collapse

Autor Tópico: Possiveis novas medidas/proibições na pesca ao robalo na UE  (Lida 1410 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline ppdionisio

Possiveis novas medidas/proibições na pesca ao robalo na UE
« em: 14:23 Quarta, 22 de Novembro de 2017 »
Partilho alguma informação sobre o que se pensa que possa vir a ser a nova lei da pesca... Pouco tenho lido sobre o assunto no nosso país, mas como membros da UE, de certo seremos visados caso estas novas medidas avancem...

No meu blog está um link para um artigo do Henry Gilbey onde entra em maior, e melhor, detalhe... A ser verdade, e caso avance, é demasiado preocupante que nos tratem como criminosos

Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre

Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: manuel

Offline pereirajp

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 292
  • Agradecido: 56 vezes
    • Almada / Lisboa
  • No Pesqueiro desde:
  • 13:44 Quarta, 13 de Julho de 2016
Re: Possiveis novas medidas/proibições na pesca ao robalo na UE
« Responder #1 em: 14:38 Quarta, 22 de Novembro de 2017 »
onde é que somos tratados como criminosos!?

 :o

volto a repetir o que indiquei em outros tópicos semelhantes.. medidas destas só pecam por tardias!
 

Offline ppdionisio

Re: Possiveis novas medidas/proibições na pesca ao robalo na UE
« Responder #2 em: 14:48 Quarta, 22 de Novembro de 2017 »
Somos tratados como criminosos quando somos descriminados perante a pesca profissional... Se é para fazer é sem meias medidas... Ou interesses encapotados... Proibam, mas por completo a lúdicos e profissionais... a apeados, embarcados, caça submarina...

Façam-no pela espécie em si, e não pelo tipo de pesca... Não pode haver descriminação a este ponto...

Sempre defendi que é necessário um defeso para os robalos... Mas não nestes moldes...

Faz falta um período de defeso onde não seja permitida retenção e onde os profissionais sejam também obrigados a respeitar esse mesmo defeso... As quotas de retenção têm de ser ajustadas À realidade... Um lúdico, e à semelhança de outros países, não deveria poder reter peixe abaixo de 46cm (até podem ir aos 50cm) e não mais de 1 exemplar dia...

O que foi tornado público, ainda que não de forma oficial, apenas é discriminatório e vazio de conteúdo... É proibir por proibir mas apenas para nós lúdicos...

Continuem a permitir redes, palangres e afins... e estas medidas são completamente vazias de sentido... Não somos nós que matamos peixe indiscriminadamente sem respeito a medidas...

Do que defendo não me faz confusão alguma o que referi acima... Atualmente já o faço, mas por iniciativa própria...

O resto vale o que vale e está sujeito não só às leis, como às consciências de cada um
 

Offline FilipePC

  • Honrar o passado, viver o presente, preparar o futuro...
  • Gestor do Pesqueiro
  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 8031
  • Agradecido: 540 vezes
    • Almada/Seixal
  • No Pesqueiro desde:
  • 23:46 Sábado, 21 de Dezembro de 2013
Re: Possiveis novas medidas/proibições na pesca ao robalo na UE
« Responder #3 em: 14:50 Quarta, 22 de Novembro de 2017 »
As medidas não são para Portugal e Espanha.
Homem Livre, gostaras sempre do mar...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: manuel

Offline ppdionisio

Re: Possiveis novas medidas/proibições na pesca ao robalo na UE
« Responder #4 em: 15:16 Quarta, 22 de Novembro de 2017 »
Olha que não Filipe... O que escapou e foi tornado público é que a divisão dentro do espaço da união europeia seria dividido pelo paralelo 48N (norte de frança para norte e para sul).

As diferenças seriam que do paralelo para norte após Julho apenas era permitida a pesca em catch em release... e para sul era permitido reter 3 exemplares, salvo erro e do que me lembro de ter lido.

