collapse

Autor Tópico: Confinamento e Covid  (Lida 3540 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline CABANE

  • Robalo
  • ***
  • Mensagens: 113
  • Agradecido: 5 vezes
    • Lumiar
  • No Pesqueiro desde:
  • 22:46 Sábado, 29 de Dezembro de 2018
Confinamento e Covid
« em: 16:05 Terça, 03 de Novembro de 2020 »
Para o fim de semana será que se pode ir pescar? Só no nosso concelho?

Onde posso ver isso?
 

Offline Ricardo Nunes

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4813
  • Agradecido: 742 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:21 Quarta, 19 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #1 em: 16:18 Terça, 03 de Novembro de 2020 »
A restrição á circulação entre concelhos acaba às 6 da manhã. Se não for anunciado nova restrição podes ir á vontade
O sem medida devolvido de hoje é o tarolo de amanhã
 

Online PMiranda

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 330
  • Agradecido: 152 vezes
    • Margem Sul - Setubal
  • No Pesqueiro desde:
  • 12:07 Quarta, 30 de Agosto de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #2 em: 19:09 Terça, 03 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
A restrição á circulação entre concelhos acaba às 6 da manhã. Se não for anunciado nova restrição podes ir á vontade

Não é bem assim.....dependendo do conselho pode haver mais restrições segundo a declaração de situação de calamidade (n.º 92-A/2020) aprovada ontem!

Nos 121 concelhos descriminados sujeitos a medidas especiais "...os cidadãos devem abster-se de circular em espaços e vias públicas, bem como em espaços e vias privadas equiparadas a vias públicas, e permanecer no respetivo domicílio, exceto para deslocações autorizadas .... consideram-se «deslocações autorizadas» aquelas que visam:"

a) Aquisição de bens e serviços;
b) Deslocação para efeitos de desempenho de atividades profissionais ou equiparadas;
...
j) Deslocações de curta duração para efeitos de atividade física;
...

" Compete às forças e serviços de segurança e à polícia municipal fiscalizar o cumprimento do disposto no presente artigo, mediante a recomendação a todos os cidadãos do cumprimento do dever cívico de recolhimento domiciliário, bem como o aconselhamento da não concentração de pessoas na via pública e a dispersão das concentrações superiores a cinco pessoas, salvo se pertencerem ao mesmo agregado familiar."

A unica justificação que poderemos alegar é a da pesca ser uma "Deslocações de curta duração para efeitos de atividade física"! Mas fica à descrição do agente da autoridade aceitar ou não!

E cuidado....porque as multas foram triplicadas por esta resolução (n.º 92-A/2020)!

Informação mais detalhada aqui!

Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre

Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
« Última modificação: 19:11 Terça, 03 de Novembro de 2020 por PMiranda »
 

Offline CABANE

  • Robalo
  • ***
  • Mensagens: 113
  • Agradecido: 5 vezes
    • Lumiar
  • No Pesqueiro desde:
  • 22:46 Sábado, 29 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #3 em: 19:11 Terça, 03 de Novembro de 2020 »
Lá se foi a pesca... Outra vez
 

Online PMiranda

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 330
  • Agradecido: 152 vezes
    • Margem Sul - Setubal
  • No Pesqueiro desde:
  • 12:07 Quarta, 30 de Agosto de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #4 em: 19:27 Terça, 03 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Lá se foi a pesca... Outra vez

Esta situação de calamidade dura até dia 19 de Novembro...mas pelo que vi nas noticias os excelenticimos já preparam o estado de emergência que se segue! Vamos ver amanhã!
 

Offline telmomadeira

  • Carapau
  • **
  • Mensagens: 52
  • Agradecido: 9 vezes
    • Lisboa
  • No Pesqueiro desde:
  • 15:43 Segunda, 25 de Agosto de 2014
Re: Confinamento e Covid
« Responder #5 em: 20:16 Terça, 03 de Novembro de 2020 »
Em contexto de treino pode. Quem for federado pode.
 

Offline Ricardo Nunes

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4813
  • Agradecido: 742 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:21 Quarta, 19 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #6 em: 20:38 Terça, 03 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
A restrição á circulação entre concelhos acaba às 6 da manhã. Se não for anunciado nova restrição podes ir á vontade

Não é bem assim.....dependendo do conselho pode haver mais restrições segundo a declaração de situação de calamidade (n.º 92-A/2020) aprovada ontem!

Nos 121 concelhos descriminados sujeitos a medidas especiais "...os cidadãos devem abster-se de circular em espaços e vias públicas, bem como em espaços e vias privadas equiparadas a vias públicas, e permanecer no respetivo domicílio, exceto para deslocações autorizadas .... consideram-se «deslocações autorizadas» aquelas que visam:"

a) Aquisição de bens e serviços;
b) Deslocação para efeitos de desempenho de atividades profissionais ou equiparadas;
...
j) Deslocações de curta duração para efeitos de atividade física;
...

" Compete às forças e serviços de segurança e à polícia municipal fiscalizar o cumprimento do disposto no presente artigo, mediante a recomendação a todos os cidadãos do cumprimento do dever cívico de recolhimento domiciliário, bem como o aconselhamento da não concentração de pessoas na via pública e a dispersão das concentrações superiores a cinco pessoas, salvo se pertencerem ao mesmo agregado familiar."

A unica justificação que poderemos alegar é a da pesca ser uma "Deslocações de curta duração para efeitos de atividade física"! Mas fica à descrição do agente da autoridade aceitar ou não!

E cuidado....porque as multas foram triplicadas por esta resolução (n.º 92-A/2020)!

Informação mais detalhada aqui!

Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre

Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre


Voltamos á questão "deve! Não é que não possa" , que legalmente é diferente da imposição que está até às 6h00 de amanhã. É uma recomendação, não uma proibição. Após aprovação do estado de emergência, e se de facto aprovarem esse termo como sendo uma proibição, aí sim passa a ser o "não pode"
O sem medida devolvido de hoje é o tarolo de amanhã
 

Offline telmomadeira

  • Carapau
  • **
  • Mensagens: 52
  • Agradecido: 9 vezes
    • Lisboa
  • No Pesqueiro desde:
  • 15:43 Segunda, 25 de Agosto de 2014
Re: Confinamento e Covid
« Responder #7 em: 21:37 Terça, 03 de Novembro de 2020 »
Vejam o art. 28.
 

Offline telmomadeira

  • Carapau
  • **
  • Mensagens: 52
  • Agradecido: 9 vezes
    • Lisboa
  • No Pesqueiro desde:
  • 15:43 Segunda, 25 de Agosto de 2014
Re: Confinamento e Covid
« Responder #8 em: 21:39 Terça, 03 de Novembro de 2020 »
Isto para os concelho referidos no anexo ii
 

Offline Pauloreis

  • Robalo
  • ***
  • Mensagens: 193
  • Agradecido: 25 vezes
    • Assafora
  • No Pesqueiro desde:
  • 17:07 Domingo, 03 de Dezembro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #9 em: 22:15 Terça, 03 de Novembro de 2020 »
Dever cívico de recolhimento obrigatório, por enquanto nada me impede na lei de ir aqui abaixo da minha casa lancar umas chumbadas ou umas amostras
Spinning:
Daiwa Saltist AGSII 1062XHFS  Seabass edition
Daiwa BG 1002HXHFS Seabass edition
Shimano Sustain C5000XG

Boia/Chumbadinha:
Vega Warrior P-600
Vega Sorento 6mt
 

Offline Pauloreis

  • Robalo
  • ***
  • Mensagens: 193
  • Agradecido: 25 vezes
    • Assafora
  • No Pesqueiro desde:
  • 17:07 Domingo, 03 de Dezembro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #10 em: 22:20 Terça, 03 de Novembro de 2020 »
E mais uma, ja me anda a chegar informação por parte da saúde que andam a testar menos pessoas e assintomaticos nao sao testados logo obrigatoriamente isto vai baixar... so acho isto anedótico porque eu posso ser assintomatico, estar positivo e andar ai a contaminar sem saber, mas o mais importante é baixar os números para ingles ver
Spinning:
Daiwa Saltist AGSII 1062XHFS  Seabass edition
Daiwa BG 1002HXHFS Seabass edition
Shimano Sustain C5000XG

Boia/Chumbadinha:
Vega Warrior P-600
Vega Sorento 6mt
 

Offline gmarques

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 318
  • Agradecido: 104 vezes
    • Quinta do Conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 09:46 Quarta, 09 de Março de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #11 em: 23:07 Terça, 03 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
E mais uma, ja me anda a chegar informação por parte da saúde que andam a testar menos pessoas e assintomaticos nao sao testados logo obrigatoriamente isto vai baixar... so acho isto anedótico porque eu posso ser assintomatico, estar positivo e andar ai a contaminar sem saber, mas o mais importante é baixar os números para ingles ver

Pelo que sei, testar apenas pessoas com sintomas sempre foi a regra cá. Assintomáticos foram descobertos por exemplo em empresas em que pelo grande numero de infetados, se testou toda a gente e entre os positivos haviam pessoas sem qualquer sintoma. Uma pessoa sem sintomas tem que por si arranjar forma de ser testada, não vai ninguém bater à porta de ninguém para lhe fazer um teste.
"Existem três tipos de homens: os vivos, os mortos e os que andam no mar." Platão
 

Offline Pauloreis

  • Robalo
  • ***
  • Mensagens: 193
  • Agradecido: 25 vezes
    • Assafora
  • No Pesqueiro desde:
  • 17:07 Domingo, 03 de Dezembro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #12 em: 08:12 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Eu quando falo em assintomaticos é mesmo essas pessoas que sabem que estiveram em contato com infectados e o SNS simplesmente nao faz teste a essas pessoas se nao estiverem infectadas. Isso so para mim é ridículo!!!
Spinning:
Daiwa Saltist AGSII 1062XHFS  Seabass edition
Daiwa BG 1002HXHFS Seabass edition
Shimano Sustain C5000XG

Boia/Chumbadinha:
Vega Warrior P-600
Vega Sorento 6mt
 

Offline PedroMrDias

  • Assessor do Pesqueiro
  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 10410
  • Agradecido: 704 vezes
    • Póvoa de Santa Iria
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:11 Quarta, 11 de Novembro de 2015
Re: Confinamento e Covid
« Responder #13 em: 08:33 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
É um pouco mais grave ainda!
Apanhei o vírus e fiz o confinamento obrigatório, que no meu caso foram 12 dias.
Ao fim deste prazo, segundo as autoridades competentes incluindo médicos, já não sou transmissor do vírus e posso voltar à minha vida normal.
Se tiver a "sorte" de não fazer novo teste ao covid19, as referidas autoridades e médicos vivem na ignorância e eu posso retomar a minha vida normal.
Se por outro lado eu for uma pessoa consciente do risco e conseguir fazer outro teste ao covid19, e der positivo, tal como deu.
Mesmo assintomático há duas semanas, foi me passada nova baixa e voltei para o confinamento mais 10 dias.
Já não tenho como fazer terceiro teste, e ninguém me o vai passar por estar assintomático.

Está aqui a forma de ter números de infeções mais reduzidos, apenas pela não testagem.
E por uns dias apenas ainda pertenci ao numero dos recuperados.
Eu até já quase apanhei um peixe!
 

Offline Pauloreis

  • Robalo
  • ***
  • Mensagens: 193
  • Agradecido: 25 vezes
    • Assafora
  • No Pesqueiro desde:
  • 17:07 Domingo, 03 de Dezembro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #14 em: 08:43 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
É um pouco mais grave ainda!
Apanhei o vírus e fiz o confinamento obrigatório, que no meu caso foram 12 dias.
Ao fim deste prazo, segundo as autoridades competentes incluindo médicos, já não sou transmissor do vírus e posso voltar à minha vida normal.
Se tiver a "sorte" de não fazer novo teste ao covid19, as referidas autoridades e médicos vivem na ignorância e eu posso retomar a minha vida normal.
Se por outro lado eu for uma pessoa consciente do risco e conseguir fazer outro teste ao covid19, e der positivo, tal como deu.
Mesmo assintomático há duas semanas, foi me passada nova baixa e voltei para o confinamento mais 10 dias.
Já não tenho como fazer terceiro teste, e ninguém me o vai passar por estar assintomático.

Está aqui a forma de ter números de infeções mais reduzidos, apenas pela não testagem.
E por uns dias apenas ainda pertenci ao numero dos recuperados.

Esta ai tudo explicado, uma das razões também para isto acontecer é porque o estado nao tem dinheiro supostamente para esta imensidão de testes e por consequência ou fazemos nós por nossa conta ou os números obrigatoriamente vao ter de baixar... eles jogam com isto e fazem como querem e quem tiver dinheiro para se testar a si proprio safa-se e quem nao tiver anda ai na rua como se nada fosse a correr o risco de contagiar outros, ate porque todos temos compras pra fazer e de ir trabalhar. E agora mete-se aqui outra questao, os assintomaticos transmitem ou nao a doença? Em que é que esse médico intelingente se baseia para afirmar que o virus não se transmite apos os 10 dias?
Spinning:
Daiwa Saltist AGSII 1062XHFS  Seabass edition
Daiwa BG 1002HXHFS Seabass edition
Shimano Sustain C5000XG

Boia/Chumbadinha:
Vega Warrior P-600
Vega Sorento 6mt
 

Offline PedroMrDias

  • Assessor do Pesqueiro
  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 10410
  • Agradecido: 704 vezes
    • Póvoa de Santa Iria
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:11 Quarta, 11 de Novembro de 2015
Re: Confinamento e Covid
« Responder #15 em: 09:04 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Não é só o médico.
Vem mais de cima OMS, DGS, e procedimentos e medidas a tomar decretadas já pelo nosso governo.
Eu até já quase apanhei um peixe!
 

Offline gmarques

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 318
  • Agradecido: 104 vezes
    • Quinta do Conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 09:46 Quarta, 09 de Março de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #16 em: 09:24 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Eu percebo essas questões e concordo, nunca percebi porque isolar alguém que não é testado.
Acho que, e isto é apenas a minha opinião que se está a dar muita atenção a números que na prática pouco significam. O importante será sempre o número de internados e em UCI. Tanto faz se há 10.000 ou 100.000 infetados, no fundo o problema quando surgir (rutura) é devido a quantos desses estão nos hospitais.
"Existem três tipos de homens: os vivos, os mortos e os que andam no mar." Platão
 

Online PMiranda

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 330
  • Agradecido: 152 vezes
    • Margem Sul - Setubal
  • No Pesqueiro desde:
  • 12:07 Quarta, 30 de Agosto de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #17 em: 09:34 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Eu percebo essas questões e concordo, nunca percebi porque isolar alguém que não é testado.

Suponho que por motivos de capacidade de testar todos os que apresentam sintomas, principalmente nesta época de constipações e gripes em que os sintomas são muito semelhantes ao COVID! Assim o mais simples é em caso de duvida isolar mesmo sem testar!

As recomendações do meu médico foram de fazer o teste apenas se ouver uma combinação de sintomas que devem incluir obrigatóriamente febre, se isso não acontecer é isolar e tratar como uma gripe comum!
 

Offline Ricardo Nunes

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4813
  • Agradecido: 742 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:21 Quarta, 19 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #18 em: 09:35 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Eu percebo essas questões e concordo, nunca percebi porque isolar alguém que não é testado.
Acho que, e isto é apenas a minha opinião que se está a dar muita atenção a números que na prática pouco significam. O importante será sempre o número de internados e em UCI. Tanto faz se há 10.000 ou 100.000 infetados, no fundo o problema quando surgir (rutura) é devido a quantos desses estão nos hospitais.

Mas esses números estão directamente relacionados com o real número de infectados. 1 infectado assintomático facilmente infecta 50 pessoas, que por sua vez cada 1 deles vai infectar mais 20 ou 30 pessoas, até que algures pelo meio uns quantos vão precisar de hospitalização e outros iram cair numa UCI. Os assintomáticos são o grande grupo de risco de transmissão
O sem medida devolvido de hoje é o tarolo de amanhã
 

Offline gmarques

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 318
  • Agradecido: 104 vezes
    • Quinta do Conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 09:46 Quarta, 09 de Março de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #19 em: 10:31 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Eu percebo essas questões e concordo, nunca percebi porque isolar alguém que não é testado.
Acho que, e isto é apenas a minha opinião que se está a dar muita atenção a números que na prática pouco significam. O importante será sempre o número de internados e em UCI. Tanto faz se há 10.000 ou 100.000 infetados, no fundo o problema quando surgir (rutura) é devido a quantos desses estão nos hospitais.

