collapse

Autor Tópico: Um milagre e uma desistencia  (Lida 2716 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline R.Faria

  • Carapau
  • **
  • Mensagens: 54
  • Agradecido: 16 vezes
    • Coimbra
  • No Pesqueiro desde:
  • 20:40 Segunda, 17 de Agosto de 2020
Um milagre e uma desistencia
« em: 15:28 Sábado, 22 de Agosto de 2020 »
Como já tive oportunidade de referir noutro tópico que não vinha ao acaso, aqui deixo um relato, que poderá ate servir de reflexão para todos nós.
Quem nunca trabalhou a pensar na hora da pesca? Pois, nós sabemos.
Certo dia, a uma sexta feira aqui o rapaz que já tinha levado tudo preparado para que assim que saísse arrancar directo à praia, onde faltava apenas a paragem para comprar isco e um franguito, pois o plano era fazer a noite de sexta e aproveitar o máximo de sabado, e digo era porque na realidade até nem foi. Depois de tudo comprado, instalado no local, uma cervejinha e um cigarro à chega antes de montar o estendal. Eram mais ou menos 19h. Depois de tudo montadinho, quem me visse parecia o primeiro ministro, sentadinho a olhar para a cana, cervejinha, bem instalado vá podemos dizer, no paraíso. a pouco e pouco começou a chegar mais pessoal, quando cheguei estava apenas um senhor a uns 50m de mim do lado direito.
Após alguns lançamentos, esse companheiro do lado direito, lá tirou um belo exemplar, não era nenhum tubarão, mas um robalinho digno de registo. Ora como bom apanágio de alguns seres humanos, ainda o senhor estava a retirar o anzol da boca da captura, eis que alguém que se encontrava do meu lado esquerdo, nem hesitou. Chegou entre mim e o senhor que havia feito a captura e zzzzzzzzzzz chumbada à água cá vai disto. Não muito contente, mas sem nunca de todo ser indelicado com a personagem, o senhor alertou para o facto de com ele ali o raio de acção de pesca dele ia ser muito curto, pois do outro lado já haviam mais pessoas. Naquele tom que por vezes só alguns patrões sabem, a resposta foi, "o mar não é seu, eu pesco onde quero". Claro que se estava a ver que ia dar embrulhanço nas linhas o que aconteceu. Umas bocas daqui e dali mas eis que o intruja não esteve cá com meias medidas. Cana e respetivo carreto/linha ao mar, (tenho a alertar que era num pontão entre o rio e o mar com alguns metros de altura) ao qual a pessoa o agarrou e pediu justificações. Quando o intruja saíu do local pensei que tivesse sido de vez. Enganamo-nos todos. O que ele foi fazer foi buscar um canivete e esfaqueou por duas vezes com uma frieza abismal o outro companheiro. Rapidamente nos apressamos a deter o intruja, do qual ainda me resultou um  pequeno golpe no braço, nada que não se curasse. Com a chegada das autoridades claro que tudo acalmou, ainda que ainda tivesse perdido uns dias à custa de idas a tribunal. Quanto a minha pesca, eram 22h e estava em casa, daí ter dito que o plano"era" efectivamente permanecer toda a noite e dia de sabado. Quanto ao pescador ferido, felizmente recuperou bem. Como do outro lado do rio já havia acontecido semelhante, não com tanta gravidade mas apenas uns socos, isto porque haviam sempre uns ou outros cujas capturam eram vendidadas para restaurantes da zona, e claro, quem ia ali por prazer não era lá muito bem vindo. E foi assim que em meados de 2015 abandonei a pesca e vendi tudo o que tinha. Após tantas idas à praia, tantos vídeos de pesca vistos e revistos, o bichinho nunca saíu cá de dentro, decidi regressar este ano. Com calma vou selecionar o meu material e espero meados de outubro estar no activo. Se vou ou não pescar, a grade é garantida. O que me apraz são os momentos no mar, o barulho do mesmo, e o prazer de estar ali a desfrutar. Respeitem sempre o pescador ao vosso lado, haja bom senso, o oceano é imenso, o peixe é menos que outrora mas continua a dar para todos. Um abraço e bons lances a todos
« Última modificação: 15:31 Sábado, 22 de Agosto de 2020 por R.Faria »
Parece difícil, mas não é fácil.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: ladarios