Nenhum país foi retirado da equação até ao momento, nem foi identificada qual/quais as zonas onde será aplicado. Para a interpretação que é feita é geral a toda a comunidade europeia
 

filga

  • Visitante
Re: Possiveis novas medidas/proibições na pesca ao robalo na UE
« Responder #5 em: 15:58 Quarta, 22 de Novembro de 2017 »
Meus Amigos... "Quem morre de vespera é peru!!". Quantos regulamentos vemos na UE em que a "Montanha pare um rato". Ou mesmo que pare uma cria grade, Portugal demora a muito a reconhecer a paternidade.
Portanto não estou a ver estas coisas chegarem antes da minha reforma, e ainda infelizmente, faltam-me alguns anos... Até lá... VAMOS A PESCA pois já não há peixe para todos!!
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: De La Hoya, Edumata

Offline De La Hoya

  • Gestor do Pesqueiro
  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 14856
  • Agradecido: 492 vezes
  • Nuno Pontes
    • Valbom-Gondomar
  • No Pesqueiro desde:
  • 11:21 Segunda, 06 de Janeiro de 2014
Re: Possiveis novas medidas/proibições na pesca ao robalo na UE
« Responder #6 em: 16:05 Quarta, 22 de Novembro de 2017 »
Não está autorizado a ver ligações. Registe-se ou Entre
Meus Amigos... "Quem morre de vespera é peru!!". Quantos regulamentos vemos na UE em que a "Montanha pare um rato". Ou mesmo que pare uma cria grade, Portugal demora a muito a reconhecer a paternidade.
Portanto não estou a ver estas coisas chegarem antes da minha reforma, e ainda infelizmente, faltam-me alguns anos... Até lá... VAMOS A PESCA pois já não há peixe para todos!!



Mais que certo :)
“Deus ao mar o perigo e o abismo deu,mas nele é que espelhou o céu” - (Fernando Pessoa)
 

Offline joseferreira77

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 775
  • Agradecido: 90 vezes
    • Oeiras
  • No Pesqueiro desde:
  • 16:41 Quarta, 16 de Março de 2016
Re: Possiveis novas medidas/proibições na pesca ao robalo na UE
« Responder #7 em: 18:44 Quarta, 22 de Novembro de 2017 »
Eu conheço malta que há coisa de 20 anos saia do trabalho às 17h ia até a aguda ou Magoito e as 21h já tinha o peixe na mesa para o jantar em mem Martins.

Malta que sabe e de tradição claro. Mas malta que agora se quer peixe para o jantar tem que apostar na pedra branca porque o peixe já não anda lá.

Temos que cuidar da fauna. 

Uma vez li que há mais licenças de pesca emitidas do que jogadores de futebol federados. 

As práticas comerciais são desgastantes, mas olhem que nós temos muito impacto tanto ali na linha de água como em casa com os detergentes e óleos.

Na península ibérica abundava o salmão. Este foi pescado até a extinção pelo homem na prehistoria. Pensem nisso quando acham que nós somos um ou outro num oceano.
..............
coisa curiosa é ver como a linguagem de pesca muda de pesqueiro em pesqueiro.
 

Offline FilipePC

  • Honrar o passado, viver o presente, preparar o futuro...
  • Gestor do Pesqueiro
  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 8031
  • Agradecido: 540 vezes
    • Almada/Seixal
  • No Pesqueiro desde:
  • 23:46 Sábado, 21 de Dezembro de 2013
Re: Possiveis novas medidas/proibições na pesca ao robalo na UE
« Responder #8 em: 19:56 Quarta, 22 de Novembro de 2017 »
Pedro o ano passado ficámos fora, nós e Espanha exactamente pelo motivo que expliquei...

Que argumentos vão ser apresentados para nós entrarmos nas contas deles? Fizeram estudos de repente?
Homem Livre, gostaras sempre do mar...
 