Mas esses números estão directamente relacionados com o real número de infectados. 1 infectado assintomático facilmente infecta 50 pessoas, que por sua vez cada 1 deles vai infectar mais 20 ou 30 pessoas, até que algures pelo meio uns quantos vão precisar de hospitalização e outros iram cair numa UCI. Os assintomáticos são o grande grupo de risco de transmissão

Se fosse assim tão facilmente, ja todo o país estava infectado. Muito tem sido evitado com a implementação de medidas como uso de máscara, embora muitos não se queiram crer. Atenção que o ponto de rutura dos hospitais está um pouco mais à frente do que na primeira vaga, pois existem mais meios disponiveis do que nessa altura. E sim, os assintomáticos são um problema que ainda se torna um problema maior porque seguir orientaçoes, para muitos não é nada com eles. Isto é tudo uma cabala, e a gripe é que é má, o covid não existe, as mascaras nao protegem, bla bla bla. Mas mesmo num país de 10M como o nosso não é facil testar toda a gente em pouco tempo, que tirasse do circuito os assintomáticos. Até porque isso para ser eficaz, os testes tinham que virar rotina e não ha país com capacidade para tal. Nem as pessoas tinham paciencia para andarem a ser testadas com tanta frequência
"Existem três tipos de homens: os vivos, os mortos e os que andam no mar." Platão
 

Offline Rider

  • Assessor do Pesqueiro
  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 14253
  • Agradecido: 869 vezes
    • Cartaxo - Baleal
  • No Pesqueiro desde:
  • 23:41 Segunda, 23 de Dezembro de 2013
Re: Confinamento e Covid
« Responder #20 em: 10:40 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Pelo que vamos vendo e ouvindo muito pouco se sabe ainda sobre este novo vírus. Muitas noticias contraditórias, uma uma coisa, amanhã outra. Não é possivel "atender tanto pessoal ao mesmo tempo, e/ou num curto espaço de tempo.

Por isso cabe a cada um tomar as medidas correctas. Se têm sintomas, isola-se, se esteve em contacto com alguem que testou positivo, isola-se. Respeitar as distancias e as regras de higiene.

Não é necessário estar á espera que alguem lhe diga o que fazer, os serviços estão atrasados 2/3 dias, o suficiente para alastrar a mais uns quantos.

Por isso cuidem de vocês e dos outros.
Espera o melhor, prepara-te para o pior e aceita o que vier.

Cumprimentos,
José Matos
 

Offline Mário Leão

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 737
  • Agradecido: 40 vezes
    • Oeiras
  • No Pesqueiro desde:
  • 08:35 Terça, 24 de Dezembro de 2013
Re: Confinamento e Covid
« Responder #21 em: 10:44 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Pelo que vamos vendo e ouvindo muito pouco se sabe ainda sobre este novo vírus. Muitas noticias contraditórias, uma uma coisa, amanhã outra. Não é possivel "atender tanto pessoal ao mesmo tempo, e/ou num curto espaço de tempo.

Por isso cabe a cada um tomar as medidas correctas. Se têm sintomas, isola-se, se esteve em contacto com alguem que testou positivo, isola-se. Respeitar as distancias e as regras de higiene.

Não é necessário estar á espera que alguem lhe diga o que fazer, os serviços estão atrasados 2/3 dias, o suficiente para alastrar a mais uns quantos.

Por isso cuidem de vocês e dos outros.

Chapeau Zé, muito se fala das falhas DGS, MS, OMS, Governo e outras organizações, mas o fundamental é que cada um cuide de si e dos outros.
 

Offline bravo da costa

  • Boga
  • *
  • Mensagens: 31
  • Agradecido: 3 vezes
  • Quando vais para o Mar não o esqueças de o limpar
    • Setúbal-Portugal
  • No Pesqueiro desde:
  • 16:50 Sexta, 14 de Junho de 2019
Re: Confinamento e Covid
« Responder #22 em: 11:33 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
bom dia
como faço muito surf casting gostaria de ajuda da vossa parte 
sendo eu de setúbal posso ir pescar para a zona aberta nova ou carvalhal?
 

Offline ze carlos

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 2382
  • Agradecido: 220 vezes
    • Amadora
  • No Pesqueiro desde:
  • 00:35 Terça, 27 de Setembro de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #23 em: 12:12 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Abraço
 

Offline Ricardo Nunes

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4813
  • Agradecido: 742 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:21 Quarta, 19 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #24 em: 12:55 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Eu percebo essas questões e concordo, nunca percebi porque isolar alguém que não é testado.
Acho que, e isto é apenas a minha opinião que se está a dar muita atenção a números que na prática pouco significam. O importante será sempre o número de internados e em UCI. Tanto faz se há 10.000 ou 100.000 infetados, no fundo o problema quando surgir (rutura) é devido a quantos desses estão nos hospitais.
Mas esses números estão directamente relacionados com o real número de infectados. 1 infectado assintomático facilmente infecta 50 pessoas, que por sua vez cada 1 deles vai infectar mais 20 ou 30 pessoas, até que algures pelo meio uns quantos vão precisar de hospitalização e outros iram cair numa UCI. Os assintomáticos são o grande grupo de risco de transmissão

Se fosse assim tão facilmente, ja todo o país estava infectado. Muito tem sido evitado com a implementação de medidas como uso de máscara, embora muitos não se queiram crer. Atenção que o ponto de rutura dos hospitais está um pouco mais à frente do que na primeira vaga, pois existem mais meios disponiveis do que nessa altura. E sim, os assintomáticos são um problema que ainda se torna um problema maior porque seguir orientaçoes, para muitos não é nada com eles. Isto é tudo uma cabala, e a gripe é que é má, o covid não existe, as mascaras nao protegem, bla bla bla. Mas mesmo num país de 10M como o nosso não é facil testar toda a gente em pouco tempo, que tirasse do circuito os assintomáticos. Até porque isso para ser eficaz, os testes tinham que virar rotina e não ha país com capacidade para tal. Nem as pessoas tinham paciencia para andarem a ser testadas com tanta frequência



Os hospitais estão na ruptura. Houve aumento de meios físicos mas não houve assim tanto humano como se quer fazer passar. Até porque há imensos profissionais em em falta por quarentena. Eu percebo que é caro, que é pedir uma capacidade massiva de testagem mas é impensável mandar positivos irem trabalhar ao fim de 12 dias ainda com sintomas, ou não fazer um teste de remate aos isolamentos profiláticos antes de os mandar retomar a vida normal. Todos temos de cumprir, saber cuidar de nós e ter cuidado com os que nos rodeiam, mas a mentalidade do povo aliada às campanhas de desinformação e teorias da conspiração não ajudam.

Fiz um teste sábado passado pq fiz barulho para a saúde 24, hoje fui fazer outro novamente a mando do corpo de bombeiros onde sou além de voluntário, trabalhador, e já fomos informados que vamos ter despistes semanais. Pessoalmente até agradeço (já o meu nariz não diz o mesmo) que para mim é um descanso. Não se torna mais fácil a cada vez que lá vou, mas antes assim do que só fazer testes a cada 6 meses que era o que andava a suceder.
O sem medida devolvido de hoje é o tarolo de amanhã
 

Offline FilipePC

  • Honrar o passado, viver o presente, preparar o futuro...
  • Gestor do Pesqueiro
  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 8717
  • Agradecido: 780 vezes
    • Almada/Seixal
  • No Pesqueiro desde:
  • 23:46 Sábado, 21 de Dezembro de 2013
Re: Confinamento e Covid
« Responder #25 em: 13:40 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Sem grandes textos, para quem ler, para já, não existe qualquer proibição de se pescar.
Podem pescar a vontade.
Se isso acontecer saem normas como saíram em Março/Abril passado.
Homem Livre, gostaras sempre do mar...
 

Offline gmarques

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 318
  • Agradecido: 104 vezes
    • Quinta do Conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 09:46 Quarta, 09 de Março de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #26 em: 14:06 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Eu percebo essas questões e concordo, nunca percebi porque isolar alguém que não é testado.
Acho que, e isto é apenas a minha opinião que se está a dar muita atenção a números que na prática pouco significam. O importante será sempre o número de internados e em UCI. Tanto faz se há 10.000 ou 100.000 infetados, no fundo o problema quando surgir (rutura) é devido a quantos desses estão nos hospitais.
Mas esses números estão directamente relacionados com o real número de infectados. 1 infectado assintomático facilmente infecta 50 pessoas, que por sua vez cada 1 deles vai infectar mais 20 ou 30 pessoas, até que algures pelo meio uns quantos vão precisar de hospitalização e outros iram cair numa UCI. Os assintomáticos são o grande grupo de risco de transmissão

Se fosse assim tão facilmente, ja todo o país estava infectado. Muito tem sido evitado com a implementação de medidas como uso de máscara, embora muitos não se queiram crer. Atenção que o ponto de rutura dos hospitais está um pouco mais à frente do que na primeira vaga, pois existem mais meios disponiveis do que nessa altura. E sim, os assintomáticos são um problema que ainda se torna um problema maior porque seguir orientaçoes, para muitos não é nada com eles. Isto é tudo uma cabala, e a gripe é que é má, o covid não existe, as mascaras nao protegem, bla bla bla. Mas mesmo num país de 10M como o nosso não é facil testar toda a gente em pouco tempo, que tirasse do circuito os assintomáticos. Até porque isso para ser eficaz, os testes tinham que virar rotina e não ha país com capacidade para tal. Nem as pessoas tinham paciencia para andarem a ser testadas com tanta frequência



Os hospitais estão na ruptura. Houve aumento de meios físicos mas não houve assim tanto humano como se quer fazer passar. Até porque há imensos profissionais em em falta por quarentena. Eu percebo que é caro, que é pedir uma capacidade massiva de testagem mas é impensável mandar positivos irem trabalhar ao fim de 12 dias ainda com sintomas, ou não fazer um teste de remate aos isolamentos profiláticos antes de os mandar retomar a vida normal. Todos temos de cumprir, saber cuidar de nós e ter cuidado com os que nos rodeiam, mas a mentalidade do povo aliada às campanhas de desinformação e teorias da conspiração não ajudam.

Fiz um teste sábado passado pq fiz barulho para a saúde 24, hoje fui fazer outro novamente a mando do corpo de bombeiros onde sou além de voluntário, trabalhador, e já fomos informados que vamos ter despistes semanais. Pessoalmente até agradeço (já o meu nariz não diz o mesmo) que para mim é um descanso. Não se torna mais fácil a cada vez que lá vou, mas antes assim do que só fazer testes a cada 6 meses que era o que andava a suceder.

O que chamo rutura é quando já não tens para onde mandar doentes. Por enquanto tens rutura de alguns mas ainda consegues transferi-los para outros hospitais. Sim, muitos ja atingiram e ja não faltará muito para a rutura total.

Os testes, a paciência por cá... uma coisa é olharmos para nós, sabermos que damos o nosso melhor. Mas tens que ver no geral, e no geral tens muitos como o de um video feito na linha do metro em Lisboa a levar umas galhetas por se recusar a pôr máscara com a conversa de que era um bocado de pano que não resolvia nada. Tens muitos em que obrigar a usar máscara nos sitios publicos onde nao se mantenha distanciamento não é visto como uma forma de salvar vidas mas como um atentado à sua liberdade (na manif eram umas centenas, mas no geral conta com muitos milhares assim)... é um autentico "muita gente está a morrer mas não toquem na minha bolacha".
"Existem três tipos de homens: os vivos, os mortos e os que andam no mar." Platão
 

Offline Ricardo Nunes

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4813
  • Agradecido: 742 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:21 Quarta, 19 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #27 em: 14:52 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
@gmarques o que vejo é que entre o comportamento do povo (falando de grosseiro modo, geral) e as medidas da DGS venha o diabo e escolha 🙄 somente num aspecto vejo-me obrigado a dar razão á contestação popular: não poder reunir um jantar com a família, como decerto vai acontecer no Natal, mas têm de gramar diariamente a vergonha que se vê nos transportes públicos
O sem medida devolvido de hoje é o tarolo de amanhã
 

Offline gmarques

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 318
  • Agradecido: 104 vezes
    • Quinta do Conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 09:46 Quarta, 09 de Março de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #28 em: 15:22 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
@gmarques o que vejo é que entre o comportamento do povo (falando de grosseiro modo, geral) e as medidas da DGS venha o diabo e escolha 🙄 somente num aspecto vejo-me obrigado a dar razão á contestação popular: não poder reunir um jantar com a família, como decerto vai acontecer no Natal, mas têm de gramar diariamente a vergonha que se vê nos transportes públicos

Sim há certas medidas que eu não entendo e ainda que pense com muita força que posso estar errado, visto não ser a minha área, continuo a não entender. O jantar de Natal, e não só... sinceramente sinto-me injustiçado, e talvez seja o sentimento de muitos que tal como eu desde inicio sempre fizeram por ir pelo mais sensato. Sinto-me injustiçado por uma simples razão e usando uma analogia, não me chegam multas por excesso de velocidade pois gosto de conduzir nas calmas, e muitas medidas, e mais virão, fazem-me sentir como se de repente passasse a receber multas porque outros andam a abrir na auto estrada. Ainda sobre as medidas há uma que nunca entendi. Então se é para evitar ajuntamentos, porque se encurtam horários de estabelecimentos?!?!? É que para mim o que faria sentido era tentar alargar os horários de modo a que as pessoas pudessem se distribuir.
"Existem três tipos de homens: os vivos, os mortos e os que andam no mar." Platão
 

Offline Ricardo Nunes

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4813
  • Agradecido: 742 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:21 Quarta, 19 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #29 em: 15:41 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
@gmarques o que vejo é que entre o comportamento do povo (falando de grosseiro modo, geral) e as medidas da DGS venha o diabo e escolha 🙄 somente num aspecto vejo-me obrigado a dar razão á contestação popular: não poder reunir um jantar com a família, como decerto vai acontecer no Natal, mas têm de gramar diariamente a vergonha que se vê nos transportes públicos

Sim há certas medidas que eu não entendo e ainda que pense com muita força que posso estar errado, visto não ser a minha área, continuo a não entender. O jantar de Natal, e não só... sinceramente sinto-me injustiçado, e talvez seja o sentimento de muitos que tal como eu desde inicio sempre fizeram por ir pelo mais sensato. Sinto-me injustiçado por uma simples razão e usando uma analogia, não me chegam multas por excesso de velocidade pois gosto de conduzir nas calmas, e muitas medidas, e mais virão, fazem-me sentir como se de repente passasse a receber multas porque outros andam a abrir na auto estrada. Ainda sobre as medidas há uma que nunca entendi. Então se é para evitar ajuntamentos, porque se encurtam horários de estabelecimentos?!?!? É que para mim o que faria sentido era tentar alargar os horários de modo a que as pessoas pudessem se distribuir.

Nem uma vírgula a acrescentar 😉
O sem medida devolvido de hoje é o tarolo de amanhã
 

Offline Paulo1973

  • Boga
  • *
  • Mensagens: 24
  • Agradecido: 3 vezes
    • Sobralinho
  • No Pesqueiro desde:
  • 22:11 Sábado, 12 de Outubro de 2019
Re: Confinamento e Covid
« Responder #30 em: 20:11 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Boas alguém sabe dizer se pode se sair do conselho para a prática de pesca?
 

Offline kalvas

  • Gestor do Pesqueiro
  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 13023
  • Agradecido: 779 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 20:48 Segunda, 30 de Dezembro de 2013
Re: Confinamento e Covid
« Responder #31 em: 20:20 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Até que venham novas directrizes podes.
Trabalhador por obrigação ; pescador por gosto.
 

Offline Ernesto Lima

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 1577
  • Agradecido: 745 vezes
    • Setúbal
    • A Minha Pesca
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:46 Quinta, 13 de Fevereiro de 2014
Re: Confinamento e Covid
« Responder #32 em: 23:30 Quarta, 04 de Novembro de 2020 »
Boa noite a todos.

Tenho seguido este tópico, assim como as notícias, debates, medidas e tudo o que se refere ao "merdoso", nome que me apeteceu chamar ao sacana do vírus que por aí apareceu. Isto porque já não tenho paciência para ouvir o som das letras que compõem o nome correcto.

Tenho assistido a discussões, desculpas esfarrapadas para não cumprir com regras, entre elas, a crítica contínua baseada no conceito de: "..., se aqueles fizeram eu não faço porquê?". Após ter tido os cuidados iniciais, decorrentes de tudo o que se sabia em Março e de ter cumprido os cuidados essenciais indicados pela DGS e vários médicos, logo que, em Maio, nos pudemos mexer, comecei a fazer a minha vida, tendo em conta o novo normal, sempre esperando que mais dia, menos dia, poderemos, eu, a minha família ou amigos próximos, sermos infectados. Certo é que, até agora (e bato já na madeira), tal não aconteceu. Trabalhei, não deixei de fazer férias, não deixei de conviver em pequenos grupos, não deixei de pescar, mas sempre o tenho feito, sob a égide do seguinte conceito:

Como nunca sei se estarei infectado de forma assintomática, podendo contagiar outros, cumpro as seguintes regras:

1. Mantenho o distanciamento social, ou uso máscara, na presença de familiares que não coabitam comigo, incluindo a minha neta e a minha filha.
2. Uso máscara em todos os locais fechados, obrigatórios, assim como, em lugares abertos onde de forma inadvertida se aglomeram pessoas, fugindo deles o mais rápido que possa.
3. Não me meto em confusões de gente, excepto se for obrigado a isso, sendo que, neste caso, uso máscara.
4. Cumpro os cuidados de higiene indicados e até alguns não tão indicados.
5. Tenho o cuidado de não falar, tossir ou espirrar na direcção ou na presença seja de quem for e uso o cotovelo para o fazer mesmo quando estou sózinho (por uma questão de hábito, já instalada).
6. Exijo dos outros o mesmo comportamento, caso queiram privar comigo. Isto porque encaro qualquer um, ou uma, como possível transmissor, ou transmissora.

