collapse

Autor Tópico: Pesca à burra  (Lida 1325 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Jpst74

  • Carapau
  • **
  • Mensagens: 55
  • Agradecido: 1 vezes
    • Marco de Canaveses
  • No Pesqueiro desde:
  • 00:06 Sexta, 28 de Junho de 2019
Pesca à burra
« em: 17:36 Quinta, 05 de Setembro de 2019 »
Boa tarde,
Iniciei a pesca a uns meses atrás e após experimentar o feeder ( onde não obtive grandes resultados) optei por experimentar a famosa pesca à burra, muito usada aqui na minha região.
Fiquei admirado com a eficácia deste tipo de pesca, e por conseguir sempre livrar a grade 😂
No entanto não consigo uma pesca muito consistente, quando comparado com outros casos que já assisti, que tiraram ao 12 e 13 barbos por pescaria, ou até mais.
Não sei se estarei a engodar de maneira incorreta, normalmente engodo para cima da bóia, não sei se será o mais eficaz, ou se será do local para onde lanço a cana, normalmente lanço para 4 a 5 metros da margem será suficiente? Ou será do lançamento, normalmente lanço para fora do pesqueiro onde engordei e depois recolho a bóia até ao pesqueiro, disseram-me para fazer assim pois assim não afugentava os peixes do pesqueiro com o impacto da bóia na água. A minha montagem é com bóia de correr de 15gr é uma olivete da mesma gramagem, o estranlho com 60cm a 75cm com fio 0.16 e anzol 0.18.
Já vai longo o tópico espero que me possam ajudar a fazer grandes pescarias e consistentes 😂
Abraço
 

Offline luísleal

  • Boga
  • *
  • Mensagens: 40
  • Agradecido: 14 vezes
    • Paços de Ferreira
  • No Pesqueiro desde:
  • 19:18 Terça, 28 de Agosto de 2018
Re: Pesca à burra
« Responder #1 em: 16:21 Segunda, 09 de Setembro de 2019 »
Boa tarde Jpst74,
na minha zona, pesca à burra é a mesma coisa que pesca ao fundo, apenas com a vantagem de usar a bóia para ter a melhor ideia de onde se deve engodar.
Dependendo da corrente, o ideal seria engodar sempre para o mesmo sitio e o mais próximo possível da zona tens o isco (caso a corrente esteja forte tens de ter isso em conta para perceber onde vai o engodo).
Relativamente à distancia, a tua questão é muito relativa, depende sempre dos locais onde estás a pescar. O mesmo se aplica à montagem, a gramagem da bóia é importante de acordo com a corrente, a espessura da linha e tamanho do anzol depende do tamanho peixe que estiver a dar na zona onde pescas e o que pretendes pescar.

Abraço
 

Offline JVieira

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 3406
  • Agradecido: 551 vezes
    • Pnf city
  • No Pesqueiro desde:
  • 13:02 Sexta, 17 de Janeiro de 2014
Re: Pesca à burra
« Responder #2 em: 17:52 Segunda, 09 de Setembro de 2019 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Iniciei a pesca a uns meses atrás e após experimentar o feeder ( onde não obtive grandes resultados) optei por experimentar a famosa pesca à burra, muito usada aqui na minha região.
Fiquei admirado com a eficácia deste tipo de pesca, e por conseguir sempre livrar a grade 😂
No entanto não consigo uma pesca muito consistente, quando comparado com outros casos que já assisti, que tiraram ao 12 e 13 barbos por pescaria, ou até mais.

Por acaso sabes se os outros que viste a pescar também começaram há meses atrás? É que se assim for... alguma coisa está mal.

Um abraço,
(que boa pesca... não se deseja a ninguém)

José Vieira
 

Offline kalvas

  • Gestor do Pesqueiro
  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 15032
  • Agradecido: 997 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 20:48 Segunda, 30 de Dezembro de 2013
Re: Pesca à burra
« Responder #3 em: 21:03 Segunda, 09 de Setembro de 2019 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Iniciei a pesca a uns meses atrás e após experimentar o feeder ( onde não obtive grandes resultados) optei por experimentar a famosa pesca à burra, muito usada aqui na minha região.
Fiquei admirado com a eficácia deste tipo de pesca, e por conseguir sempre livrar a grade 😂
No entanto não consigo uma pesca muito consistente, quando comparado com outros casos que já assisti, que tiraram ao 12 e 13 barbos por pescaria, ou até mais.