Offline voron

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 2146
  • Agradecido: 353 vezes
    • Alfornelos
  • No Pesqueiro desde:
  • 02:08 Sábado, 15 de Fevereiro de 2014
Re: Um milagre e uma desistencia
« Responder #1 em: 16:22 Sábado, 22 de Agosto de 2020 »
Já passei situações vários amigo. Inclusivamente levei um tiro numa ida a pesca, mas não foi disputa do spot, mas tentativa de assalto...foi a muito tempo e passou.  Dessas conversas das linhas cruzadas já tinha a fartura, mas nunca foi abusar da minha parte. Tenho alguma  sorte que a natureza me formou rijo.  Mas com experiências todas não emagino o que deve acontecer para eu deixar ir a mar. Talvez cabeça esquecer o caminho..
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
 

Offline R.Faria

  • Carapau
  • **
  • Mensagens: 54
  • Agradecido: 16 vezes
    • Coimbra
  • No Pesqueiro desde:
  • 20:40 Segunda, 17 de Agosto de 2020
Re: Um milagre e uma desistencia
« Responder #2 em: 18:56 Sábado, 22 de Agosto de 2020 »
Espero que estejas bem. Por essas razões prefiro arranjar spots mais distantes onde possa estar sossegado. abraço companheiro
Parece difícil, mas não é fácil.
 

Offline Braga

  • Gestor do Pesqueiro
  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 9603
  • Agradecido: 354 vezes
  • Seguir em frente, mas não esquecer o passado.
    • Coimbra
  • No Pesqueiro desde:
  • 18:29 Sábado, 21 de Dezembro de 2013
Re: Um milagre e uma desistencia
« Responder #3 em: 19:21 Sábado, 22 de Agosto de 2020 »
Boas

Infelizmente cada vez mais se vêem desta cenas.

Já tive desaguisados, mas o bom senso imperou sempre e por esta ou por aquela razão, como não o faço aos outros não admito que me façam a mim, o respeito é muito lindo.

Fiquem bem.

Braga
Comunguem deste ideal e divirtam-se neste Pesqueiro.
F. Braga
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: R.Faria

Offline Ricardo Nunes

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 4462
  • Agradecido: 704 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:21 Quarta, 19 de Dezembro de 2018
Re: Um milagre e uma desistencia
« Responder #4 em: 10:49 Domingo, 23 de Agosto de 2020 »
É triste que a ganância em algo tão prazeroso como a pesca dê em situações dessas. Eu prefiro ir para zonas em que não haja disputas dessas, e se possível até estar sozinho. Prefiro gradar em paz que encher a arca em guerras
O sem medida devolvido de hoje é o tarolo de amanhã
 

Offline diogoconceicao

  • Boga
  • *
  • Mensagens: 10
  • Agradecido: 1 vezes
    • Sines
  • No Pesqueiro desde:
  • 08:58 Sábado, 22 de Agosto de 2020
Re: Um milagre e uma desistencia
« Responder #5 em: 19:02 Domingo, 23 de Agosto de 2020 »
É complicado , espero não apanhar dessas...

Bom retorno e boas pescarias!
Abraço!
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: R.Faria

Offline Ricardo Pepino

  • Boga
  • *
  • Mensagens: 9
  • Agradecido: 1 vezes
    • Samora Correia / Cartaxo
  • No Pesqueiro desde:
  • 17:44 Sexta, 31 de Julho de 2020
Re: Um milagre e uma desistencia
« Responder #6 em: 19:26 Domingo, 23 de Agosto de 2020 »
A ganância é demasiado forte....... Muito triste!
Mas força no retorno!
 