Para viver com calma e disfrutar minimamente da vida, convivo com amigos (mantendo as regras) e deixei-me de discussões sobre isto e aquilo que tenha a ver com o "merdoso". Isto porque fiquei cheio de tanta gente que, pura e simplesmente, não querem saber de nada, achando que as suas acções (na minha opinião, inadequadas) não prejudicam nada, nem ninguém (está a ver-se que não >:D).

Resta-me aguardar condições climatéricas adequadas para fazer recolhimento cívico no mar, pescando.

Cumprimentos

Ernesto
« Última modificação: 23:44 Quarta, 04 de Novembro de 2020 por Ernesto Lima »
Quanto mais pesco... mais sinto necessidade de aprender sobre a pesca.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: joseafonso, maximus11, PMiranda, Sansoni7, Mekucb

Offline Sansoni7

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 294
  • Agradecido: 53 vezes
    • Porto
  • No Pesqueiro desde:
  • 13:23 Segunda, 06 de Agosto de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #33 em: 07:58 Quinta, 05 de Novembro de 2020 »
Caro Ernesto...
...que bom seria se todos seguissem estas regras.....que bom seria......
Votos de que o «merdoso» continue a não conseguir importunar-vos. ;)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Ernesto Lima, aaalmartins

Offline gmarques

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 318
  • Agradecido: 104 vezes
    • Quinta do Conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 09:46 Quarta, 09 de Março de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #34 em: 09:43 Sexta, 06 de Novembro de 2020 »
Entretanto, o PM já adiantou que provavelmente o estado de emergência poderá durar até ao fim da pandemia.

Também entretanto, a policia interrompeu uma festa com 30 pessoas ali para os lados da costa da caparica... enfim, assim não vamos longe.
« Última modificação: 09:47 Sexta, 06 de Novembro de 2020 por gmarques »
"Existem três tipos de homens: os vivos, os mortos e os que andam no mar." Platão
 

Offline PedroMrDias

  • Assessor do Pesqueiro
  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 10410
  • Agradecido: 704 vezes
    • Póvoa de Santa Iria
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:11 Quarta, 11 de Novembro de 2015
Re: Confinamento e Covid
« Responder #35 em: 13:07 Sexta, 06 de Novembro de 2020 »
Mas dito ao contrário faz todo o sentido.

Uma festa com 30 pessoas??

É certo que ninguém quer perder direitos, mas por causa dos actos de uns (e são vários), tomam-se medidas que afectam todos.
Vamos ter estado de emergência de 9 a 23 de Novembro, com avaliações sucessivas.
Creio que só sábado o PM dará a conhecer as medidas que se vão tomar.
Eu até já quase apanhei um peixe!
 

Offline Ricardo Nunes

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4813
  • Agradecido: 742 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:21 Quarta, 19 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #36 em: 13:24 Sexta, 06 de Novembro de 2020 »
Atenção que já anda aí a circular uma resposta da GNR a um mail enviado em que não se pode pescar a menos que seja federado. Isto é derivado de sucessivos telefonemas e e-mails para as diversas entidades a levantar a lebre quando deviam era estar sossegados.
Não há qualquer proibição efectiva de tal. Há um dever cívico, mas se perguntam se podem, como é óbvio vão dizer que não... Após ser decretado o estado de emergência, aí acredito que façam uma proibição devida e legalmente fundamentada. Até lá é pescar com as devidas precauções.
O sem medida devolvido de hoje é o tarolo de amanhã
 

Offline Trindade

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 772
  • Agradecido: 133 vezes
  • A Gradar ( ás vezes ) desde 1980
    • Loures
  • No Pesqueiro desde:
  • 23:04 Quarta, 25 de Dezembro de 2013
Re: Confinamento e Covid
« Responder #37 em: 14:18 Sexta, 06 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Atenção que já anda aí a circular uma resposta da GNR a um mail enviado em que não se pode pescar a menos que seja federado. Isto é derivado de sucessivos telefonemas e e-mails para as diversas entidades a levantar a lebre quando deviam era estar sossegados.
Não há qualquer proibição efectiva de tal. Há um dever cívico, mas se perguntam se podem, como é óbvio vão dizer que não... Após ser decretado o estado de emergência, aí acredito que façam uma proibição devida e legalmente fundamentada. Até lá é pescar com as devidas precauções.

Ricardo , segundo julgo saber , está em vigor a proibição de circulação nos tais 121 concelhos onde estou incluido , onde há o dever de permanencia no domicilio , exceptuando as actividades autorizadas ( trabalho, escola, compras , farmacias, etc, etc) . Ou seja Eu e muitos milhoes estamos proibidos de pescar pois a pesca está longe de figurar nas actividades essenciais excepcionadas .

Não era necessário perguntar a GNR ou a PM para se saber que na practica a pesca de lazer/ludica está proibida desde quarta feira nestes 121 concelhos , agora havia ai muito "xico esperto" que achava que tinha de haver proibição expressa.

O nosso pais é SUI GENERIS na interpretação de leis , sempre em busca de um buraquinho na lei para me safar , mesmo que entale o grupo , afinal que mal faz os pescadores poderem ir a pesca,......( e os caçadores ? e os futebolistas numa peladinha ? e os apanhadores de cogumelos ?? e os surfistas ???? e os......., e os,.......e os,........)

Metam uma coisa na cabeça , não há excepções nestes 121 concelhos , é para FICAR EM CASA ,......e se continuarmos a brincar com isto de 121 passamos a 250 e não tarda ficamos outra vez fechadinhos a 7 chaves outra vez e com mais controle.

É obvio que tb eu gostava de ir a pesca , já me lixaram uma data de datas de embarcadas e não sei quando vou novamente a pesca , mas não vale a pena fingir que a lei não se aplica a mim porque não pergunto, ninguem levantou lebre nenhuma , nos territorios mencionados ( 121 concelhos) a PESCA LUDICA ESTA PROIBIDA.

Unica excepção para já , serão os concelhos não mencionados , onde salvo melhor opinião me parece ainda ser possivel a practica da pesca para os RESIDENTES nesses concelhos, mas mesmo esses companheiros não devem vir a usufruir dessa benesse por muito tempo .

Resta-nos esperar dias melhores........lá para janeiro ou Fevereiro !!!!
Trindade , o gradeiro do Oeste
 

Offline Ernesto Lima

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 1577
  • Agradecido: 745 vezes
    • Setúbal
    • A Minha Pesca
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:46 Quinta, 13 de Fevereiro de 2014
Re: Confinamento e Covid
« Responder #38 em: 14:30 Sexta, 06 de Novembro de 2020 »
"Atenção que já anda aí a circular uma resposta da GNR a um mail enviado em que não se pode pescar a menos que seja federado. Isto é derivado de sucessivos telefonemas e e-mails para as diversas entidades a levantar a lebre quando deviam era estar sossegados.
Não há qualquer proibição efectiva de tal. Há um dever cívico, mas se perguntam se podem, como é óbvio vão dizer que não... Após ser decretado o estado de emergência, aí acredito que façam uma proibição devida e legalmente fundamentada. Até lá é pescar com as devidas precauções."


Para já, nada está decidido e nada indica que venham a proibir a pesca lúdica, desde que se mantenham as regras de segurança e nos concelhos não afectados acima da média. Quanto muito, aqueles de nós, que vivemos em conselhos afectados acima da média, poderemos não poder pescar.

Parece-me claro que pressões contínuas sobre as autoridades, relativas ao assunto, tenderão a respostas, para já, inconsistentes, assim como a um olhar sobre a actividade que pode vir a acelerar decisões pouco auspiciosas para todos nós, pescadores. Mais uma vez, estamos a colocar a "carroça à frente dos bois". Quem está a fazer isso, na minha opinião, não aprendeu nada e só está a olhar para as suas necessidades mais imediatas, pondo em causa a sua actividade e a dos outros. Espero estar enganado.

Mas como já acima deixei implícito, cada um que se comporte como achar melhor, e cada um que se defenda da mesma maneira. Depois de tudo o que tenho visto acontecer, não me parece que haja volta a dar.

Cumprimentos

Ernesto
« Última modificação: 14:37 Sexta, 06 de Novembro de 2020 por Ernesto Lima »
Quanto mais pesco... mais sinto necessidade de aprender sobre a pesca.
 

Offline Ricardo Nunes

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4813
  • Agradecido: 742 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:21 Quarta, 19 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #39 em: 15:04 Sexta, 06 de Novembro de 2020 »
Grande mestre eu não faço interpretações á lei. O que é, é para se cumprir e não há nada a fazer. Explícito na resolução do conselho de ministros e imposto á legalidade do estado de calamidade estão os vários pontos de "dever" e outros de "proibição". Somente o excepcional estado de emergência permite á luz da constituição a retirada de liberdades e direitos das pessoas e somente durante a vigência desse período.
Tivemos o caso da proibição á circulação entre concelhos no fim de semana dos finados, em que convenientemente o tribunal constitucional só veio esclarecer que se tratava de uma recomendação na 2a feira seguinte!
O estado actual do país não está para brincadeiras nem para devaneios, mas o governo não pode atropelar a constituição assim de qualquer maneira. De facto, e a par do sucedido no anterior estado de emergência, essa proibição teria de ser comunicada via DGRM e á partida abrangendo a prática do surf e bodyboard. Tal não aconteceu até á data, e porquê?
O sem medida devolvido de hoje é o tarolo de amanhã
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Ernesto Lima

Offline antoniopereira

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 6681
  • Agradecido: 680 vezes
  • O mar é vida! Conserva-o limpo
    • olivais -lisboa
  • No Pesqueiro desde:
  • 15:16 Sexta, 08 de Setembro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #40 em: 15:14 Sexta, 06 de Novembro de 2020 »
as probabilidades são estas:
Os quatro pilares são os que o primeiro-ministro solicitou: “A possibilidade de o Governo impor restrições à circulação em certos locais em períodos determinados, em particular nos municípios de maior risco; a utilização, se necessário e preferencialmente por acordo, de meios de saúde dos sectores privado, social e cooperativo, com a devida compensação; a mobilização de trabalhadores, bem como das Forças Armadas e de Segurança, para o reforço das autoridades de saúde nos inquéritos epidemiológicos e de rastreio; e a possibilidade de medição de temperatura corporal, por meios não invasivos, e de imposição de testes no acesso a certos serviços e equipamentos.”
 Até agora que se saiba não há mais nada. Esperemos pela comunicação. Não vale a pena estarmos a tentar adivinhar fazer provisões.


« Última modificação: 15:16 Sexta, 06 de Novembro de 2020 por antoniopereira »
 

Offline Trindade

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 772
  • Agradecido: 133 vezes
  • A Gradar ( ás vezes ) desde 1980
    • Loures
  • No Pesqueiro desde:
  • 23:04 Quarta, 25 de Dezembro de 2013
Re: Confinamento e Covid
« Responder #41 em: 15:39 Sexta, 06 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Grande mestre eu não faço interpretações á lei. O que é, é para se cumprir e não há nada a fazer. Explícito na resolução do conselho de ministros e imposto á legalidade do estado de calamidade estão os vários pontos de "dever" e outros de "proibição". Somente o excepcional estado de emergência permite á luz da constituição a retirada de liberdades e direitos das pessoas e somente durante a vigência desse período.
Tivemos o caso da proibição á circulação entre concelhos no fim de semana dos finados, em que convenientemente o tribunal constitucional só veio esclarecer que se tratava de uma recomendação na 2a feira seguinte!
O estado actual do país não está para brincadeiras nem para devaneios, mas o governo não pode atropelar a constituição assim de qualquer maneira. De facto, e a par do sucedido no anterior estado de emergência, essa proibição teria de ser comunicada via DGRM e á partida abrangendo a prática do surf e bodyboard. Tal não aconteceu até á data, e porquê?

Boa tarde, o Governo numa perspectiva de levar isto a portuguesa, está neste momento a tentar um estado de emergencia soft, de modo a que se possa prejudicar o menos possivel a economia e a população em geral , vai daí instituiu o tal dever cívico de permanencia em domicilio em 121 concelhos , na esperança de atenuar a pandemia e ser suficiente para isto entrar nos eixos.

Como somos conhecidos ( portugueses) por eximios cumpridores de leis e regulamentos , constestamos a legalidade dos mesmos , e achamos que o "dever cívico" só se aplica aos outros e EU ( sempre EU ) tenho o direito a usufruir da minha actividade preferida ,....esquecendo que os outros (EUS) tem tanto direito como EU a usufruir das actividades que gostam também,.....( Pesca, ciclismo, tiro ao alvo, tiro aos pratos,caça, culinaria chinesa e afins, etc,etc )

Entretanto no país Real há mais 5550 infectados e mais 52 mortos,........sendo que se nada for feito a tendencia será piorar os numeros e não o inverso !!!

Mas se uma minoria legalista e defensora da constituição , quer um estado de emergencia HARD onde haverá muito mais castração de direitos , não tenham pressa ,.....ele estará a caminho para que todos NÓS não tenhamos duvidas que ficaremos impedidos de pescar e fazer outras actividades de que gostamos pelo máximo tempo possivel.

Para os que tenham dúvidas , estou tão chateado como o mais chateado dos pescadores nacionais , quem me dera amanhã ir estender as minhas linhas , usufruir de uma maresia mesmo com chuva,.....apanhar uma bela grade,..... que saudades, ai,ai,.......mas para mim dever civico de recolhimento é mesmo para ficar em casa , para que TODOS possamos usufruir da nossa actividade favorita no mais curto espaço de tempo possivel.

Falta assinalar que não tenho partido politico, nem simpatia por nenhum lider em particular embora agradeça o trabalho que em conjunto o PM e o PR tem feito pelo país , no meio de alguns erros vou para sempre agradecer a ambos o seu esforço para que tudo corra pelo melhor e bastará olhar aqui ao lado para nuestros hermanos para perceber que até agora não nos temos safado mal.

Um abraço a todos e recolham-se civicamente em casa,.......pelo bem de TODOS
Trindade , o gradeiro do Oeste
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: JVieira, Ernesto Lima, Ricardo Nunes

Offline carlosfishcarlos

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4314
  • Agradecido: 911 vezes
    • Povoa de santa iria
  • No Pesqueiro desde:
  • 17:20 Segunda, 30 de Outubro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #42 em: 17:47 Sexta, 06 de Novembro de 2020 »
 :aplau: :aplau: :aplau: :aplau: :aplau: :aplau: :aplau:
Não lhe dês peixe, ensina-o a pescar.
 

Offline gmarques

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 318
  • Agradecido: 104 vezes
    • Quinta do Conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 09:46 Quarta, 09 de Março de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #43 em: 17:49 Sexta, 06 de Novembro de 2020 »
Caro Trindade, compreendo a angustia que se sente quando se vê a evolução da pandemia por cá. É ainda mais angustinte, por sabermos que em grande medida é culpa do xico-esperismo português de alguns que não são assim tão poucos. O que também é angustiante é ser privado da liberdade quando desde março cumpro todas as recomendações da DGS, que inclusivé vou provavelmente ficar a arder com dinheiro de voos para a Madeira, viagem que era para termos feito em Julho mas adiei, porque não cancelaram o vôo. Ou seja, andamos os que cumprem, "a pagar multas de excesso de velocidade porque uns quantos andam na esgalha", quando deviam ter punido à séria os que abusaram. Neste momento angustiante é isso, porque desde maio, todo sabem bem p que é isto do covid, todos sabem o que há a fazer, mas nem todos querem fazer. São esses que estão mal, não somos nós que sempre cumprimos e mais uma vez corremos o risco de nos "cortarem as pernas". O tempo do "conhece-se muito pouco sobre o covid", ou "que fazer para travar isto?" já deveria ter acabado. Só continua na cabeça dos que acham que covid é conspiração ou nem existe. Como já afirmei por outras palavras, quem não cumpriu foi porque não quis cumprir, seja então punido. Porque a altura de andarmos todos a penar para dar o exemplo já deveria ter passado há muito.
"Existem três tipos de homens: os vivos, os mortos e os que andam no mar." Platão
 

Offline Afons0

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 1116
  • Agradecido: 86 vezes
  • Sou apenas um pequeno pescador no imenso mar ...
    • Oeste
  • No Pesqueiro desde:
  • 18:57 Terça, 24 de Dezembro de 2013
Re: Confinamento e Covid
« Responder #44 em: 18:11 Sexta, 06 de Novembro de 2020 »
O estado de emergência já foi aprovado... vamos ver quais as "novas regras"...

