existe, as mascaras nao protegem, bla bla bla. Mas mesmo num país de 10M como o nosso não é facil testar toda a gente em pouco tempo, que tirasse do circuito os assintomáticos. Até porque isso para ser eficaz, os testes tinham que virar rotina e não ha país com capacidade para tal. Nem as pessoas tinham paciencia para andarem a ser testadas com tanta frequência



Os hospitais estão na ruptura. Houve aumento de meios físicos mas não houve assim tanto humano como se quer fazer passar. Até porque há imensos profissionais em em falta por quarentena. Eu percebo que é caro, que é pedir uma capacidade massiva de testagem mas é impensável mandar positivos irem trabalhar ao fim de 12 dias ainda com sintomas, ou não fazer um teste de remate aos isolamentos profiláticos antes de os mandar retomar a vida normal. Todos temos de cumprir, saber cuidar de nós e ter cuidado com os que nos rodeiam, mas a mentalidade do povo aliada às campanhas de desinformação e teorias da conspiração não ajudam.

Fiz um teste sábado passado pq fiz barulho para a saúde 24, hoje fui fazer outro novamente a mando do corpo de bombeiros onde sou além de voluntário, trabalhador, e já fomos informados que vamos ter despistes semanais. Pessoalmente até agradeço (já o meu nariz não diz o mesmo) que para mim é um descanso. Não se torna mais fácil a cada vez que lá vou, mas antes assim do que só fazer testes a cada 6 meses que era o que andava a suceder.

O que chamo rutura é quando já não tens para onde mandar doentes. Por enquanto tens rutura de alguns mas ainda consegues transferi-los para outros hospitais. Sim, muitos ja atingiram e ja não faltará muito para a rutura total.

Os testes, a paciência por cá... uma coisa é olharmos para nós, sabermos que damos o nosso melhor. Mas tens que ver no geral, e no geral tens muitos como o de um video feito na linha do metro em Lisboa a levar umas galhetas por se recusar a pôr máscara com a conversa de que era um bocado de pano que não resolvia nada. Tens muitos em que obrigar a usar máscara nos sitios publicos onde nao se mantenha distanciamento não é visto como uma forma de salvar vidas mas como um atentado à sua liberdade (na manif eram umas centenas, mas no geral conta com muitos milhares assim)... é um autentico "muita gente está a morrer mas não toquem na minha bolacha".
"Existem três tipos de homens: os vivos, os mortos e os que andam no mar." Platão
 

Offline Ricardo Nunes

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4866
  • Agradecido: 746 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:21 Quarta, 19 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #27 em: 14:52 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
@gmarques o que vejo é que entre o comportamento do povo (falando de grosseiro modo, geral) e as medidas da DGS venha o diabo e escolha 🙄 somente num aspecto vejo-me obrigado a dar razão á contestação popular: não poder reunir um jantar com a família, como decerto vai acontecer no Natal, mas têm de gramar diariamente a vergonha que se vê nos transportes públicos
O sem medida devolvido de hoje é o tarolo de amanhã
 

Offline gmarques

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 323
  • Agradecido: 108 vezes
    • Quinta do Conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 09:46 Quarta, 09 de Março de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #28 em: 15:22 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
@gmarques o que vejo é que entre o comportamento do povo (falando de grosseiro modo, geral) e as medidas da DGS venha o diabo e escolha 🙄 somente num aspecto vejo-me obrigado a dar razão á contestação popular: não poder reunir um jantar com a família, como decerto vai acontecer no Natal, mas têm de gramar diariamente a vergonha que se vê nos transportes públicos

Sim há certas medidas que eu não entendo e ainda que pense com muita força que posso estar errado, visto não ser a minha área, continuo a não entender. O jantar de Natal, e não só... sinceramente sinto-me injustiçado, e talvez seja o sentimento de muitos que tal como eu desde inicio sempre fizeram por ir pelo mais sensato. Sinto-me injustiçado por uma simples razão e usando uma analogia, não me chegam multas por excesso de velocidade pois gosto de conduzir nas calmas, e muitas medidas, e mais virão, fazem-me sentir como se de repente passasse a receber multas porque outros andam a abrir na auto estrada. Ainda sobre as medidas há uma que nunca entendi. Então se é para evitar ajuntamentos, porque se encurtam horários de estabelecimentos?!?!? É que para mim o que faria sentido era tentar alargar os horários de modo a que as pessoas pudessem se distribuir.
"Existem três tipos de homens: os vivos, os mortos e os que andam no mar." Platão
 

Offline Ricardo Nunes

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4866
  • Agradecido: 746 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:21 Quarta, 19 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #29 em: 15:41 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
@gmarques o que vejo é que entre o comportamento do povo (falando de grosseiro modo, geral) e as medidas da DGS venha o diabo e escolha 🙄 somente num aspecto vejo-me obrigado a dar razão á contestação popular: não poder reunir um jantar com a família, como decerto vai acontecer no Natal, mas têm de gramar diariamente a vergonha que se vê nos transportes públicos

Sim há certas medidas que eu não entendo e ainda que pense com muita força que posso estar errado, visto não ser a minha área, continuo a não entender. O jantar de Natal, e não só... sinceramente sinto-me injustiçado, e talvez seja o sentimento de muitos que tal como eu desde inicio sempre fizeram por ir pelo mais sensato. Sinto-me injustiçado por uma simples razão e usando uma analogia, não me chegam multas por excesso de velocidade pois gosto de conduzir nas calmas, e muitas medidas, e mais virão, fazem-me sentir como se de repente passasse a receber multas porque outros andam a abrir na auto estrada. Ainda sobre as medidas há uma que nunca entendi. Então se é para evitar ajuntamentos, porque se encurtam horários de estabelecimentos?!?!? É que para mim o que faria sentido era tentar alargar os horários de modo a que as pessoas pudessem se distribuir.

Nem uma vírgula a acrescentar 😉
O sem medida devolvido de hoje é o tarolo de amanhã
 

 

* Tópicos Recentes

Leitura do mar no geral por Rider [Hoje às 10:04]

Cana surfcasting por Joaol [Hoje às 09:43]

Aranhas por Andréfcc [Hoje às 03:34]

Cana surfcasting por Carlossjd Montijo [22:51 Quarta, 27 de Janeiro de 2021]

Jigs em Spinning por tyntas [22:49 Quarta, 27 de Janeiro de 2021]

Leitura do pesqueiro por Chibo217 [18:37 Quarta, 27 de Janeiro de 2021]

Colher para engodar por Ricardo Nunes [17:51 Quarta, 27 de Janeiro de 2021]

Carreto embarcada por chicofarias [16:26 Quarta, 27 de Janeiro de 2021]

Zagaias e Pingalins -- Foi no que deu o Confinamento por JVieira [10:58 Quarta, 27 de Janeiro de 2021]

Pesca ao fundo no Algarve. por Chibo217 [20:08 Terça, 26 de Janeiro de 2021]