Offline A Machado

  • Marlin
  • *****
  • Mensagens: 3798
  • Agradecido: 117 vezes
  • Eu...hum... eu é que sou o Comendador.....
    • Braga VVD
  • No Pesqueiro desde:
  • 12:21 Segunda, 28 de Julho de 2014
Re: Possiveis novas medidas/proibições na pesca ao robalo na UE
« Responder #9 em: 06:59 Quinta, 23 de Novembro de 2017 »
De que valem restrições, proibições e punições??!!
A droga está proibida mas não é por isso que não se trafica, não se prevarica e não se mata ou morre com ela e por causa dela..
De que vale legislar só porque sim? Crie-se a consciência ambiental necessária, desde o berço ou da escola primária, para que seja a própria consciência do pescador a fazer limites e a auto-impor disciplina.
Todos conhecem nomes e locais de onde podem ir quando têm uma sacada de bons robalos. Recebem ao negro. É dinheiro e mercadoria que circula sem qualquer legalidade. São conhecidos e conhecidas desde sempre mas continuam por aí.
Farto-me de ver relatos  e posts de pescarias em que se violam limites de peso e de tamanho. Todos temos de começar por nós próprios e pela nossa "casa" a criar disciplina.
Os políticos e as fraldas devem ser mudados frequentemente e pela mesma razão (Eça de Queiroz)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Peko

Offline ppdionisio

Re: Possiveis novas medidas/proibições na pesca ao robalo na UE
« Responder #10 em: 08:04 Quinta, 23 de Novembro de 2017 »
Sinceramente, e de um modo geral, não creio que a medida avance mais pelo impacto económico que iria refletir...

Basta pegar no exemplo de uma loja de pesca e verificar a faturação semestral que tem... Multiplicar isso por centenas de lojas e o que representaria para a economia. Eu por exemplo deixei de entrar em lojas de pesca com o cartão no bolso ou desgraço-me...

Dos países da UE não conheço nenhum, excepto Portugal, que tenha uma tradição com a sardinha e basta ver o que foi feito ao interditarem a sua apanha... Com Espanha também a ser uma das visadas...

Não sei até quando andaremos esquecidos por estarmos no "cú" da Europa...

Do que saiu como sendo parte da proposta é visarem-nos a nós lúdicos, e proibirem-nos de pescar 6 meses, e apenas reajustar as quotas da pesca profissional. Enquanto medida não me faz confusão nenhuma desde que seja algo estendido também à pesca profissional. Os pseudo-lúdicos apanhariam por tabela também, mas lá continuariam na vidinha deles.

Todos sabemos, incluindo as autoridades, o que se passa diariamente no parque Prof. Luiz Saldanha... Todos sabem quem pesca no Tejo sobre o pretexto lúdico e fazem mais dinheiro que os profissionais com a venda de peixe... Quem passa os dias com as amostras atrás de robalos/bailas/corvinas e tem transporte assegurado do peixe até ao Algarve para ser vendido... Pessoal de restaurantes nos estacionamentos dos spots de pesca à espera que os pescadores cheguem aos carros para comprarem o peixe... Quem pesca às douradas de barco encostado aos pilares da 25 de Abril... Mas lá está, é algo que não interessa mexer porque uns têm as mãos bem untadas e mesmo quando são apanhados as coimas são tão baixas que continuam com lucro na mesma... Mesmo que isso represente terem de adquirir 3 ou 4 barcos por época...

Visar os lúdicos é apenas apontar baterias ao elo mais fraco da cadeia e onde é mais fácil mexer devido à desorganização que nos rege... Ter uma associação/federação a falar a uma só voz é largamente superior a ter milhares de vozes apenas a criar barulho de fundo... Mas é cada um por si... E assim continuará...

Aplicar uma medida de total proibição aos lúdicos, e muito sinceramente, é algo que não vejo como muito complicado... Basta quererem avançar com a medida em definitivo e basta que se baseiem no pretexto de não haver descriminação e aplicam-na a toda a UE... Não é tão complicado como parece... Nem tão distante que me deixe 100% descansado...

Para já continuamos sem rei nem roque no que à pesca diz respeito... Resta saber até quando...