Acredito que nos 121 concelhos não se possa pescar... inclusive se houver o dever de recolhimento (à noite)... nos outros concelhos não existe nenhuma imposição legal (que eu saiba, ou até agora) que não permita a pesca! Claro está respeitando todas as regras impostas anteriormente!...

Afonso
 

Offline CABANE

  • Robalo
  • ***
  • Mensagens: 113
  • Agradecido: 5 vezes
    • Lumiar
  • No Pesqueiro desde:
  • 22:46 Sábado, 29 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #45 em: 23:17 Domingo, 08 de Novembro de 2020 »
Lá se foi a pesca. Agora só lá para Abril. Os surfistas têm autorização para fazer surf? Se puderem temos de nos mexer!!!
 

Offline carlosfishcarlos

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4314
  • Agradecido: 911 vezes
    • Povoa de santa iria
  • No Pesqueiro desde:
  • 17:20 Segunda, 30 de Outubro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #46 em: 07:04 Segunda, 09 de Novembro de 2020 »
Está alguma coisa escrita? Ainda não vi.
Não lhe dês peixe, ensina-o a pescar.
 

Offline Ricardo Nunes

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4813
  • Agradecido: 742 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:21 Quarta, 19 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #47 em: 07:52 Segunda, 09 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Lá se foi a pesca. Agora só lá para Abril. Os surfistas têm autorização para fazer surf? Se puderem temos de nos mexer!!!

Ainda nenhuma proibição em específico foi anunciada nem para a pesca, nem para o surf. Somente o icnf se pronunciou sobre pesca em águas interiores e caça.
O sem medida devolvido de hoje é o tarolo de amanhã
 

Online PMiranda

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 330
  • Agradecido: 152 vezes
    • Margem Sul - Setubal
  • No Pesqueiro desde:
  • 12:07 Quarta, 30 de Agosto de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #48 em: 11:25 Segunda, 09 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Lá se foi a pesca. Agora só lá para Abril. Os surfistas têm autorização para fazer surf? Se puderem temos de nos mexer!!!

Ainda nenhuma proibição em específico foi anunciada nem para a pesca, nem para o surf. Somente o icnf se pronunciou sobre pesca em águas interiores e caça.

Apesar de não existir  proibição específica para a pesca, pelo novo estado de emergência,  existe proibição nos 121 concelhos de alto risco de circulação na via pública entre as 23h00 e as 05h00 nos dias de semana e a partir das 13h00 aos sábados e domingos. A pesca de lazer não se enquadra em nenhuma das excepções previstas a esta proibição. O novo estado de emergência vigora até dia 23 de Novembro, podendo ser extendido caso o numero de casos continue a aumentar.

Fora destes horários, e apenas para os mesmos 121 concelhos, continua a vigorar a situação de calamidade com o dever cívico de recolhimento domiciliário! A situação de calamidade está prevista até dia 20 de Novembro, sendo que a lista de concelhos está prevista ser revista dia 12 de Novembro.

Agora cada um sabe de si ..... eu por mim já decidi que até ao final de Novembro não faço saidas de pesca!
« Última modificação: 11:27 Segunda, 09 de Novembro de 2020 por PMiranda »
 

Online PMiranda

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 330
  • Agradecido: 152 vezes
    • Margem Sul - Setubal
  • No Pesqueiro desde:
  • 12:07 Quarta, 30 de Agosto de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #49 em: 11:32 Segunda, 09 de Novembro de 2020 »
E para quem acha que só acontece aos outros e que ir com 1 ou 2 amigos à pesca não faz mal nenhum...eis um testemunho emotivo de um conhecido companheiro de lides de pesca!

Um abraço ao Ricardo, as melhores rápidas e um obrigado pela coragem de trazer o seu testemunho publicamente!

Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
 

Offline FilipePC

  • Honrar o passado, viver o presente, preparar o futuro...
  • Gestor do Pesqueiro
  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 8717
  • Agradecido: 780 vezes
    • Almada/Seixal
  • No Pesqueiro desde:
  • 23:46 Sábado, 21 de Dezembro de 2013
Re: Confinamento e Covid
« Responder #50 em: 12:10 Segunda, 09 de Novembro de 2020 »
Não existe até ao momento nenhuma proibição em águas marítimas.
Somente tem que se cumprir os horários de interdição. Nada mais.
Podem pescar sim. Para já, claro.
Homem Livre, gostaras sempre do mar...
 

Offline antoniopereira

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 6681
  • Agradecido: 680 vezes
  • O mar é vida! Conserva-o limpo
    • olivais -lisboa
  • No Pesqueiro desde:
  • 15:16 Sexta, 08 de Setembro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #51 em: 15:20 Segunda, 09 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Lá se foi a pesca. Agora só lá para Abril. Os surfistas têm autorização para fazer surf? Se puderem temos de nos mexer!!!
Nada disso . Só se tem de cumprir os horários estabelecidos pelo decreto mais nada. Conforme diz o Filipe .Até ver. Está nas nossas mãos o aliviar ou aumentar das restrições. Cada um tem de tomar consciência  que isto veio para ficar. O ficar mais ou menos tempo tudo depende  de cada um de nós.
 

Offline gmarques

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 318
  • Agradecido: 104 vezes
    • Quinta do Conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 09:46 Quarta, 09 de Março de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #52 em: 21:15 Segunda, 09 de Novembro de 2020 »
Existe uma lista de atividades autorizadas a justificar deslocações (artigo 28, estado de calamidade).

Fazendo uma analogia, se quiser proibir a circulação de carros a gasóleo não tenho que o fazer explicitamente. Basta dizer que apenas carros a gasolina podem circular. Ora, não estando a pesca incluída na lista de atividades autorizadas ...

O estado de emergência surge apenas para acrescentarem ao que já estava definido, certos aspetos como o recolher obrigatório.
« Última modificação: 21:20 Segunda, 09 de Novembro de 2020 por gmarques »
"Existem três tipos de homens: os vivos, os mortos e os que andam no mar." Platão
 

Offline carlosfishcarlos

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4314
  • Agradecido: 911 vezes
    • Povoa de santa iria
  • No Pesqueiro desde:
  • 17:20 Segunda, 30 de Outubro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #53 em: 21:46 Segunda, 09 de Novembro de 2020 »
Isso em democracia não existe, tem de estar legislado.
Não lhe dês peixe, ensina-o a pescar.
 

Offline gmarques

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 318
  • Agradecido: 104 vezes
    • Quinta do Conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 09:46 Quarta, 09 de Março de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #54 em: 22:00 Segunda, 09 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Isso em democracia não existe, tem de estar legislado.

Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre

Artigo 28, a que me referi. Eu não vejo grandes pontos onde possam surgir dúvidas... se aquelas são as atividades autorizadas, as que não constam, não são autorizadas. O único ponto que importa ali, é que a lista só se aplica nos 121 concelhos. Em todos os restantes não parecem existir restrições quanto ao motivo da deslocação.
"Existem três tipos de homens: os vivos, os mortos e os que andam no mar." Platão
 

Offline carlosfishcarlos

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4314
  • Agradecido: 911 vezes
    • Povoa de santa iria
  • No Pesqueiro desde:
  • 17:20 Segunda, 30 de Outubro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #55 em: 22:21 Segunda, 09 de Novembro de 2020 »
Desde que nas horas em que te podes deslocar, e sem transgredir com as regras do distanciamento, não vejo o porquê de se proibir
Não lhe dês peixe, ensina-o a pescar.
 

Offline carlosfishcarlos

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4314
  • Agradecido: 911 vezes
    • Povoa de santa iria
  • No Pesqueiro desde:
  • 17:20 Segunda, 30 de Outubro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #56 em: 22:33 Segunda, 09 de Novembro de 2020 »
Aqui está a prova.
"Deslocações de curta duração para efeitos de passeio dos animais de companhia e para alimentação de animais"

Quando vamos à pesca, não vamos alimentar animais??
Então podemos pescar  :) :) :)
Não lhe dês peixe, ensina-o a pescar.
 

Offline gmarques

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 318
  • Agradecido: 104 vezes
    • Quinta do Conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 09:46 Quarta, 09 de Março de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #57 em: 22:39 Segunda, 09 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Desde que nas horas em que te podes deslocar, e sem transgredir com as regras do distanciamento, não vejo o porquê de se proibir

Sim, eu pessoalmente não concordo com esta medida.

Concordei no primeiro estado de emergência, pois pouco ou nada se sabia sobre este vírus. E se a ciência e medicina pouco sabiam, nós no geral, ainda menos. E arriscar para descobrir poderia sair muito caro.

Hoje em dia, e depois de tudo o que temos passado desde março, as atividades de lazer têm uma importância cada vez maior.
Uma das orientações a nível global, não só da DGS, é manter distanciamento físico. Bem, a pesca insere-se perfeitamente nesse contexto. E desta vez nem vale a pena estar com razões como "nem todos cumprem, e se deixam o pessoal ir à pesca vão haver magotes". Já há bastante tempo que todos deveriam fazer por cumprir as orientações da DGS. Não cumprem, que sejam punidos. Uma coisa é abdicar de liberdades por causa do virus, outra é abdicar delas por causa de gente sem caráter, que não sabe o que é viver em sociedade.
Não há também nenhuma evidência que prove que uma deslocação num automóvel por si só, seja uma fonte de contágio. Tudo depende do que se faz quando se sai para o exterior deste, e no caso da pesca, é para fazer uma atividade que respeita todas as orientações existentes. Parar para meter combustível pode... cumpram-se as orientações. Afinal de contas, na cabeça de quem anda a definir regras, o grande problema são as reuniões familiares ao fim de semana, não a prática de atividades de lazer. 

Mas uma coisa é o que cada um de nós acha e outra é afinal o que diz a lei.
"Existem três tipos de homens: os vivos, os mortos e os que andam no mar." Platão
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Mané

Offline Mané

  • Robalo
  • ***
  • Mensagens: 135
  • Agradecido: 34 vezes
  • Paz
    • Junto ao mar
  • No Pesqueiro desde:
  • 13:18 Quarta, 26 de Setembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #58 em: 00:31 Terça, 10 de Novembro de 2020 »
 gmarques,

escreveste o que penso.

Agradeço.
Quando quero aprender tenho de ouvir.
 

Offline Sansoni7

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 294
  • Agradecido: 53 vezes
    • Porto
  • No Pesqueiro desde:
  • 13:23 Segunda, 06 de Agosto de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #59 em: 08:06 Terça, 10 de Novembro de 2020 »
Não há «gente» para tanta fiscalização!
Que bom seria se cada um fosse fiscal de si mesmo.

Nota: sei de um contágio que aconteceu numa viagem de automóvel do emprego para casa...pouco mais de 7-8 kms.
 

Offline gmarques

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 318
  • Agradecido: 104 vezes
    • Quinta do Conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 09:46 Quarta, 09 de Março de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #60 em: 08:15 Terça, 10 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não há «gente» para tanta fiscalização!
Que bom seria se cada um fosse fiscal de si mesmo.

Nota: sei de um contágio que aconteceu numa viagem de automóvel do emprego para casa...pouco mais de 7-8 kms.

Não foi certamente por a pessoa viajar sozinha ;)
"Existem três tipos de homens: os vivos, os mortos e os que andam no mar." Platão
 

Offline antoniopereira

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 6681
  • Agradecido: 680 vezes
  • O mar é vida! Conserva-o limpo
    • olivais -lisboa
  • No Pesqueiro desde:
  • 15:16 Sexta, 08 de Setembro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #61 em: 10:25 Terça, 10 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Aqui está a prova.
"Deslocações de curta duração para efeitos de passeio dos animais de companhia e para alimentação de animais"

Quando vamos à pesca, não vamos alimentar animais??
Então podemos pescar  :) :) :)
:LooooL2: :LooooL2: :LooooL2:
 

Offline antoniopereira

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 6681
  • Agradecido: 680 vezes
  • O mar é vida! Conserva-o limpo
    • olivais -lisboa
  • No Pesqueiro desde:
  • 15:16 Sexta, 08 de Setembro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #62 em: 10:26 Terça, 10 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não há «gente» para tanta fiscalização!
Que bom seria se cada um fosse fiscal de si mesmo.

Nota: sei de um contágio que aconteceu numa viagem de automóvel do emprego para casa...pouco mais de 7-8 kms.

Não foi certamente por a pessoa viajar sozinha ;)
Podes crer
 

Online PMiranda

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 330
  • Agradecido: 152 vezes
    • Margem Sul - Setubal
  • No Pesqueiro desde:
  • 12:07 Quarta, 30 de Agosto de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #63 em: 16:55 Sábado, 14 de Novembro de 2020 »
Aviso DGRM – Pesca Lúdica no atual estado de emergência

Aviso – Pesca Lúdica no atual estado de emergência

Informa-se que relativamente aos concelhos com risco elevado e onde vigoram as medidas mais restritivas, havendo um dever de permanecer no domicílio e, em determinados horários, proibição de circulação (recolher obrigatório), considera-se que a pesca lúdica não é permitida, porquanto:

1– Nos horários abrangidos pelo recolher obrigatório (das 23h às 5h dos dias úteis e das 3h às 5h de sábado e domingo), não é permitida a circulação nas vias públicas ou equiparadas, exceto para situações muito específicas, onde não se inclui a atividade desportiva, logo, não é permitida a pesca lúdica;
2– Nos demais horários, há um mero dever de permanência no domicílio, havendo apenas algumas deslocações especificas autorizadas;
3– De entre as deslocações autorizadas, identificam-se as deslocações para exercício de atividade profissional ou equiparada, sendo equiparadas a esta as deslocações dos praticantes desportivos federados;
4– Na medida em que a pesca lúdica não configura uma modalidade desportiva federada, nem está excecionada em nenhuma das outras alíneas, considera-se não ser permitida.

Relativamente aos demais concelhos do território continental, não abrangidos por estes regimes, considera-se não haver qualquer restrição à prática da pesca lúdica, desde que no respeito das regras gerais de prevenção e mitigação da COVID-19.

Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
 

Offline antoniopereira

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 6681
  • Agradecido: 680 vezes
  • O mar é vida! Conserva-o limpo
    • olivais -lisboa
  • No Pesqueiro desde:
  • 15:16 Sexta, 08 de Setembro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #64 em: 17:06 Sábado, 14 de Novembro de 2020 »
Boas. Acabei de ligar para a PM de Cascais e o agente de serviço disse que não se pode pescar dentro dos horários estabelecidos pela contingência. Ou seja nos dias de semana não se pode pescar entre as 23 e 5  da manhã . Aos fins de semana não se pode pescar entre as 23 e as 8. Ou seja podemos pescar entre as 5 e as 23 . Aos fins de semana entre as 8  e as 13
 

Offline Ricardo Nunes

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4813
  • Agradecido: 742 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:21 Quarta, 19 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #65 em: 17:35 Sábado, 14 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Boas. Acabei de ligar para a PM de Cascais e o agente de serviço disse que não se pode pescar dentro dos horários estabelecidos pela contingência. Ou seja nos dias de semana não se pode pescar entre as 23 e 5  da manhã . Aos fins de semana não se pode pescar entre as 23 e as 8. Ou seja podemos pescar entre as 5 e as 23 . Aos fins de semana entre as 8  e as 13

A DGRM entretanto emitiu o comunicado que nem nesses horários se pode pescar. É uma questão de tempo até a PM e as capitanias f dizerem o mesmo 😔
O sem medida devolvido de hoje é o tarolo de amanhã
 

Offline antoniopereira

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 6681
  • Agradecido: 680 vezes
  • O mar é vida! Conserva-o limpo
    • olivais -lisboa
  • No Pesqueiro desde:
  • 15:16 Sexta, 08 de Setembro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #66 em: 17:40 Sábado, 14 de Novembro de 2020 »
Na altura que falei com a Capitania de cascais disse que tinha saído um comunicado da DGRM e ele confirmou o que tinha dito. Só é proibido pescar dentro desses horários. Isto está um pouco confuso
 

Offline Ernesto Lima

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 1577
  • Agradecido: 745 vezes
    • Setúbal
    • A Minha Pesca
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:46 Quinta, 13 de Fevereiro de 2014
Re: Confinamento e Covid
« Responder #67 em: 18:18 Sábado, 14 de Novembro de 2020 »
Viva Pessoal

Até há poucas horas, antes da DGRM ter colocado o aviso, podíamos andar a tentar perceber; agora, depois do aviso, está tudo dito. Ou seja, mesmo não havendo, fora do recolher obrigatório, mais que o "mero dever" (as palavras não são minhas) de confinamento, a DGRM, no ponto 4 do aviso, já considerou que a pesca lúdica não é permitida nos concelhos considerados de alto risco de infecção.

Certamente todas as capitanias farão cumprir a lei, embora ainda não a tenham eventualmente digerido.

Posso estar enganado, mas não me parece.