Offline canivete

  • Assessor do Pesqueiro
  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 2992
  • Agradecido: 254 vezes
    • vialonga
  • No Pesqueiro desde:
  • 13:59 Terça, 24 de Dezembro de 2013
Re: Um milagre e uma desistencia
« Responder #7 em: 20:22 Domingo, 23 de Agosto de 2020 »
No tipo de pesca que pratico meu Deus  por vezes a paciência  esgota mas sempre se vai ultrapassando até  porque na grande maoiria das vezes são grupos  de amigos




cumpts
 

Offline emaalm

  • Carapau
  • **
  • Mensagens: 62
  • Agradecido: 12 vezes
    • Faro
  • No Pesqueiro desde:
  • 12:41 Sábado, 09 de Janeiro de 2016
Re: Um milagre e uma desistencia
« Responder #8 em: 22:53 Domingo, 23 de Agosto de 2020 »
Ainda este fds poderia ter acontecido.

Normalmente não pesco em molhes, mas no sabado lá decidi ir tentar o molhe de Albufeira com outro amigo. Como a caminhada até lá ainda é um pouco, antes fomos tentar perceber se estaria mta gente. Estavam algumas pessoas, contudo havia ainda mto espaço livre. Pegamos nas tralhas todas e fizemo-nos  à caminhada. Chegamos lá, arranjamos um buraco e questiono a malta que lá estava se podiamos ficar ali, visto que o espaço não era mto e perguntei se iam fazer a noite. Como disseram que não, montamos uma cana cada um e aguardamos então que saissem para montar a segunda cana. Até aqui tudo normal.

Entretanto chega um grupo de 5-6 pessoas, ao qual eu disse ao meu colega. Cheira-me a problemas. Entretanto seguiram para o fim do molhe e, estava eu já a montar a segunda cana, quando olho e vejo que se colocaram todos à nossa frente a pescar à bóia. 5 boias mesmo à minha frente. O meu amigo disse logo, vou lá falar com eles. Mas eu, como a pesca para mim não é para stress desses pois já me bastam outros, disse-lhe para se borrifar pois via-se logo que não eram pescadores. Eram uns palhaços quaisquer que não tinham respeito por ninguém e num instante se fartariam. Entretanto a ponta do molhe ficou vazio, pegamos nas tralhas e mudamos de sitio. Qual foi o nosso espanto que, mal mudamos de sitio eles foram embora. Via-se mesmo que estavam era para arranjar confusão.

No final, acabei por não trazer peixe, mas acabei por trazer um saco de lixo cheio que esses otarios deixaram no pesqueiro.

Mereciam umas valentes cacetadas, é certo que mereciam, contudo eu penso sempre que pessoas que tratam a natureza da forma que esses palhaços tratam, mais tarde ou mais cedo ela trata de se encarregar de dar conta dessa gente.

Ir à pesca é como sair à noite. Qdo se percebe que pode haver confusao, mais vale fugir dela.

Abraços e bom regresso a este fantastico desporto. Só um aviso, já que tiveste este tempo fora: As grades continuam e cada vez mais fortes!  ;D ;D ;D
 

Offline Sansoni7

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 289
  • Agradecido: 51 vezes
    • Porto
  • No Pesqueiro desde:
  • 13:23 Segunda, 06 de Agosto de 2018
Re: Um milagre e uma desistencia
« Responder #9 em: 08:30 Segunda, 24 de Agosto de 2020 »
Também sou dos que não troco uma grade por confusão....
Já não tenho idade para stresses. 8)
 

Offline Rider

  • Assessor do Pesqueiro
  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 13995
  • Agradecido: 847 vezes
    • Cartaxo - Baleal
  • No Pesqueiro desde:
  • 23:41 Segunda, 23 de Dezembro de 2013
Re: Um milagre e uma desistencia
« Responder #10 em: 14:50 Segunda, 24 de Agosto de 2020 »
Como não ando atrás de peixe já pescado, procuro sempre locais onde possa estar á vontade.
Prefiro não apanhar nada do que ir para um bom pesqueiro que me daria uns peixes mas onde pode haver muita confusão.
Espera o melhor, prepara-te para o pior e aceita o que vier.