Por acaso sabes se os outros que viste a pescar também começaram há meses atrás? É que se assim for... alguma coisa está mal.


Ainda pergunto mais.

O isco,a zona onde engodas, o local , as horas, para onde lanças, já comparaste com o pessoal  que faz essas pescas?
É que de local para local muito pode mudar...

E quando engodas para cima da bóia esteve ou fez algum vento,pouco que seja, estás junto a algum paredão ou fim  de zona ?
Trabalhador por obrigação ; pescador por gosto.
 

Offline kalvas

  • Gestor do Pesqueiro
  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 15032
  • Agradecido: 997 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 20:48 Segunda, 30 de Dezembro de 2013
Re: Pesca à burra
« Responder #4 em: 21:16 Segunda, 09 de Setembro de 2019 »
Não sei onde pescas mas quando perguntei se ficas perto de algum paredão ou fim de zona é porque o vento e a deslocação de água debaixo da superfície pode alterar o local onde cai o engodo.
Sendo ele solto ou colado, mesmo sendo fundo ou nem por isso.

Vou deixar aqui duas imagens de como pode ser a pesca em canais e onde por vezes os devemos procurar.
Trabalhador por obrigação ; pescador por gosto.
 

Offline Jpst74

  • Carapau
  • **
  • Mensagens: 55
  • Agradecido: 1 vezes
    • Marco de Canaveses
  • No Pesqueiro desde:
  • 00:06 Sexta, 28 de Junho de 2019
Re: Pesca à burra
« Responder #5 em: 21:59 Sábado, 21 de Setembro de 2019 »
 Normalmente pesco no Tâmega ou no Douro.

O Tâmega ali na zona de Marco de Canaveses que é onde costumo pescar com mais frequência é um rio muito rochoso e com um fundo muito irregular, acredito que por vezes o meu engodo seja asticot solto ou colado ou até mesmo engodos de farinha não cheguem ao anzol por esse motivo, acredito que possa ficar preso em alguma dessas pedras que existem. Já verifiquei que existe também muitos pescadores que pescam ao feeder no Tâmega, talvez pelo rio ter um fundo irregular e não saber se o engodo chega ao pesqueiro. Algum truque para sondar o pesqueiro e assim evitar estar a pescar nestas zonas mais irregulares?
 

Offline Jpst74

  • Carapau
  • **
  • Mensagens: 55
  • Agradecido: 1 vezes
    • Marco de Canaveses
  • No Pesqueiro desde:
  • 00:06 Sexta, 28 de Junho de 2019
Re: Pesca à burra
« Responder #6 em: 22:02 Sábado, 21 de Setembro de 2019 »
JVIEIRA já são pescadores mais experientes
 

Offline JVieira

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 3406
  • Agradecido: 551 vezes
    • Pnf city
  • No Pesqueiro desde:
  • 13:02 Sexta, 17 de Janeiro de 2014
Re: Pesca à burra
« Responder #7 em: 22:33 Sábado, 21 de Setembro de 2019 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Algum truque para sondar o pesqueiro e assim evitar estar a pescar nestas zonas mais irregulares?

Não existe truque nenhum... apenas sondar. Colocas um chumbo no lugar do feeder, com o mesmo peso deste, sem ter o anzol colocado na linha. Depois é só fazer uns lançamentos para a área onde vais pescar e ir arrastando o chumbo pelo fundo para tentar perceber a sua constituição.

Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
não consigo uma pesca muito consistente, quando comparado com outros casos que já assisti, que tiraram ao 12 e 13 barbos por pescaria, ou até mais.
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
já são pescadores mais experientes

Penso que tu próprio já tens a explicação para a tua dúvida.



Um abraço,
(que boa pesca... não se deseja a ninguém)

José Vieira
 

Offline Jpst74

  • Carapau
  • **
  • Mensagens: 55
  • Agradecido: 1 vezes
    • Marco de Canaveses
  • No Pesqueiro desde:
  • 00:06 Sexta, 28 de Junho de 2019
Re: Pesca à burra
« Responder #8 em: 22:35 Sábado, 21 de Setembro de 2019 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Algum truque para sondar o pesqueiro e assim evitar estar a pescar nestas zonas mais irregulares?