Sobre a situação, apraz-me dizer que estamos todos a pagar pelos desmandos individuais de todos os que acham que "aquilo" só afecta velhos, esquecendo-se que também afecta a economia e esta afecta todos.
Também o poder tem culpas no cartório, tanto por não ter "vestido as cuecas" mais cedo, quanto por ter organizado e permitido organizar uma série de eventos, particulares e político partidários, que, por muito bem organizados que possam ter estado, passaram uma imagem irreal de até onde se poderia/deveria ir.

Não ir pescar é mau, mas ver o que estão a sofrer os profissionais de saúde, todos os que estão a ficar sem negócios, sem emprego, sem dinheiro para comer e ainda, depois de cumprir a minha parte, andar a sentir-me marioneta no meio de tudo isto, é francamente pior.

Cumprimentos

Ernesto
Quanto mais pesco... mais sinto necessidade de aprender sobre a pesca.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Trindade, JVieira, PMiranda, antoniopereira, Ricardo Nunes

Offline antoniopereira

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 6681
  • Agradecido: 680 vezes
  • O mar é vida! Conserva-o limpo
    • olivais -lisboa
  • No Pesqueiro desde:
  • 15:16 Sexta, 08 de Setembro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #68 em: 18:37 Sábado, 14 de Novembro de 2020 »
É isso mesmo. Os que sofrem mais são os que estão na linha da frente. Eu sei o que isso é. Não trabalho num hospital mas trabalho num posto de colheitas de amostras de produtos biológicos para análise e não sabemos quem está à nossa frente. Fazemos  simples inquérito  se elas estiveram em contacto com alguém e parece que têm medo de dizer.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Ernesto Lima

Offline Ernesto Lima

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 1577
  • Agradecido: 745 vezes
    • Setúbal
    • A Minha Pesca
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:46 Quinta, 13 de Fevereiro de 2014
Re: Confinamento e Covid
« Responder #69 em: 18:49 Sábado, 14 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Viva Pessoal

Até há poucas horas, antes da DGRM ter colocado o aviso, podíamos andar a tentar perceber; agora, depois do aviso, está tudo dito. Ou seja, mesmo não havendo, fora do recolher obrigatório, mais que o "mero dever" (as palavras não são minhas) de confinamento, a DGRM, no ponto 4 do aviso, já considerou que a pesca lúdica não é permitida nos concelhos considerados de alto risco de infecção.

Certamente todas as capitanias farão cumprir a lei, embora ainda não a tenham eventualmente digerido.

Posso estar enganado, mas não me parece.

Sobre a situação, apraz-me dizer que estamos todos a pagar pelos desmandos individuais de todos os que acham que "aquilo" só afecta velhos, esquecendo-se que também afecta a economia e esta afecta todos.
Também o poder tem culpas no cartório, tanto por não ter "vestido as cuecas" mais cedo, quanto por ter organizado e permitido organizar uma série de eventos, particulares e político partidários, que, por muito bem organizados que possam ter estado, passaram uma imagem irreal de até onde se poderia/deveria ir.

Não ir pescar é mau, mas ver o que estão a sofrer os profissionais de saúde, todos os que estão a ficar sem negócios, sem emprego, sem dinheiro para comer e ainda, depois de cumprir a minha parte, andar a sentir-me marioneta no meio de tudo isto, é francamente pior.

Cumprimentos

Ernesto

Mas ainda há mais..., esqueci-me desta parte na postagem anterior e já não fui a tempo de acrescentar. Ora tomem nota: que nenhum de nós tenha o azar de ter um acidente, doença, ou necessidade, extra "àquilo", de ir a um hospital, pois neste momento podem ter a certeza que dificilmente seremos atendidos com a qualidade mínima necessária, com a urgência máxima necessária, ou até se o seremos a tempo de evitar males maiores. Isto já para não falarmos nas altas hipóteses de entramos sem "aquilo" e sairmos com.

Cumprimentos

Ernesto
Quanto mais pesco... mais sinto necessidade de aprender sobre a pesca.
 

Offline CABANE

  • Robalo
  • ***
  • Mensagens: 113
  • Agradecido: 5 vezes
    • Lumiar
  • No Pesqueiro desde:
  • 22:46 Sábado, 29 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #70 em: 18:02 Domingo, 15 de Novembro de 2020 »
Hoje, como foi visto por todos os portugueses,  várias praias etavam cheias. O areal de Carcavelos estava cheio, e com muitos surfistasnwue ficaram até bme depois das 13.00. Às 15.30 ainda havia vários na água...
E eu não posso ir pescar sozinho ou com um amigo que fique a a 10 ou 15 m????
 

Offline ze carlos

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 2382
  • Agradecido: 220 vezes
    • Amadora
  • No Pesqueiro desde:
  • 00:35 Terça, 27 de Setembro de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #71 em: 18:28 Domingo, 15 de Novembro de 2020 »
será que tambem vão devolver o dinheiro da licença na devida percentagem, ou um prolongamento da licença para compensação???
Abraço
 

Offline Pauloreis

  • Robalo
  • ***
  • Mensagens: 193
  • Agradecido: 25 vezes
    • Assafora
  • No Pesqueiro desde:
  • 17:07 Domingo, 03 de Dezembro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #72 em: 21:18 Domingo, 15 de Novembro de 2020 »
Alguem escreveu isto e enviou a DGRM e nao me parece de todo um leigo na matéria, pelo que entendi essa entidade nao pode desregular o que esta no RCM. Deixo aqui o que foi enviado para a DGRM

Exmº. Senhor Director Geral dos Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos.
Exmº. Senhor.
Li na página do fcb da DGRM uma informação dirigida à comunidade dos pescadores lúdicos,  que me parece, tão-só, não pretender ser mais do que um parecer resultante da interpretação que os seus serviços fazem do articulado da Resolução do Conselho de Ministros 92-A/2020.
Com todo o respeito, por me parecer que esta vossa posição confunde a comunidade, cuja maioria dos praticantes não distingue um mero parecer de uma directiva vinculativa, sugiro que no mesmo local e de forma expressa, clarifiquem isso mesmo: que se trata de um mero parecer!
De resto, esse parecer, e novamente com todo o respeito, está ferido de procedência, pois os pescadores lúdicos não estão abrangidos pelas imposições de confinamento obrigatório, que resultam, expressamente, das alíneas a) e b) do nº. 1 do artº 2º. (ANEXO). Com efeito...
Confinamento obrigatório
1 – Ficam em confinamento obrigatório, em estabelecimento de saúde, no respectivo domicílio ou noutro local definido pelas autoridades de saúde:
a)   Os doentes com COVID-19 e os infectados com SARS-CoV-2;
b)   Os cidadãos relativamente a quem a autoridade de saúde ou outros profissionais de saúde tenham determinado a vigilância activa.
Os pescadores lúdicos, fora do âmbito da aplicação deste confinamento obrigatório, caiem no âmbito da aplicação do dever cívico de recolhimento domiciliário que, como é consabido e expresso no respectivo diploma legal, recomenda aos cidadãos a abstenção de circularem em espaços e vias públicas, não os sujeitando à imperatividade! As excepções autorizadas libertam os cidadãos desse dever cívico de confinamento, não significando que todas as outras deslocações estejam proibidas – não!    Todas as restantes deslocações podem efectuar-se, embora sujeitas ao arbítrio desse dever cívico mas escudadas da imperatividade! De resto, por se tratar de uma mera recomendação, a deslocação para a sua prática não é susceptível de fiscalização e não incorre em contra-ordenação.
Assim sendo, apenas os pescadores lúdicos infectados com COVID-19, SARS-CoV-2 ou sujeitos a vigilância activa, estão sob confinamento obrigatório e, por isso mesmo, proibidos de praticarem a pesca lúdica - todos os outros podem fazê-lo, desde que o façam fora dos períodos consagrados ao recolher obrigatório!
A DGRM não pode ler o que não está escrito no diploma mas deve fazer uma interpretação que compagine a coerência legislativa no seu todo. «Atendendo à evolução da situação epidemiológica, o Presidente da República procedeu à declaração do estado de emergência, com um âmbito muito limitado, de forma proporcional e adequada...» lê-se no preâmbulo do decreto 8/2020 de 8 de Novembro de 2020. Proibir linearmente a actividade lúdica de pescar, uma actividade muitas vezes solitária num espaço aberto como é o mar ou o rio, não faria qualquer sentido na actual formatação do estado de emergência e de calamidade em que vivemos; não sabemos como vai evoluir mas, para já, não se descortina no texto legal em vigor a vontade de proibir uma actividade como é a pesca lúdica, permitindo a sua prática em obediência às medidas de distanciamento e concentração a que já está sujeita.
Com base neste entendimento, enquanto pescador lúdico não me sinto vinculado pelo parecer dos vossos serviços, continuando a exercer a prática da actividade em conformidade com o bom senso que deve alimentar os pressupostos de um dever cívico de confinamento, e abster-me da sua prática se: em consciência aceitar que ela, em determinado contexto, pode constituir um factor de risco acrescido, ou se a futura produção legislativa tornar imperativa a sua prática. Deste meu entendimento darei conhecimento à comunidade!
Aceite os meus melhores cumprimentos.
José Oliveira de Sousa
Licença nº. 01063512020
Spinning:
Daiwa Saltist AGSII 1062XHFS  Seabass edition
Daiwa BG 1002HXHFS Seabass edition
Shimano Sustain C5000XG

Boia/Chumbadinha:
Vega Warrior P-600
Vega Sorento 6mt
 

Offline carlosfishcarlos

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4314
  • Agradecido: 911 vezes
    • Povoa de santa iria
  • No Pesqueiro desde:
  • 17:20 Segunda, 30 de Outubro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #73 em: 21:21 Domingo, 15 de Novembro de 2020 »
 :aplau: :aplau: :aplau: :aplau: :aplau:
Não lhe dês peixe, ensina-o a pescar.
 

Offline Ricardo Nunes

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4813
  • Agradecido: 742 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:21 Quarta, 19 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #74 em: 22:27 Domingo, 15 de Novembro de 2020 »
E não ficou por aí Paulo
O sem medida devolvido de hoje é o tarolo de amanhã
 

Offline Trindade

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 772
  • Agradecido: 133 vezes
  • A Gradar ( ás vezes ) desde 1980
    • Loures
  • No Pesqueiro desde:
  • 23:04 Quarta, 25 de Dezembro de 2013
Re: Confinamento e Covid
« Responder #75 em: 22:57 Domingo, 15 de Novembro de 2020 »
Cada vez mais me convenço que as aulas de cidadania nas escolas deviam ser obrigatórias há muitos anos......

Estes tecnicos juridico tacticos precisam claramente de fazer voluntariado num hospital qualquer para perceber finalmente a situação trágica onde nos encontramos.
A situação actual de mais de 6000 casos diários com hospitais em ruptura e centenas de mortes díarias não se coadunam com estas birras juridicas.

Aqui não se trata do dever cívico de levantar para deixar sentar uma velhota no autocarrro , nem tão pouco ir votar e escolher o politico menos mau numas eleições,.....trata-se de SALVAR O SNS e tentar garantir que morrem o menor numero de concidadãos , além de tentar garantir um mínimo de atendimento se tivermos o azar de precisar.

Cambada de egoistas , respeitem e lutem pela conquista mais importante da nossa democracia , o nosso SNS , respeitem os profissionais de saúde esgotados dos nossos hospitais , os quais arriscam a vida diariamente com o sacrificio das suas familias.

Metam os vossos pareceres e entendimentos onde o sol não alcança , por uma vez na vida sejam uteis a sociedade e acatem um comportamento responsavel para bem de TODOS !!!!!


A estupidez e egoismo de certos artistas é bem capaz de originar norma imperativa proibindo a pesca ludica em todo o pais, retirando assim aos concelhos seguros a benesse de ainda poderem pescar ,.......o PM deu há bem pouco tempo o exemplo que como se procede quando se levantam dúvidas "estéreis" para lançar a confusão .....

DEPOIS QUEIXEM-SE,......e digam que não sabiam !!!!!
« Última modificação: 23:06 Domingo, 15 de Novembro de 2020 por Trindade, Motivo: mais informação »
Trindade , o gradeiro do Oeste
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: JVieira

Offline carlosfishcarlos

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4314
  • Agradecido: 911 vezes
    • Povoa de santa iria
  • No Pesqueiro desde:
  • 17:20 Segunda, 30 de Outubro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #76 em: 23:12 Domingo, 15 de Novembro de 2020 »
A minha parte faço, é bem feita companheiro, se todos assim o fosse sem estaríamos muito melhor.
Agora não é uma pandemia nem dez nem cem, que me vão tirar o direito à indignação. quando vejo injustiças e dois pesos e duas medidas para situações ridiculamente idênticas, é de bradar aos céus o desnorte dos nossos queridos governantes. Quanto ao SNS, no que posso ajudar ajudo, não seria a primeira vez e não será concerteza a última, é um dos pilares do país em que sempre depositei total confiança. Aos seus profissionais tiro o chapéu.
Agora o meu direito à indignação não admito a ninguém que mo tire, é meu por direito.
Não lhe dês peixe, ensina-o a pescar.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Mané

Offline Mané

  • Robalo
  • ***
  • Mensagens: 135
  • Agradecido: 34 vezes
  • Paz
    • Junto ao mar
  • No Pesqueiro desde:
  • 13:18 Quarta, 26 de Setembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #77 em: 00:25 Segunda, 16 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Cada vez mais me convenço que as aulas de cidadania nas escolas deviam ser obrigatórias há muitos anos......

A cidadania é ensinada nas nossas escolas, alguns encarregados de educação é que não estão disponíveis.

Assim sendo, vamos continuar a informar. Aqui este Fórum é um modelo.

Eu sou o Mané e não pesco nada.
Quando quero aprender tenho de ouvir.
 

Offline gmarques

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 318
  • Agradecido: 104 vezes
    • Quinta do Conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 09:46 Quarta, 09 de Março de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #78 em: 03:10 Segunda, 16 de Novembro de 2020 »
O texto é grande mas aqui vai....

Nem tudo a terra nem tudo ao mar... fossem todas as pessoas minimamente razoáveis e o covid não era mais do que outro mal com que tínhamos que lidar da mesma forma com que lidamos com todos os outros males.

Apareceu por cá no inicio de março, mas já tinha andado pela China. Enquanto por lá andou, foi "coisa dos chineses", eles são muitos e por isso não faria mal se desaparecessem uns milhares, era o que lia e ouvia. Para muitos a atenção dada ao vírus, não seria mais do que desviar as atenções dos portugueses do que o governo fazia na altura. Politizaram o assunto e esqueceram-se que hoje em dia, alguém apanha um avião na China e em menos de 24h se põe no outro lado do planeta e nesta altura já se sabia ou tinha uma boa ideia do quão rapidamente se propagava este vírus.

Mas lá chegou como já seria de esperar, e na minha opinião o governo tomou quanto a mim a melhor decisão que já teve no contexto da pandemia.
Fechou escolas, declarou estado de emergência, sem grandes demoras.
Claro que isto trouxe consequências a outros níveis como na economia. Mas não podia ser de outro modo.
A politização do assunto foi sendo cada vez maior, e muitos aproveitaram tudo isto para fazer "campanha politica", o que considero dos maiores cinismos numa altura como esta. Nas redes sociais, que quer se queira quer não, tolda a opinião de muita gente, li das coisas mais ridículas, egoístas, que alguma vez li ou ouvi.
Muitos confundem a expressão "ser critico" com "ser do contra sem qualquer argumento a servir de base" e por isso nunca pararam de surgir teorias da conspiração baseadas em fake news, comparações entre covid e gripe por parte de quem nada sabe sobre medicina, enfim, um chorrilho de teorias da treta por parte de quem não se preocupa minimamente em verificar a veracidade de uma noticia ou o que seja.
Desde que contenha o que vai de encontro à sua opinião é considerado verdade. Veja-se por exemplo que quem achar que a Terra é plana, pode muito bem encontrar na internet quem também ache o mesmo.

Entretanto, entramos no verão. Felizmente não tivemos a enchente de "cámones" habitual, os portugueses distribuíram-se mais pelo país e este ano muitos ficaram a conhecer melhor a zona interior. Os restaurantes e não só, tinham regras que na generalidade eram cumpridas. Lembro-me muito bem da seca que apanhei para fazer compras no Intermarche
de Aljezur por só permitirem 67 clientes (se a memória não me falha) em simultâneo, e de chegar ao Lidl da Vila do Bispo e voltar para trás, devido à fila que havia na entrada. Mas eram férias e nada como aproveitar, e como não sou de extremismos, mudei a maneira de fazer as coisas mas não as deixei de fazer.
A esta altura já tinha cancelado uma viagem em família à Madeira mas sabendo dos riscos optamos por não ir, mas não deixei de gozar as férias, simplesmente gozei-as de forma diferente  do planeado, o que não implicava contudo ficar trancado em casa.
Foi um período de adaptação para muitos, para outros foi apenas mais um período para "cozinhar" teorias da conspiração.
Era um período relativamente calmo com poucas novas infeções por dia e um número diário de mortos dentro do que se pode chamar razoável.
Claro que em algumas "cabecinhas", os números baixos eram apenas porque as medidas eram agora mais brandas e não porque o estado de emergência tinha contido a propagação do vírus.
Pessoalmente, nesta altura preocupava-me o pós verão, com o finalizar das férias, a reabertura das escolas e tudo o mais.