O que se vê diariamente nas redes sociais, também não somos só nós que vemos... Milhares de robalos sem medida ou muito próximo das medidas mínimas... Mas ainda assim exibidos com o maior dos orgulhos... Também não consigo apontar o dedo única e exclusivamente às atividades profissionais porque tal é tapar o sol com uma peneira...

Quantos robalos ovados são apanhados anualmente por nós lúdicos??? Quantos milhares de robalos roubamos de posturas futuras ao reter esses ovados??? Quantos morrem com o lixo deixado nos pesqueiros???

Não temos o mesmo impacto que um barco a arrastar é certo... Ou as redes que não são seletivas e capturam de pequenos a grandes indiscriminadamente... De que serve jogar fora esse peixe se já está morto?

Enquanto nação não temos qualquer noção do que se anda a fazer... e é geral, não só da pesca... Peixe cada vez é menos... caça cada vez é menos... tudo é cada vez menos... Mas continuemos a assobiar para o lado como se nada fosse e/ou à espera que se continuem a esquecer de nós...

Sinceramente penso que mais importante do que criar proibições, era criar condições e restrições:

         - Criar zonas de criação de pesca interdita por completo;
         - Defeso no período de desova e/ou em modo no-kill. Catch and release a 100% nesse período (está provado que o peixe sobrevive depois de devolvido)
         - Quota de capturas/dia. 1 peixe/dia é mais do que suficiente para nós lúdicos. Podemos apanhar 20 numa jornada mas apenas reter 1 deles
         - Sensibilização e disponibilização de máquinas de etiquetagem que nos permitissem marcar os robalos. Serviria para estudos e identificar zonas de possível desova e utilizar esses estudos para criar uma rotatividade de zonas interditas.

Temos estas condições em Inglaterra/Irlanda (por exemplo) e basta ver os números deles... Muito mais capturas, mais devoluções, guias de pesca que representam movimentação económica, lojas de pesca especializadas e com uma oferta como as nossas não têm...

Tanto mas tanto que daria para escrever... e para fazer...
 

Offline commandxr

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 350
  • Agradecido: 25 vezes
    • porto
  • No Pesqueiro desde:
  • 07:29 Segunda, 03 de Novembro de 2014
Re: Possiveis novas medidas/proibições na pesca ao robalo na UE
« Responder #11 em: 08:16 Quinta, 23 de Novembro de 2017 »
Não ha estudos que revelem que o robalo esta em extinção apesar de sabermos nôs pescadores que o peixe é cada vez menos, a união nem devia ter legitimidade para impor este tipo de restrições aos países , bem faz a Inglaterra de fugir destes governantes psicopatas que implementam leis com base nas ideias e costumes da terra deles e ignorando por completo os demais, não sou a favor de nenhum defeso ao robalo para pesca desportiva, um peixe grande é um troféu, é o culminar de muita dedicação e esforço para o obter, sou a favor de mais fiscalização que neste momento é praticamente nula por parte das autoridades competentes, nomeadamente  ás redes ilegais, aplicação de coimas, aumento do valor das coimas de modo a dissuadir, proibiçao de artes xavegas e afins também eram benvindas matam tudo, e eles que deixem os pescadores desportivos em paz, ate é aceitável que fiscalizem mas só mesmo aqueles que se dedicam apanhar tarecos umas coimas bem dadas para abrir os olhos, e acima de tudo que ouçam as queixas de quem anda no terreno e vê ilegalidade atraz de ilegalidade sem que nada seja feito parece a terra dos cowbois  vale tudo
 

Offline PMiranda

  • Robalo
  • ***
  • Mensagens: 153
  • Agradecido: 38 vezes
    • Margem Sul - Setubal
  • No Pesqueiro desde:
  • 12:07 Quarta, 30 de Agosto de 2017
Re: Possiveis novas medidas/proibições na pesca ao robalo na UE
« Responder #12 em: 08:57 Quinta, 23 de Novembro de 2017 »
Discordo cordialmente mas completamente com o comentario anterior, mas nao vou iniciar uma discussao ideologica aqui neste forum.

Apenas vou dizer que mais fiscalizacao nao vai resolver o problema de fundo, mais educacao e conciencializacao sim.