Cumprimentos,
José Matos
 

Offline ladarios

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 315
  • Agradecido: 39 vezes
    • Amarante, Porto
  • No Pesqueiro desde:
  • 12:42 Segunda, 09 de Novembro de 2015
Re: Um milagre e uma desistencia
« Responder #11 em: 07:57 Sexta, 28 de Agosto de 2020 »
Infelizmente, são esse tipo de pescadores que estragam, às vezes momentos ímpares de prazer... Felizmente também há bons companheiros ( e eu, felizmente, tenho encontrado vários) que nos fazem aumentar ainda mais o prazer de calcorrear as areias... Quanto a esses intrusos invejosos e conflituosos, quando os sinto afasto-me, sem lhes dizer palavra... Vou à pesca à procura de paz e paz gosto de regressar a casa...
Ladarios
 

Offline kalvas

  • Gestor do Pesqueiro
  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 12804
  • Agradecido: 759 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 20:48 Segunda, 30 de Dezembro de 2013
Re: Um milagre e uma desistencia
« Responder #12 em: 22:33 Sábado, 29 de Agosto de 2020 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Infelizmente, são esse tipo de pescadores que estragam, às vezes momentos ímpares de prazer... Felizmente também há bons companheiros ( e eu, felizmente, tenho encontrado vários) que nos fazem aumentar ainda mais o prazer de calcorrear as areias... Quanto a esses intrusos invejosos e conflituosos, quando os sinto afasto-me, sem lhes dizer palavra... Vou à pesca à procura de paz e paz gosto de regressar a casa...
Ladarios


Totalmente de acordo Ladários
Trabalhador por obrigação ; pescador por gosto.
 

Offline Joaol

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 698
  • Agradecido: 142 vezes
    • Fátima
  • No Pesqueiro desde:
  • 23:51 Quinta, 15 de Setembro de 2016
Re: Um milagre e uma desistencia
« Responder #13 em: 18:06 Quinta, 03 de Setembro de 2020 »
É triste e cada vez mais comum, já tive várias situações de pessoas que chegam à praia se metem mesmo juntinho a mim sem perguntar se quer se há muita corrente lateral ou não, felizmente que quando nos embrulhamos as pessoas pedem desculpa e querem logo cortar as suas montagens e assim, e eu acabo sempre é por tentar desembrulhar tudo e pronto.

Por vezes até vamos para onde há pouca gente ou ninguém mesmo e acaba por aparecer alguém que vem mesmo para cima de nós, eu não o faço e não gosto me o façam, mas no dia que alguém se mandar para mim pego nas minha coisas e ponho-me a andar. Não tenho cabedal nem para as levar nem para as dar e mesmo que tivesse os ganhos disso são nulos e na maioria das vezes os problemas que daí advém são enormes. Felizmente que hoje em dia bater em alguém só porque sim custa muito caro e a resolução costuma ser rápida.



 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: R.Faria

 

* Tópicos Recentes

Catálogo Daiwa 2021 e Shimano 2021 por Afons0 [Hoje às 01:02]

Linha SurfCasting sem chicote por red_master [23:47 Segunda, 30 de Novembro de 2020]

Achigã/Bass na Região de Vila Franca de Xira por gustavo26 [23:16 Segunda, 30 de Novembro de 2020]

Cana Daiwa Spitfire Seabass 962 HXHFS por FilipePC [22:08 Segunda, 30 de Novembro de 2020]

Daiwa Basia Tournament por FilipePC [20:32 Segunda, 30 de Novembro de 2020]

Ups! por AndréCosta [20:21 Segunda, 30 de Novembro de 2020]

Jigs em Spinning por JVieira [14:30 Segunda, 30 de Novembro de 2020]

anzois vega qual a vossa opinião? por Joaol [11:47 Segunda, 30 de Novembro de 2020]

Pesca ao barbo no outono por Rider [11:36 Segunda, 30 de Novembro de 2020]

Cana surfcasting até 300 euros por AnaCG [10:38 Segunda, 30 de Novembro de 2020]