Entretanto tinha sido também tornado obrigatório o uso de máscara nos transportes públicos e noutros locais, embora apenas nos transportes o ignorar da regra pudesse levar ao pagamento de coima. Há algum tempo também foi também tornado obrigatório o seu uso em espaço publico desde que não se consiga manter distanciamento físico. Claro que isto deu logo origem a protestos. Digamos que, a politica é um "jogo sujo".
Metem-se as liberdades individuais à frente de tudo o que nos rodeia, ignorando que vivemos em sociedade. E para influenciar mais meia dúzia de "tansos" que se deixem enganar, oculta-se o "sempre que não se consiga manter distanciamento físico" ficando apenas o "uso de máscara obrigatório na rua" pois torna o mote do protesto mais forte. Convém também continuar a afirmar que não existem evidências que o uso da máscara é benéfico, quando o assunto está mais que estudado, e os benefícios do seu uso mais que evidenciados. Já na gripe espanhola o seu uso foi obrigatório, e  isto remonta à 100 anos atrás. Mas ao que parece, o que está na moda é ser do contra.
A máscara não é uma cura, é um método de prevenção. Uma vacina não impede... previne, o capacete não impede... previne, um colete salva-vidas não impede...previne. E homem prevenido vale por dois.
Nada é 100% eficaz.
Os transportes públicos sempre hão-de ser um dos pontos onde pegar. Mas convém não nos distrairmos dos factos...
Temos uma grande quantidade de concelhos em situação critica em que a rede de transportes mais parece não existir. Basta passar 1 dia apenas a contar quantos autocarros passam e quantas pessoas viajam. Em muitos deles não existem sequer comboios ou metropolitano. Nos centros urbanos em que vemos aquelas imagens de transportes repletos de gente, a verdade é que não estão assim tão mais críticos do que outras zonas do país. Poderá ser a máscara a fazer o que lhe compete?
Na minha opinião sim.

A meu ver, muito do que leva ao aumento dos números tem sido o desrespeito pelo distanciamento físico à descarada.
Festas e festinhas como mais uma na última madrugada no Monte da Caparica, com cerca de 30 pessoas. A típica imagem de fim de dia espalhada por este Portugal fora, com autênticos amontoados de gente a beber uma "jolas" e de máscara a segurar o queixo. Há mais, mas não tenho tempo para aqui colocar tudo.
Porque é que isto não é falado? Porque simplesmente não serve os propósitos políticos de ninguém. É algo que a não existir resolveria muita coisa mas que não dá vantagem politica a ninguém.
E quer se queira quer não, o que neste momento é dramático para muita gente, quer doentes, familiares e amigos de doentes, profissionais de saúde, para muitos é uma grande oportunidade politica a não desperdiçar, e por isso convinha que as pessoas tivessem bem informadas para tomar as melhores decisões no contexto da pandemia.
Da parte dos políticos viram alguma reação quanto ao facto de numa altura destas em que temos os números que temos, as medidas que temos, a praia de Carcavelos ter enchido de gente na última manhã? Alguma mensagem tipo "epah ponham a mão na consciência, porque não podem só alguns andar a respeitar"? Para muitos, não fará mal a ida das pessoas à praia, e para outros mais, muito menos fará o facto de estarem a violar uma medida, ainda que temporária, e que muitos estão a respeitar. Respeito pelos outros, ainda mais tantos milhões que não se conhecem de lado nenhum, é coisa que não há.
Não, isso não dá votos a ninguém. E por isso quem achar que o que faz está a contribuir para melhorar a situação ou pelo menos para o não piorar da mesma, não espere apoio de ninguém a não ser de um ou outro amigo que faça o mesmo, não vão ser distribuídos diplomas de mérito a ninguém no fim disto tudo, não há medalhas nem bónus. O que haverá são consciências tranquilas de que fizeram tudo ao seu alcance para que a situação melhorasse.

Voltando aos entretantos, e como a comparação "gripe vs covid" já não dava moedinhas, passou-se ao "doenças cardiovasculares vs covid", ou seja, como comparar a covid-19 com outra doença similar não resultou muito bem, passou-se a comparar uma doença respiratória provocada por um virús que se propaga tão rápida e facilmente, com um grupo que engloba umas quantas doenças que não são sequer contagiosas. Não há muito a fazer, quem é do contra sempre será do contra. Todos sabemos como as doenças cardiovasculares são das doenças que mais matam em Portugal, mas não são elas que neste momento fazem o sistema nacional de saúde correr o risco de ruir.
Tudo isto são jogadas politicas, uma autentica hipocrisia a atribuir quase que uma pontuação à morte de cada um. Já tinham visto tamanha preocupação com as doenças cardiovasculares como agora? Mas antes já morria muita gente desta causa.
"Ah mas há as mortes em excesso." Sim é verdade, segundo o INE e em relação aos anos anteriores existem alguns milhares de mortes a mais no "período covid". Só que quem usa este argumento, não o expõe de modo a nós comuns mortais a percebermos bem o que isto significa. É que nesse número estão também as mortes de covid (e a questão "de covid ou com covid?" nunca a vi fazer em relação à gripe). Mas quando falam desse número é como se fosse o extra covid. Ninguém refere que entre 2 de março e 1 de novembro, dos 8686 mortos acima da média dos últimos 5 anos, praticamente um terço são mortos por covid, sendo que os restantes podem ser mortos desde atropelamento a vitimas das doenças cardiovasculares. Um terço apenas atribuído a apenas uma causa no meio de tantas outras causas é um valor muito elevado. Elevado demais. Outra ideia que passam, porque politicamente dá muito jeito é que todo o excesso de mortes de outras causas, é fruto
da atenção dada à covid. Já alguém viu uma análise dos números que prove tal? Eu não. E vaai ainda demorar algum tempo até que haja algo que não deixe dúvidas.

Vi muitas comparações entre países como que a medir a eficácia entre tomar medidas e não tomar, os seus efeitos na economia, e nunca vi tanta asneira junta.
E em grande parte, derivada de fake news, desconhecimento acerca de como aís faz as contabilizações de infeções e mortes, até um gráfico a mostrar a Suécia com uma barrinha minúscula a representar as mortes por milhão em relação a países como Portugal, quando a Suécia tem a mesma população que nós e tinha na altura o triplo dos mortos que havia em Portugal. Onde chegam as tentativas de manipulação de opiniões, minha nossa. Para não falar de partilhas em novembro, de noticias de setembro sobre a Suécia, e que quem não está com atenção digere aquilo tão bem como quem come uma bela mousse de chocolate.
E mentalizem-se de uma coisa, todos os países impuseram medidas, até a tão falada Suécia que comparada com os seus países vizinhos se poderia designar por "bela desgraça", até os Estados Unidos e o Brasil. Uma coisa é o que o Trump dizia, outra é o que cada estado fazia. Veja-se o exemplo de Nova Iorque, infelizmente com medidas sempre tardias derivado a tanto atrito politico. Veja-se o Brasil que chegou ao cúmulo de ver o ministro da saúde despedido por não concordar com o presidente.
E por último, se conhecerem alguém na Suécia, perguntem como está a economia deles, pois por cá muita gente acha que está tudo muito bem por lá, mas não é o que li por parte de quem é sueco.

E chegamos ao ponto a que chegamos, quando desde maio já se falava que iria chegar uma segunda vaga, e este "chegar" acho ser mal empregue.
O virus está cá, se aumenta ao ponto de se considerar uma nova vaga, é porque houve excesso de "deixa andar" e não porque é sazonal como a gripe.
Cerca de 6000 novas infeções todos os dias e várias dezenas de mortos... era só uma gripezinha não era!

E mais uma vez sabem o que vai acontecer? Vão ser as pessoas que têm cumprido as orientações da DGS e as medidas impostas, que vão compensar todas as asneiras que se veem por este país.
Da minha parte, alguma pesca a menos, mas uma consciência mais tranquila, embora não concorde com muita coisa. 
"Existem três tipos de homens: os vivos, os mortos e os que andam no mar." Platão
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Mané

Offline Pauloreis

  • Robalo
  • ***
  • Mensagens: 193
  • Agradecido: 25 vezes
    • Assafora
  • No Pesqueiro desde:
  • 17:07 Domingo, 03 de Dezembro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #79 em: 07:46 Segunda, 16 de Novembro de 2020 »
Todos falam dos hospitais e isto e aquilo e que esta a rebentar pelas costuras e concordo plenamente que isto esta uma desgraça mas estamos a falar de uma activade ao ar livre, saudavel e que sempre nos alivia a cabeça. Tenho preocupações acrescidas porque todos sao de risco ca em casa exceptuando a minha esposa e tenho uma crianca e tomo todos os cuidados e mais alguns no que diz respeito a isto. Isto as opinioes sao muitas vezes ou quase sempre companheiros como os cus e cada um tem a sua e o seu e temos de respeitar. Eu no meio disto tudo se calhar ainda me preocupo mais com os coitados que em problemas graves de saude e estao no nosso pais a espera 1 ano por uma consulta de cardiologia ou nao terem o tratamento devido nesta altura devido a esta pandemia
Spinning:
Daiwa Saltist AGSII 1062XHFS  Seabass edition
Daiwa BG 1002HXHFS Seabass edition
Shimano Sustain C5000XG

Boia/Chumbadinha:
Vega Warrior P-600
Vega Sorento 6mt
 

Offline Ricardo Nunes

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4813
  • Agradecido: 742 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:21 Quarta, 19 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #80 em: 09:35 Segunda, 16 de Novembro de 2020 »
@gmarques em tudo concordo contigo, excepto nessa indignação aparentemente direcionada a quem ainda defende que se deve poder pescar. Todos temos as nossas opiniões e nem sempre concordamos uns com os outros, mas a minha indignação perante medidas injustas e mal tomadas ninguém me tira. Muito menos com possíveis atropelos á lei e de entidades que em vez de transmitir as indicações do governo, fazem uma interpretação á sua maneira e dirigida. No primeiro estado de emergência foram expressamente proibidas todas as actividades aquáticas e acesso aos areais pelo governo, e depois transmitido via DGRM em forma de comunicado. Desta vez não. Houve aqui algo direcionado e fruto de mera interpretação com base em tanto telefonema e e-mails de questões que não levantavam dúvidas.

O primeiro confinamento resolveu efectivamente alguma coisa, deu para abrandar o inevitável, já que com tanto exemplo do que aí vinha as coisas podiam ter sido preparadas e feitas de outra forma. Mas a culpa não é do primeiro ministro. Não é só das pessoas. É também da DGS que além de falhas críticas na comunicação, anda ao desnorte nas decisões.

Desde o dia 1 que faço parte da frente de combate. Vejo e ouço coisas de bradar aos céus, e muito honestamente ainda não percebo como não fui ainda infectado! O sns está em ruptura não só pelo aumento de casos covid, mas porque, e como a ministra da saúde admitiu publicamente (e aí tenho de lhe tirar o chapéu pela coragem que demonstrou) todas as outras doenças não são prioridade enquanto não dominarem a pandemia. A falta de acompanhamento e tratamento está a deixar os doentes mais vulneráveis e com maior necessidade de aumento de hospitalização. Para teres uma ideia, mas há um hospital que paga 75e a cada auxiliar que arranje outro para ir para lá trabalhar. No caso dos enfermeiros passa a 150e. Não há recursos humanos, e os que há estão esgotados. Um turno com aquele equipamento rebenta uma pessoa. Se a isso juntarmos os casos covid temos a receita perfeita para o caos na saúde. Com as medidas deste confinamento que pouco ou nada vai resolver, é a tempestade perfeita para um caos social em que vais ter muito em breve mais gente a morrer de fome e de depressão que outra coisa qualquer.

Mencionaste e bem aquele descalabro em Carcavelos. Mas e então a manif no terreiro do paço após o horário de recolher obrigatório? Eu entendo perfeitamente que aquelas pessoas estão em desespero, mas isso não lhes dá o direito de infringir daquela maneira. Queriam manifestar-se? Tudo bem. Entre as 05h e as 13h. Naquela hora era de as autoridades correrem tudo a multa.

A Graça Freitas até pode ser o supra sumo do assunto e ter toda a legitimidade para o cargo, mas em termos de comunicação e decisões deixa muito, mas muito a desejar. Isso acaba por ter efeito no comportamento das pessoas.

Desde hospitais que põem doentes infectados em transporte com outros "normais" a pessoas que estão infectadas e não o dizem, há de tudo. Tenho direito a uma máscara cirúrgica por turno de 8h (ou mais), não tenho desinfectante para as mãos e muitas vezes nem sei ao que vou simplesmente porque as pessoas não falam! Levamos pessoas a casa e no dia a seguir há um telefonema do hospital que o doente X que ontem fomos levar a casa afinal está positivo. É nestas condições que ando a trabalhar.
Quando vou a pesca não paro para abastecer, levo máscara e desinfectante comigo. Optei por parar por enquanto com o surfcasting para não ir comprar isco. Vale esse benefício do Spinning. Tive de deixar as pescas combinadas com os amigos. Eventualmente uma jornada ou outra com um amigo que vá lá ter para spinnar com a devida distância que a modalidade assim o exige. Como vês, pesco com mais segurança do que aquela com que trabalho. Não vou pedir desculpa por defender a minha opinião de que não há fundamento para proibir a pesca lúdica, ainda para mais quando não é uma proibição efectiva do governo á semelhança do anterior estado de emergência, mas antes uma atitude da DGRM que entendeu fazer aquilo que os pescadores têm sido acusados: interpretar a lei ao jeito que mais lhe convém. A malta tem ligado para lá, então decidiram bloquear. Os surfistas e demais como não estão nem aí para isso, passaram em branco. Todos temos de cumprir, inclusive as autoridades. Não podem atropelar a lei porque assim o entendem.
O sem medida devolvido de hoje é o tarolo de amanhã
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: maximus11, Mané

Offline gmarques

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 318
  • Agradecido: 104 vezes
    • Quinta do Conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 09:46 Quarta, 09 de Março de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #81 em: 10:02 Segunda, 16 de Novembro de 2020 »
Ricardo Nunes, eu não estou indignado com quem defende que se deve poder pescar. Aliás já referi anteriormente que não concordo com certas medidas. Até o justifiquei, não sei se neste tópico ou noutro sobre o tema, o porquê de não concordar com não colocarem a pesca nas actividades autorizadas. Mas como sempre disse, uma coisa é respeitar ou não uma medida, outra é concordarmos ou não com ela. E do meu ponto de vista a pior forma de recuperarmos o direito à pratica da nossa acrividade será furar a lei.
"Existem três tipos de homens: os vivos, os mortos e os que andam no mar." Platão
 

Offline Ricardo Nunes

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4813
  • Agradecido: 742 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:21 Quarta, 19 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #82 em: 10:27 Segunda, 16 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Ricardo Nunes, eu não estou indignado com quem defende que se deve poder pescar. Aliás já referi anteriormente que não concordo com certas medidas. Até o justifiquei, não sei se neste tópico ou noutro sobre o tema, o porquê de não concordar com não colocarem a pesca nas actividades autorizadas. Mas como sempre disse, uma coisa é respeitar ou não uma medida, outra é concordarmos ou não com ela. E do meu ponto de vista a pior forma de recuperarmos o direito à pratica da nossa acrividade será furar a lei.

Desde já as minhas desculpas se te interpretei mal.

Eu não digo para furarmos a lei. Digo é que com base nas diferenças entre os comunicados de ambos os estados de emergência, á falta de algo explícito por parte do governo como foi anteriormente e com essa opinião muito bem fundamente desse jurista, a DGRM entendeu sobrepor-se á lei, e sendo assim esse comunicado deve ser visto como uma recomendação e não uma proibição. Tanto que as capitanias e PM têm dito o mesmo: fora do horário de recolher obrigatório pode-se pescar
O sem medida devolvido de hoje é o tarolo de amanhã
 

Offline gmarques

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 318
  • Agradecido: 104 vezes
    • Quinta do Conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 09:46 Quarta, 09 de Março de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #83 em: 10:44 Segunda, 16 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Ricardo Nunes, eu não estou indignado com quem defende que se deve poder pescar. Aliás já referi anteriormente que não concordo com certas medidas. Até o justifiquei, não sei se neste tópico ou noutro sobre o tema, o porquê de não concordar com não colocarem a pesca nas actividades autorizadas. Mas como sempre disse, uma coisa é respeitar ou não uma medida, outra é concordarmos ou não com ela. E do meu ponto de vista a pior forma de recuperarmos o direito à pratica da nossa acrividade será furar a lei.

Desde já as minhas desculpas se te interpretei mal.