Não existe truque nenhum... apenas sondar. Colocas um chumbo no lugar do feeder, com o mesmo peso deste, sem ter o anzol colocado na linha. Depois é só fazer uns lançamentos para a área onde vais pescar e ir arrastando o chumbo pelo fundo para tentar perceber a sua constituição.

Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
não consigo uma pesca muito consistente, quando comparado com outros casos que já assisti, que tiraram ao 12 e 13 barbos por pescaria, ou até mais.
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
já são pescadores mais experientes

Penso que tu próprio já tens a explicação para a tua dúvida.




Certo e se o chumbo vier sem qualquer problema é sítio sem obstáculos e logo já será melhor para a pesca?

Desculpem estás perguntas básicas mas quero aprender e conseguir ser um pescador consistente
 

Offline JVieira

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 3406
  • Agradecido: 551 vezes
    • Pnf city
  • No Pesqueiro desde:
  • 13:02 Sexta, 17 de Janeiro de 2014
Re: Pesca à burra
« Responder #9 em: 22:58 Sábado, 21 de Setembro de 2019 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Algum truque para sondar o pesqueiro e assim evitar estar a pescar nestas zonas mais irregulares?

Não existe truque nenhum... apenas sondar. Colocas um chumbo no lugar do feeder, com o mesmo peso deste, sem ter o anzol colocado na linha. Depois é só fazer uns lançamentos para a área onde vais pescar e ir arrastando o chumbo pelo fundo para tentar perceber a sua constituição.

Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
não consigo uma pesca muito consistente, quando comparado com outros casos que já assisti, que tiraram ao 12 e 13 barbos por pescaria, ou até mais.
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
já são pescadores mais experientes

Penso que tu próprio já tens a explicação para a tua dúvida.




Certo e se o chumbo vier sem qualquer problema é sítio sem obstáculos e logo já será melhor para a pesca?

Desculpem estás perguntas básicas mas quero aprender e conseguir ser um pescador consistente

Se o chumbo não tiver prisões numa área de cerca de dois metros quadrados em redor do pesqueiro, é sinal que o mesmo não apresentará grandes problemas ao nível de obstáculos...

Um abraço,
(que boa pesca... não se deseja a ninguém)

José Vieira
 

Offline AndreMatos

  • Robalo
  • ***
  • Mensagens: 213
  • Agradecido: 87 vezes
    • Coimbra
  • No Pesqueiro desde:
  • 15:50 Quarta, 26 de Novembro de 2014
Re: Pesca à burra
« Responder #10 em: 14:24 Terça, 11 de Janeiro de 2022 »
Boas tardes, dando um pouco de ânimo de volta a este tópico, surgiram-me 2 questões ao descobrir esta técnica de pescar à boia.

Já percebi que a boia vai subindo até ter a profundidade do pesqueiro, e que se deve utilizar tanto ou mais chumbo do que a boia suporta. Por exemplo, Boia de 15gr metemos chumbo com 15gr.

Mas o que não percebo é o seguinte:

O chumbo é uma oliva furada? Se sim, como é que a bóia calibra se não tem peso? Com auxilio de mais chumbos de apertar no fio até ela calibrar?

Caso o chumbo das tais 15gr seja de apertar e não uma oliva, então nesse caso vamos ter a boia perfeitamente calibrada mas que vai ser mais dificil detetar os toques do peixe uma vez que temos 15gr de chumbo acente no chão? Por exemplo aqueles toques subtis das carpas deixamos de os sentir, ou estarei a pensar mal?

Posto isto, penso que o que faz mais sentido seria a primeira opção, mas gostava de saber a opinião de malta mais experiente nesta pesca.

Cumprimentos
 

Offline Trindade

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 959
  • Agradecido: 229 vezes
  • A Gradar ( ás vezes ) desde 1980
    • Loures
  • No Pesqueiro desde:
  • 23:04 Quarta, 25 de Dezembro de 2013
Re: Pesca à burra
« Responder #11 em: 16:47 Terça, 11 de Janeiro de 2022 »
Boa tarde

Não sou , nem de perto, nem de longe um "expert" nesta pesca, mas vou relatar o que sei da técnica.

As vezes que vi pescar a burra , fizeram-no com boia de inglesa e com gramagem superior a boia em causa ( se a boia era de 15grs , a oliva teria 20 ), sendo que na practica estamos a pescar ao fundo.