Em contrapartida corcordo em completo com as medidas sugeridas pelo ppdionisio, com a excepcao da captura apenas de 1 exemplar, acho que 3 seria melhor, so mporque foi a conta que Deus fez ;)

Adicionaria algumas medidas que acho que seriam beneficiais para garantir a sustentabilidade da pesca para as proximas geracoes:

- Aumentar significativamente os tamanhos minimos de captura.
- Obrigatoriadade de uma accao de formacao com teste no final para a obtencao de licensa de pesca ludica.
- Aumentar o custo das licensas de pesca ludica. E uma piada os 8 euros comparados com a media de 50 a 200 euros que cada pescador gasta em material por ano (dados do inquerito de 2015 da DGRM). Aumente-se a licensa para 50 ou 100 euros e use-se esse dinheiro para accoes de conciencilizacao e formacao.

 

Offline ppdionisio

Re: Possiveis novas medidas/proibições na pesca ao robalo na UE
« Responder #13 em: 09:19 Quinta, 23 de Novembro de 2017 »
PMiranda, por acaso esqueci-me por completo da medida minima  ;)

Há já uns anos que aplico os 46cm, mas lá está é por iniciativa pessoal.

O nº de capturas, também a nível pessoal me diz pouco, por norma quando apanho 1 peixe que retenho venho-me embora com o sentimento de dever cumprido. Muito vídeos de capturas que publico no blog são do peixe já em casa e muitas vezes chega vivo ainda... São muitas grades e quando culminam numa captura de jeito, faço reset aos contadores e sinto-me realizado... Mas mais uma vez é algo pessoal. Quando pesco acompanhado por vezes continuo a pescar... Se a pessoa que está comigo tem a sorte de apanhar devolvo o resto que apanho. Se não apanhar ofereço uma das minhas capturas.

Em números certos este ano tenho 100 capturas ( 13 retidos e 87 peixes devolvidos ).

Das médias de gastos em €€€ nem vou comentar que anualmente é mesmo muito dinheiro (as médias de 200€/ano é talvez o que a minha mulher pensa  O0)

Não discordo do aumento da licença de pesca a nivel monetário, desde que as receitas revertam para algo que não só e apenas os cofres do estado.

Discordo sim das ações de formação. Sou também caçador e a burocracia a que nos obrigam nas renovações dos portes de arma são de loucos... Além de dispendiosas a nível de tempo.

Essas ações de formação poderiam sim, ser feitas por quem de direito (polícia marítima), nos pesqueiros... Nada como um sermão matinal enquanto se é fiscalizado  ;D.

em relação aos estudos, existem vários... os stocks de robalos têm diminuído anualmente... isso reflecte-se nas nossas capturas assim como no peixe que chega anualmente às lotas (e tendo em conta o comércio paralelo também assim o justifica).
 

Offline marioruilopes

  • Corvina
  • ****
  • Mensagens: 401
  • Agradecido: 5 vezes
    • Quinta do conde
  • No Pesqueiro desde:
  • 14:37 Sexta, 12 de Junho de 2015
Re: Possiveis novas medidas/proibições na pesca ao robalo na UE
« Responder #14 em: 09:38 Quinta, 23 de Novembro de 2017 »
Não é a pesca lúdica que faz a mossa no numero de robalos. Lances ilegais dentro dos rios e estuários no tempo de desova...isso sim. A PM não tem efectivos para fiscalizar...não irá ter certamente para acções de formação. Já aqui foi dito por alguns colegas que se deparam com lances ilegais e comunicam á PM...ela aparece?? Não....A fiscalização também é tão pouca que até é alvo de notica..como á dias apareceu aqui no forum..Uma coisa que devia ser rotina da PM é noticia por simplesmente fazerem o seu serviço..
Sé não há fiscalização, isso sim é o importante. Porque sem ela quaisquer regras que ponham, por sensatas ou absurdas que sejam não irão ser cumpridas...O dinheiro fala sempre mais alto...
há xarroco a montes....