Eu não digo para furarmos a lei. Digo é que com base nas diferenças entre os comunicados de ambos os estados de emergência, á falta de algo explícito por parte do governo como foi anteriormente e com essa opinião muito bem fundamente desse jurista, a DGRM entendeu sobrepor-se á lei, e sendo assim esse comunicado deve ser visto como uma recomendação e não uma proibição. Tanto que as capitanias e PM têm dito o mesmo: fora do horário de recolher obrigatório pode-se pescar

Eu entendo o teu ponto de vista. Apenas estamos a pensar em abordagens diferentes para o mesmo fim. Repara que toda esta confusão do "afinal pode-se ou não pescar?" surgiu não com o estado de emergência e o recolher obrigatório mas com o estado de calamidade que apenas permitia a circulação para actividades autorizadas. E dessas actividades não consta a pesca lúdica não federada. Não consta a pesca nem outras actividades ao ar livre praticadas a nivel individual e em que o distancciamento fisico está bem patente. Ou seja, foi tudo a eito. Por tudo isto, acho que a forma mais eficaz de trazer de novo a actividade seria "bater" neste ponto ao invés de interpretações da lei. A pesca é uma actividade ao ar livre, a nivel individual e promotora do distanciamento fisico. Não há qualquer evidência que.prove o contrário, por parte quer da DGS quer de outra organização qualquer.
"Existem três tipos de homens: os vivos, os mortos e os que andam no mar." Platão
 

Offline Ricardo Nunes

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4813
  • Agradecido: 742 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:21 Quarta, 19 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #84 em: 11:00 Segunda, 16 de Novembro de 2020 »
A confusão com o estado de calamidade foi precisamente nas palavras. Um dever cívico não é mais do que uma recomendação, não há poder legal para impor efectivamente, e o governo tinha plena noção disso. Tanto que não impôs, recomendou (ainda que com um brilhante jogo de palavras). Sucedeu o mesmo com a circulação entre concelhos. Não era mais que uma recomendação, dito pelo TC ainda que tenha sido só após o fim de semana.
O estado de calamidade não dá ao estado poder de privar os cidadãos de liberdades e direitos e foi daí que veio novamente o estado de emergência, e até o próprio primeiro ministro o admitiu 🙂 no entanto em momento algum ele falou em caça, pesca, actividades na água, etc... DGRM e ICNF é que decidiram fazer interpretações
O sem medida devolvido de hoje é o tarolo de amanhã
 

Offline odi

  • Boga
  • *
  • Mensagens: 2
    • albufeira
  • No Pesqueiro desde:
  • 22:41 Sexta, 13 de Novembro de 2020
Re: Confinamento e Covid
« Responder #85 em: 11:07 Segunda, 16 de Novembro de 2020 »
bom dia, respondido por um agente da capitania ontem foi que nao se pode pescar
 

Offline ze carlos

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 2382
  • Agradecido: 220 vezes
    • Amadora
  • No Pesqueiro desde:
  • 00:35 Terça, 27 de Setembro de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #86 em: 11:17 Segunda, 16 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Ricardo Nunes, eu não estou indignado com quem defende que se deve poder pescar. Aliás já referi anteriormente que não concordo com certas medidas. Até o justifiquei, não sei se neste tópico ou noutro sobre o tema, o porquê de não concordar com não colocarem a pesca nas actividades autorizadas. Mas como sempre disse, uma coisa é respeitar ou não uma medida, outra é concordarmos ou não com ela. E do meu ponto de vista a pior forma de recuperarmos o direito à pratica da nossa acrividade será furar a lei.

boas

Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre

gmarques

concordo plenamente contigo há coisas que há que pôr em pratica a teoria de outro modo não passa de teoria
Abraço
 

Offline gmarques

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 318
  • Agradecido: 104 vezes
    • Quinta do Conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 09:46 Quarta, 09 de Março de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #87 em: 11:37 Segunda, 16 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
A confusão com o estado de calamidade foi precisamente nas palavras. Um dever cívico não é mais do que uma recomendação, não há poder legal para impor efectivamente, e o governo tinha plena noção disso. Tanto que não impôs, recomendou (ainda que com um brilhante jogo de palavras). Sucedeu o mesmo com a circulação entre concelhos. Não era mais que uma recomendação, dito pelo TC ainda que tenha sido só após o fim de semana.
O estado de calamidade não dá ao estado poder de privar os cidadãos de liberdades e direitos e foi daí que veio novamente o estado de emergência, e até o próprio primeiro ministro o admitiu 🙂 no entanto em momento algum ele falou em caça, pesca, actividades na água, etc... DGRM e ICNF é que decidiram fazer interpretações

Ricardo, não sou a pessoa mais indicada para isto das leis, não te sei esclarecer quanto a muita coisa em torno delas, ou sequer dizer que estás errado. Simplesmente não é a minha área, e como tal não vou afirmar que é ou não é. Falando na forma como interpreto o que foi surgindo....
Parece-me que o estado de emergencia surgiu para não haver dúvidas quanto ao que iria ser adicionado ao estado de calamidade para os concelhos de alto risco, entre elas, o recolher obrigatório. No dia 2 de novembro e após a resolução do concelho de ministros acerca do estado de calamidade, surgiria o artigo 28 onde consta a lista das deslocações autorizadas. Não é uma lista de actividades autorizadas mas sim, deslocações autorizadas. Ou seja, nunca a pesca ou outra actividade deixou de estar autorizada, mas sim a circulação para poder exercer essas actividades. Cheguei a fazer uma analogia a certa altura que era se quisesse proibir carros a gasoleo de circular, nao era necessário faze-lo explicitamente. Bastava dizer que apenas era permitida a circulaçao de carros a gasolina. Uma coisa implica a outra. E no caso da pesca, se não está proibida mas não aparece na lista das actividades com circulaçao autorizada, a unica forma seria pescar do terraço ;)
Esta foi a minha interpretação, e é mesmo a única coisa que posso dizer que certo ou errado tenho 100% a certeza de ter interpretado assim.
"Existem três tipos de homens: os vivos, os mortos e os que andam no mar." Platão
 

Offline Ricardo Nunes

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4813
  • Agradecido: 742 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:21 Quarta, 19 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #88 em: 11:58 Segunda, 16 de Novembro de 2020 »
Há coisas que sei, há outras que só consultando alguém da área. Sei que que o estado de calamidade não permite determinadas situações, e foi por aí que foi invocado o de emergência. As falhas de comunicação aliadas á desinformação, como referiste atrás e muito bem, em muito contribuíram para a confusão. Lembro-me especialmente de uma em que a imprensa fez o favor de incendiar ainda mais os ânimos com aquela história de a polícia poder entrar em casa sem mandato 🤦‍♂️ entre esse tipo de jornalismo e o aproveitamento político que já é hábito nas desgraças que têm assolado o país não sei qual é mais nojento.

Tenho ideia que a natureza sensível e de excepção de um estado de emergência obriga a definir exactamente as proibições, não sendo aplicável às eventuais suposições. Não tenho certeza de que seja mesmo assim, no entanto o teu raciocínio está correcto.
O sem medida devolvido de hoje é o tarolo de amanhã
 

Offline CABANE

  • Robalo
  • ***
  • Mensagens: 113
  • Agradecido: 5 vezes
    • Lumiar
  • No Pesqueiro desde:
  • 22:46 Sábado, 29 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #89 em: 17:40 Segunda, 16 de Novembro de 2020 »
Prepararem-se que a partir de 4 de Dezembro ficamos em confinamento total.
 

Offline antoniopereira

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 6681
  • Agradecido: 680 vezes
  • O mar é vida! Conserva-o limpo
    • olivais -lisboa
  • No Pesqueiro desde:
  • 15:16 Sexta, 08 de Setembro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #90 em: 20:51 Segunda, 16 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Prepararem-se que a partir de 4 de Dezembro ficamos em confinamento total.
Pelo andamento que isto está a levar. É o mais certo Culpados? Nós
 

Offline Ricardo Nunes

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4813
  • Agradecido: 742 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:21 Quarta, 19 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #91 em: 22:31 Segunda, 16 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Prepararem-se que a partir de 4 de Dezembro ficamos em confinamento total.
Pelo andamento que isto está a levar. É o mais certo Culpados? Nós

Após as últimas declarações da DGS não tenho dúvidas
O sem medida devolvido de hoje é o tarolo de amanhã
 

Offline Sansoni7

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 294
  • Agradecido: 53 vezes
    • Porto
  • No Pesqueiro desde:
  • 13:23 Segunda, 06 de Agosto de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #92 em: 08:40 Terça, 17 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Prepararem-se que a partir de 4 de Dezembro ficamos em confinamento total.

Portugal, neste particular, infelizmente não será diferente dos outros países!
_____________________

Já agora, quam de nós, no seu dia a dai, não vê pessoas a baldarem-se para o uso de máscara/distanciamento social?....
 

Offline gmarques

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 318
  • Agradecido: 104 vezes
    • Quinta do Conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 09:46 Quarta, 09 de Março de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #93 em: 10:17 Terça, 17 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Prepararem-se que a partir de 4 de Dezembro ficamos em confinamento total.

Portugal, neste particular, infelizmente não será diferente dos outros países!
_____________________

Já agora, quam de nós, no seu dia a dai, não vê pessoas a baldarem-se para o uso de máscara/distanciamento social?....

Todos os dias, é uma das razões porque não frequento restaurantes, porque é um espaço fechado onde todos tiram a máscara para comer. Ao fim do dia basta passar em muitas esplanadas para ve concentrações de pessoal com a máscara no queixo enquanto bebem a sua cerveja mas que por teimosia talvez não se afastam um pouco uns dos outros, ou nas imagens daa praia de carcavelos no sábado em que no passeio junto à praia circulavam dezenas de pessoas sem conseguirem manter distanciamento e nem metade usava a máscara. Talvez por situações como esta última a máscara passe a ser obrigatória na rua sem exceções.
"Existem três tipos de homens: os vivos, os mortos e os que andam no mar." Platão
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Sansoni7

Offline emaalm

  • Carapau
  • **
  • Mensagens: 63
  • Agradecido: 13 vezes
    • Faro
  • No Pesqueiro desde:
  • 12:41 Sábado, 09 de Janeiro de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #94 em: 20:40 Quarta, 18 de Novembro de 2020 »
Boas malta,

Tenho estado a ler as opiniões e continuo sem chegar a nenhuma conclusão, que nem a PM nem a GNR conseguem chegar. Já falei com amigos em ambas as entidades e nem eles sabem.

Vejamos: não existem atividades que se possam e não possam fazer. O que existe é a obrigatoriedade de ficar em casa e o dever civico de ficar em casa. Mas eu tambem tenho o dever civico de ir votar e não vou. Tenho esse direito. O mesmo acontece nas outras situações. O dever civico é igual para o ir à pesca e para ir ao restaurante. E eu todos os dias vou almoçar ao restaurante e ninguém me pode proibir.

Outra coisa é a educação e o respeito por nós e pelos outros. Eu, desde o primeiro dia que isto começou, mesmo sem existirem regras ou proibições, já fazia tudo da mesma forma que faço hoje. Distanciamentos das outras pessoas, usos de mascaras, desinfetantes etc. Isso sim, é o mais importante.

Depois li coisas como, se tivermos um acidente ou coisas do genero. Pode acontecer, pode. Mas também pode acontecer de outras formas. Existem milhentas coisas que podem acontecer... já diria o outro... basta estar vivo. E eu como bombeiro que fui, vi situações que se não tivesse visto não acreditava.

Por outro lado, fala-se tambem no respeito pelos profissionais de saúde. Pois bem. Eu fui bombeiro voluntario durante 20 anos (nunca recebi um centimo), e um dos meus companheiro de pesca é médico de inem. Ele próprio me perguntou se poderiamos fazer a alvorada de sabado até ao meio dia. Isso não tem nada a ver com os profissionais de saude. Volto a dizer. Tem a ver connosco e ao facto de estarmos em sitios em que consigamos estar com a distancia minima de 2 mts pelo menos. É só isso. O resto são especulações. Se chegar a praia e tiver mta gente simplesmente vou embora. Já faço há meses e em todos os locais onde vou. Não é só na pesca.

Agora que já dei a minha opinião, a pergunta é:

Será que o comunicado pode proibir a pesca? Sim ou não. Como disse no inicio nem a pm nem a gnr sabe, por isso resta a nossa interpretação. Na minha podemos. E na vossa?

Abraços

Emanuel
 

Offline antoniopereira

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 6681
  • Agradecido: 680 vezes
  • O mar é vida! Conserva-o limpo
    • olivais -lisboa
  • No Pesqueiro desde:
  • 15:16 Sexta, 08 de Setembro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #95 em: 20:51 Quarta, 18 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
será que tambem vão devolver o dinheiro da licença na devida percentagem, ou um prolongamento da licença para compensação???
Boas . Penso em que nem uma coisa nem outra. Mas também nada como tentar
 

Offline ze carlos

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 2382
  • Agradecido: 220 vezes
    • Amadora
  • No Pesqueiro desde:
  • 00:35 Terça, 27 de Setembro de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #96 em: 20:55 Quarta, 18 de Novembro de 2020 »
eu ainda hoje fui, não estive ao pé de ninguem a não ser da minha filha que foi comigo, ainda bem que foi comigo sem ela não tinha tirado esta foto
Abraço
 

Offline antoniopereira

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 6681
  • Agradecido: 680 vezes
  • O mar é vida! Conserva-o limpo
    • olivais -lisboa
  • No Pesqueiro desde:
  • 15:16 Sexta, 08 de Setembro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #97 em: 20:56 Quarta, 18 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Boas malta,

Tenho estado a ler as opiniões e continuo sem chegar a nenhuma conclusão, que nem a PM nem a GNR conseguem chegar. Já falei com amigos em ambas as entidades e nem eles sabem.

Vejamos: não existem atividades que se possam e não possam fazer. O que existe é a obrigatoriedade de ficar em casa e o dever civico de ficar em casa. Mas eu tambem tenho o dever civico de ir votar e não vou. Tenho esse direito. O mesmo acontece nas outras situações. O dever civico é igual para o ir à pesca e para ir ao restaurante. E eu todos os dias vou almoçar ao restaurante e ninguém me pode proibir.

Outra coisa é a educação e o respeito por nós e pelos outros. Eu, desde o primeiro dia que isto começou, mesmo sem existirem regras ou proibições, já fazia tudo da mesma forma que faço hoje. Distanciamentos das outras pessoas, usos de mascaras, desinfetantes etc. Isso sim, é o mais importante.

Depois li coisas como, se tivermos um acidente ou coisas do genero. Pode acontecer, pode. Mas também pode acontecer de outras formas. Existem milhentas coisas que podem acontecer... já diria o outro... basta estar vivo. E eu como bombeiro que fui, vi situações que se não tivesse visto não acreditava.

Por outro lado, fala-se tambem no respeito pelos profissionais de saúde. Pois bem. Eu fui bombeiro voluntario durante 20 anos (nunca recebi um centimo), e um dos meus companheiro de pesca é médico de inem. Ele próprio me perguntou se poderiamos fazer a alvorada de sabado até ao meio dia. Isso não tem nada a ver com os profissionais de saude. Volto a dizer. Tem a ver connosco e ao facto de estarmos em sitios em que consigamos estar com a distancia minima de 2 mts pelo menos. É só isso. O resto são especulações. Se chegar a praia e tiver mta gente simplesmente vou embora. Já faço há meses e em todos os locais onde vou. Não é só na pesca.

Agora que já dei a minha opinião, a pergunta é:

Será que o comunicado pode proibir a pesca? Sim ou não. Como disse no inicio nem a pm nem a gnr sabe, por isso resta a nossa interpretação. Na minha podemos. E na vossa?

Abraços

Emanuel
No dia 14 deste mês , quando saiu esse comunicado liguei para a PM(piquete de Cascais). Como descrito no tópico, o agente que me atendeu disse que a actividade da pesca lúdica era proibida somente dentro do horário  determinado pelo governo dentro da contingência
 

Offline antoniopereira

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 6681
  • Agradecido: 680 vezes
  • O mar é vida! Conserva-o limpo
    • olivais -lisboa
  • No Pesqueiro desde:
  • 15:16 Sexta, 08 de Setembro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #98 em: 20:58 Quarta, 18 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
eu ainda hoje fui, não estive ao pé de ninguem a não ser da minha filha que foi comigo, ainda bem que foi comigo sem ela não tinha tirado esta foto
Grande barrote. Parabéns. Obrigada pela partilha
 

Offline Ricardo Nunes

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4813
  • Agradecido: 742 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:21 Quarta, 19 de Dezembro de 2018
Re: Confinamento e Covid
« Responder #99 em: 21:22 Quarta, 18 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Boas malta,

Tenho estado a ler as opiniões e continuo sem chegar a nenhuma conclusão, que nem a PM nem a GNR conseguem chegar. Já falei com amigos em ambas as entidades e nem eles sabem.