Basicamente , temos o estralho até a oliva, assente no fundo , tendo a linha na vertical ( ou quase ) da oliva a boia ,..... os peixes que vi tirar ( carpas) , arrancavam , pelo que os pescadores em causa não tinham grandes problemas na ferragem. Atrevo-me até a dizer que a esmagadora maioria dos peixes se ferrou sozinho.

Nas jornadas que vi , era uma técnica engraçada ,....apesar de eu preferir o feeder ou até a "mola alentejana" .

Grande abraço e espero ter ajudado , sendo que de certeza alguem com maior conhecimento da técnica irá corrigir alguma incorrecção que eu tenha feito.

Bom ano a todos
Trindade , o gradeiro do Oeste
 

Offline AndreMatos

  • Robalo
  • ***
  • Mensagens: 213
  • Agradecido: 87 vezes
    • Coimbra
  • No Pesqueiro desde:
  • 15:50 Quarta, 26 de Novembro de 2014
Re: Pesca à burra
« Responder #12 em: 17:27 Terça, 11 de Janeiro de 2022 »
Obrigado pela resposta. De facto com a boia inglesa o problema da calibração fica solucionado. Perguntei a questão dos toques porque este fim de semana que passou fui até à quinta da boavista fazer uma brincadeira e as carpas mais pequenas tinham toques muito pequenos. Das cerca de 8 carpas que saíram, apenas 3 ou 4 deram um arranque.
 

Offline kalvas

  • Gestor do Pesqueiro
  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 15032
  • Agradecido: 997 vezes
    • Sintra
  • No Pesqueiro desde:
  • 20:48 Segunda, 30 de Dezembro de 2013
Re: Pesca à burra
« Responder #13 em: 19:10 Terça, 11 de Janeiro de 2022 »
Pode ter a ver com a colocação do isco , com o isco em si, com o fundo na zona, não é uma coisa certa.

Experimenta várias alturas na pesca em si. Se estiveres a pescar rente ao fundo tenta levantar o isco meio palmo, podes até levantar um palmo, vai testando, mas atenção neste tempo de fresco / frio elas tendem a comer no fundo.

Tenta fisgar uns bichos ( poucos, meia dúzia chega, acredita) depois de colocares a montagem na água com uma fisga e levanta a montagem e deixa descer lentamente.

São coisas que mudando podem dar resultados, nunca se sabe como estão a comer. Ou pelo menos enquanto não estás ambientado ao local, vais tirando  conclusões .

A carpa tanto come a roubar ( de repente e leva) como tem de ser fisgada, ao sentir a boia a afundar levantar a cana mas sem pressas e com calma.

Os chumbos são fendidos e colocados na linha da montagem e nunca apoiados no chão. Se o chumbo está apoiado no chão, o peixe ao comer se sentir alguma coisa( tipo o anzol) manda fora e como tem ainda linha depois dos chumbos , tu nunca te apercebeste que estiveram lá e nem a tentaste ferrar...

Epá entusiasmei-me tudo o  que acabei de dizer é mais para boia de pequenas dimensões e não boia inglesa.
Na inglesa os chumbos podem estar em contacto com o fundo...
« Última modificação: 19:20 Terça, 11 de Janeiro de 2022 por kalvas »
Trabalhador por obrigação ; pescador por gosto.
 

Offline Jpst74

  • Carapau
  • **
  • Mensagens: 55
  • Agradecido: 1 vezes
    • Marco de Canaveses
  • No Pesqueiro desde:
  • 00:06 Sexta, 28 de Junho de 2019
Re: Pesca à burra
« Responder #14 em: 23:39 Terça, 11 de Janeiro de 2022 »
Boas, tirando o feeder é das pescas que mais uso, muito por me tirar o facto de ter que andar a sondar o pesqueiro. Para mim é uma técnica bastante eficaz, no que toca a pesca de barbos ou carpas. Também já entraram peixes de menor dimensão alburnos, percas e gardons e dei sempre por ela, a boia deteta os toques.

Quanto à montagem eu uso ou boia 15 e Olivete de 15 ou boia de 20 e Olivete de 20, no entanto se optares por colocar mais gramagem na Olivete opta por boia 15 e olivete de 18 é suficiente.

O resto é como já disseram ai, lançar deixar afundar e engodar para cima da boia.

Qualquer dúvida diz.

Abraço.
 

 

* Tópicos Recentes