Vejamos: não existem atividades que se possam e não possam fazer. O que existe é a obrigatoriedade de ficar em casa e o dever civico de ficar em casa. Mas eu tambem tenho o dever civico de ir votar e não vou. Tenho esse direito. O mesmo acontece nas outras situações. O dever civico é igual para o ir à pesca e para ir ao restaurante. E eu todos os dias vou almoçar ao restaurante e ninguém me pode proibir.

Outra coisa é a educação e o respeito por nós e pelos outros. Eu, desde o primeiro dia que isto começou, mesmo sem existirem regras ou proibições, já fazia tudo da mesma forma que faço hoje. Distanciamentos das outras pessoas, usos de mascaras, desinfetantes etc. Isso sim, é o mais importante.

Depois li coisas como, se tivermos um acidente ou coisas do genero. Pode acontecer, pode. Mas também pode acontecer de outras formas. Existem milhentas coisas que podem acontecer... já diria o outro... basta estar vivo. E eu como bombeiro que fui, vi situações que se não tivesse visto não acreditava.

Por outro lado, fala-se tambem no respeito pelos profissionais de saúde. Pois bem. Eu fui bombeiro voluntario durante 20 anos (nunca recebi um centimo), e um dos meus companheiro de pesca é médico de inem. Ele próprio me perguntou se poderiamos fazer a alvorada de sabado até ao meio dia. Isso não tem nada a ver com os profissionais de saude. Volto a dizer. Tem a ver connosco e ao facto de estarmos em sitios em que consigamos estar com a distancia minima de 2 mts pelo menos. É só isso. O resto são especulações. Se chegar a praia e tiver mta gente simplesmente vou embora. Já faço há meses e em todos os locais onde vou. Não é só na pesca.

Agora que já dei a minha opinião, a pergunta é:

Será que o comunicado pode proibir a pesca? Sim ou não. Como disse no inicio nem a pm nem a gnr sabe, por isso resta a nossa interpretação. Na minha podemos. E na vossa?

Abraços

Emanuel

Tal e qual 🙂
O sem medida devolvido de hoje é o tarolo de amanhã
 

Offline joseferreira77

Re: Confinamento e Covid
« Responder #100 em: 21:27 Quarta, 18 de Novembro de 2020 »
Acho que para ter respostas, tem que se gastar algum dinheiro em tribunal para esclarecer.

Malta que seja prudente.
 

Offline gmarques

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 318
  • Agradecido: 104 vezes
    • Quinta do Conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 09:46 Quarta, 09 de Março de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #101 em: 13:48 Quinta, 19 de Novembro de 2020 »
Sinceramente, sinceramente...

O que menos me preocupa nesta altura é se posso ou não ir à pesca. Claro que como todos aqui, eu gostava de poder ir.
Mas gostava de poder ir sem uma preocupação, e que tem a ver com o covid e não se a lei deixa ou não pescar. E ou muito me engano ou ainda isto não chegou a meio.
Quando tivemos a "primeira vaga" tivemos mês e meio em estado de emergência. E depois um período de alguns meses bastante calmo. Isto deve-se a que depois da "primeira" não tivemos mais eventos festivos a promover ajuntamentos. Veio o verão e este ano foi diferente ao ponto de muitas praias nem parecerem as mesmas. Turismo vindo de fora praticamente nulo, e os portugueses procuram outros ares mais do interior. Discotecas e bares fechados, festivais de verão cancelados. Agora não... e se estas medidas vão ter impacto, porque maior ou menor, vão acabar por ter, daqui a pouco mais de 1 mês há o Natal e a passagem de ano. Portanto, as melhorias que possam haver, penso que serão de curta duração. Depois volta tudo às escolas, empregos no inicio do ano e entre o meio e final de janeiro somos capazes de ficar bem pior do que nos ultimos tempos. Se sem razão aparente há festas com 30 pessoas, e algumas bem mais, na passagem de ano bem podem colocar um policia em cada porta. É depois até ao carnaval e páscoa é um "saltinho". Há a vacina anunciada para breve... pois... também há a da gripe e correu como correu, tudo muito bem gerido.
"Existem três tipos de homens: os vivos, os mortos e os que andam no mar." Platão
 

Offline pereirajp

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 518
  • Agradecido: 98 vezes
    • Almada / Lisboa
  • No Pesqueiro desde:
  • 13:44 Quarta, 13 de Julho de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #102 em: 15:42 Segunda, 23 de Novembro de 2020 »
Polícia Marítima realiza ação de sensibilização na zona oeste da Costa Vicentina
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
 

Offline AndréCosta

  • Robalo
  • ***
  • Mensagens: 179
  • Agradecido: 43 vezes
    • Charneca Caparica.
  • No Pesqueiro desde:
  • 20:13 Segunda, 06 de Abril de 2020
Re: Confinamento e Covid
« Responder #103 em: 16:57 Segunda, 23 de Novembro de 2020 »
Mas posso ir a pesca ou não??  ???
 

Offline Mekucb

  • Boga
  • *
  • Mensagens: 20
  • Agradecido: 1 vezes
    • Coimbra
  • No Pesqueiro desde:
  • 19:42 Domingo, 23 de Junho de 2019
Re: Confinamento e Covid
« Responder #104 em: 20:14 Segunda, 23 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Mas posso ir a pesca ou não??  ???

Es tu e eu que faço essa pergunta. De acordo com as regras . Não.

Ontem no meo beach cam vi em Aveiro barra  dezenas (não estou a inflacionar) de surfistas na água. E uns quantos pescadores no molhe.

Na figueira da foz vi uns 6 a pescar na areia..... portanto fiquei na mesma

 

Offline emaalm

  • Carapau
  • **
  • Mensagens: 63
  • Agradecido: 13 vezes
    • Faro
  • No Pesqueiro desde:
  • 12:41 Sábado, 09 de Janeiro de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #105 em: 20:45 Segunda, 23 de Novembro de 2020 »
Boas,

Pelo que percebo é uma questão de interpretação. Este fds vi de tudo... na praia de faro os surfistas (às dezenas) a chatear um casal (marido e mulher) por estarem à pesca. Em Quarteira vi a PM a fazer o mesmo que esta noticia: a sensibilizar os pescadores para terem cuidado e para não se esquecerem do recolher obrigatório. Dois amigos meus em Albufeira foram mandados para casa numa praia onde só estavam os 2.

Voltei este fds a questionar a PM sobre esse comunicado e o que me foi dito foi que era explicito: não é peemitido pescar dentro do recolher obrigatorio. O que eles me explicaram foi que existem atividades que podem ser efetuadas dentro do recolher obrigatorio, e que esse comunicado somente indica que a pesca não é uma dessas atividades. Isso foi o que eu entendi da leitura que fiz e pelos vistos correta. Se lermos bem o comunicado é mesmo isso.

Não se pode praticar pesca dentro do recolher obrigatorio, ao contrario de outras atividades. Fora do horario não existe qualquer problema, desde que se cumpram as normas de segurança claro.

Eu continuo sem ir pois prefiro muito mais pescar à noite... ainda por cima tinha comprado uma lanterna nova toda bonitinha... ggrrrrrrrr!!!! Lolol.

Abraço a todos.

Mantenham-se seguros e alerta que neste momento é o mais importante.

Emanuel
 

Offline gmarques

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 318
  • Agradecido: 104 vezes
    • Quinta do Conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 09:46 Quarta, 09 de Março de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #106 em: 21:35 Segunda, 23 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Boas,

Pelo que percebo é uma questão de interpretação. Este fds vi de tudo... na praia de faro os surfistas (às dezenas) a chatear um casal (marido e mulher) por estarem à pesca. Em Quarteira vi a PM a fazer o mesmo que esta noticia: a sensibilizar os pescadores para terem cuidado e para não se esquecerem do recolher obrigatório. Dois amigos meus em Albufeira foram mandados para casa numa praia onde só estavam os 2.

Voltei este fds a questionar a PM sobre esse comunicado e o que me foi dito foi que era explicito: não é peemitido pescar dentro do recolher obrigatorio. O que eles me explicaram foi que existem atividades que podem ser efetuadas dentro do recolher obrigatorio, e que esse comunicado somente indica que a pesca não é uma dessas atividades. Isso foi o que eu entendi da leitura que fiz e pelos vistos correta. Se lermos bem o comunicado é mesmo isso.

Não se pode praticar pesca dentro do recolher obrigatorio, ao contrario de outras atividades. Fora do horario não existe qualquer problema, desde que se cumpram as normas de segurança claro.

Eu continuo sem ir pois prefiro muito mais pescar à noite... ainda por cima tinha comprado uma lanterna nova toda bonitinha... ggrrrrrrrr!!!! Lolol.

Abraço a todos.

Mantenham-se seguros e alerta que neste momento é o mais importante.

Emanuel

O facto do estado de emergência ter sido declarado tão pouco tempo depois do de calamidade, está a gerar alguma confusão a meu ver, mas que na noticia acho estar esclarecido ....

"(...)  tendo os elementos da Polícia Marítima alertado para o cumprimento das medidas em vigor devido à pandemia da COVID-19, designadamente no que respeita à interdição das deslocações que não sejam justificadas e o recolher obrigatório durante o fim-de-semana, entre as 13h e as 05h(...).

Com o estado de calamidade ficou definido que apenas algumas deslocações eram permitidas, e dessas deslocações não fazem parte deslocações para atividades de âmbito lúdico, o tal famoso "artigo 28".

Como logo de seguida o governo quis implementar o recolher obrigatório e mais algumas coisas, teve que decretar o estado de emergência, e que nada tem a ver com a pesca. Recolher obrigatório é recolher obrigatório... ou deveria ser.

Daí que a noticia fale em "interdição das deslocações que não sejam justificadas" (com origem no estado de calamidade) E "o recolher obrigatório durante o fim-de-semana, entre as 13h e as 05h" (que apareceu uns dias depois e necessitou que fosse declarado estado de emergência para poder vigorar). São duas coisas diferentes.

Claro que todos nós temos olhos e no meio de tanta confusão, anda tudo a fazer o que bem lhes apetece desde grupos de 12 e 15 ciclistas até pessoal das motos à molhada na berma sem distanciamento e sem máscara, surfistas, arraiais na praia... isto vi eu... enquanto vinha da pesca ;)
"Existem três tipos de homens: os vivos, os mortos e os que andam no mar." Platão
 

Offline JVieira

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 3136
  • Agradecido: 413 vezes
    • Pnf city
  • No Pesqueiro desde:
  • 13:02 Sexta, 17 de Janeiro de 2014
Re: Confinamento e Covid
« Responder #107 em: 09:54 Terça, 24 de Novembro de 2020 »
A pesca e a circulação durante os períodos de recolher obrigatório, apenas é permitida aos pescadores federados de competição (pescadores desportivos). Para os pescadores lúdicos (recreativos), mesmo federados (o meu caso) a pesca está proibida. Isto é válido para o mar e águas interiores.

Um abraço,
(que boa pesca... não se deseja a ninguém)

José Vieira
 

Offline antoniopereira

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 6681
  • Agradecido: 680 vezes
  • O mar é vida! Conserva-o limpo
    • olivais -lisboa
  • No Pesqueiro desde:
  • 15:16 Sexta, 08 de Setembro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #108 em: 11:46 Terça, 24 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
A pesca e a circulação durante os períodos de recolher obrigatório, apenas é permitida aos pescadores federados de competição (pescadores desportivos). Para os pescadores lúdicos (recreativos), mesmo federados (o meu caso) a pesca está proibida. Isto é válido para o mar e águas interiores.
Bom dia . O problema  é que as autoridades não sabem isso.
Pelo exemplo: As dúvidas  em relação ao último  comunicado feito à 15 dias pelo  Governo. Uns diziam uma coisa, outros diziam outra
 

Offline pereirajp

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 518
  • Agradecido: 98 vezes
    • Almada / Lisboa
  • No Pesqueiro desde:
  • 13:44 Quarta, 13 de Julho de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #109 em: 12:10 Terça, 24 de Novembro de 2020 »
as autoridades sabem perfeitamente o que é ou não é permitido.. tanto sabem que na costa vicentina foram avisar alguns pescadores que pelos vistos se fizeram esquecidos!
 

Offline JVieira

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 3136
  • Agradecido: 413 vezes
    • Pnf city
  • No Pesqueiro desde:
  • 13:02 Sexta, 17 de Janeiro de 2014
Re: Confinamento e Covid
« Responder #110 em: 12:37 Terça, 24 de Novembro de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
O problema  é que as autoridades não sabem isso.

Ai sabem, sabem... e sabem também que em relação a este tipo de proibições a "esperteza saloia" e a teimosia em querer dar a volta ao texto são uma característica muito nossa.  >:D

Um abraço,
(que boa pesca... não se deseja a ninguém)

José Vieira
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Sansoni7

Offline gmarques

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 318
  • Agradecido: 104 vezes
    • Quinta do Conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 09:46 Quarta, 09 de Março de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #111 em: 13:27 Terça, 24 de Novembro de 2020 »
O unico ponto que pode estar a impedir a PM de uma atitude mais severa, e não apenas a sensibilização é que de facto não é a pesca que está proibida, mas sim a deslocação para a pesca. O resultado derivado da abordagem pela autoridade competente na estrada, ou da PM enquanto a pessoa está no pesqueiro pode portanto ser muito diferente. Quando se está à pesca estamos a fazer algo mas não deveriamos estar ali, quando se está na estrada a caminho da pesca estamos a fazer algo para o qual há uma interdição quanto a mim bastante clara, circular para ir à pesca. Quem conseguir pescar da varanda de casa pode pescar à vontade  >:D
« Última modificação: 13:30 Terça, 24 de Novembro de 2020 por gmarques »
"Existem três tipos de homens: os vivos, os mortos e os que andam no mar." Platão
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Sansoni7

Offline telmo madeira

  • Carapau
  • **
  • Mensagens: 67
  • Agradecido: 15 vezes
    • Lisboa
  • No Pesqueiro desde:
  • 16:52 Segunda, 15 de Fevereiro de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #112 em: 13:54 Terça, 24 de Novembro de 2020 »
Alguém sabe qual a sanção pelo não cumprimento das regras?
É por esta razão que estão a sensibilizar e não a condenar!
 

Offline telmo madeira

  • Carapau
  • **
  • Mensagens: 67
  • Agradecido: 15 vezes
    • Lisboa
  • No Pesqueiro desde:
  • 16:52 Segunda, 15 de Fevereiro de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #113 em: 14:02 Terça, 24 de Novembro de 2020 »
* a autuar!
 

Offline antoniopereira

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 6681
  • Agradecido: 680 vezes
  • O mar é vida! Conserva-o limpo
    • olivais -lisboa
  • No Pesqueiro desde:
  • 15:16 Sexta, 08 de Setembro de 2017
Re: Confinamento e Covid
« Responder #114 em: 14:05 Terça, 24 de Novembro de 2020 »
O novo regime sancionatório entrará hoje em vigor e prevê que o incumprimento dos referidos deveres integrará a prática de uma contra ordenação, sancionada, a titulo de dolo, com:

coima de € 100,00 a € 500,00, no caso de pessoas singulares
e de € 1.000,00 a € 5.000,00, no caso de pessoas colectivas.
Prevê-se, ainda, que se o incumprimento for imputável a título de negligência, os referidos montantes serão reduzidos em 50%.
 

Offline telmo madeira

  • Carapau
  • **
  • Mensagens: 67
  • Agradecido: 15 vezes
    • Lisboa
  • No Pesqueiro desde:
  • 16:52 Segunda, 15 de Fevereiro de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #115 em: 14:24 Terça, 24 de Novembro de 2020 »
António, de acordo, neste novo regime está prevista a sanção mas nos anteriores não.

No entanto posso andar por onde me apetecer, não estando abrangido pelo art.º 3, fora do horário de confinamento, portanto posso ir à pesca ou fazer outra coisa qualquer.
Se devo? Fica na consciência de cada um.
 

Offline telmo madeira

  • Carapau
  • **
  • Mensagens: 67
  • Agradecido: 15 vezes
    • Lisboa
  • No Pesqueiro desde:
  • 16:52 Segunda, 15 de Fevereiro de 2016
Re: Confinamento e Covid
« Responder #116 em: 15:07 Terça, 24 de Novembro de 2020 »
"No entanto posso andar por onde me apetecer, não estando abrangido pelo art.º 3, fora do horário de confinamento, portanto posso ir à pesca ou fazer outra coisa qualquer."

Esqueçam esta parte.

 
 

 

* Tópicos Recentes

Aliexpress por Sansoni7 [Hoje às 07:30]

Bullseye por ze carlos [Hoje às 00:07]

Rolamentos punho Shimano Ultegra XSD 14000 por ciclone50 [15:33 Quarta, 20 de Janeiro de 2021]

Gravity Stick Savage Gear por xcelsior [15:00 Quarta, 20 de Janeiro de 2021]

GNR apreende 83 barbatanas de tubarão no Porto de Pesca de Sesimbra por juniqui [13:51 Quarta, 20 de Janeiro de 2021]

Aranhas por JVieira [09:38 Quarta, 20 de Janeiro de 2021]